Bioinseticidas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1704 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE DE TECNOLOGIA DE PIRACICABA INSTITUTO DE APERFEIÇOAMENTO TECNOLÓGICO MBA EM GESTÃO DA PRODUÇÃO SUCROALCOOLEIRA - BIOENERGIAS

LUIS FELIPE LEONE MOREIRA

BIOINSETICIDAS

PIRACICABA 2012

1. INTRODUÇÃO

Algumas espécies de insetos são consideradas pragas importantes na agricultura brasileira, como as lepidopteras: Spodoptera frugiperda, Anticarsia gemmatalis e Plutellaxylostella. Outros podem ser vetores de doenças como a dengue, febre-amarela e filariose, como os mosquitos Aedes aegypti e Culex quinquefasciatus. O Brasil possui uma das mais ricas e diversificadas faunas de predadores e parasitóides de insetos-pragas agrícolas do planeta, é um dos países que mais despende divisas com inseticidas. Anualmente, mais de 800 milhões de dólares são gastos apenas cominseticidas, valor que ultrapassa os 2 bilhões de dólares se computados os demais agrotóxicos (fungicidas, herbicidas, acaricidas e outros). Além do custo financeiro, deve-se considerar o pesado ônus imposto ao meioambiente, na forma de contaminação do solo e da água, intoxicação de animais silvestres e do homem e, na agricultura, pela eliminação de espécies de insetos que naturalmente controlam asespécies fitófagas. O uso abusivo e indiscriminado de inseticidas na agricultura brasileira vem conduzindo a um ciclo crescente de dependência a esses produtos, consequência do ressurgimento das espécies daninhas e do aparecimento de novas espécies-pragas, devido à erradicação dos inimigos naturais dessas espécies. Outro problema paralelo é a capacidade das pragas em se adaptarem aos pesticidas,tornando-os resistentes, o que obriga a utilizar de novos produtos, cada vez mais tóxicos e prejudiciais ao meio ambiente. Neste sentido os agentes biológicos surgem como uma alternativa importante e mais segura para o controle de pragas, através do uso de feromonios e entomopatogenos. Os entomopatogenos (agentes capazes de provocar doenças em insetos) serão o foco deste estudo, neles estão incluídosespecialmente vírus, bactérias e fungos. A vantagem destes agentes entomopatogenicos e que são quase sempre específicos e apresenta baixa ou nenhuma toxidez aos vertebrados e insetos benéficos, ocorrendo naturalmente nos campos cultivados, sendo uma alternativa natural, preservando assim o meio-ambiente. Existem vários microorganismos patogênicos a insetos, ou que produzem material tóxico para eles,apresentam-se divididos em três grupos, com base em sua ecologia. O primeiro grupo, uma vez introduzido numa população alvo será reciclado naturalmente, gerando um grau de controle permanente naquela população. O segundo grupo logo desaparece do ambiente ao qual foi aplicado e que devera ser aplicado repetitidamente. O terceiro grupo pode ser comportar de ambas as formas dependendo da combinação dalinhagem do patógeno com a espécie de praga visada e também do ambiente.

A manipulação genética dos patógenos promove novas linhagens potencialmente mais ativas, e a descoberta de novas espécies, induzem a perspectivas ainda mais promissoras na área. Paralelamente, o desenvolvimento de novos métodos de preservação de microorganismos favorece a manutenção de bancos desse material para futuraspesquisas e melhoramentos. 2. PERSPECTIVA ATUAL E FUTURA

Três novos produtos desenvolvidos na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da USP, têm se mostrado capazes de promover a agricultura sustentável por meio do controle eficaz de diversas pragas e doenças: os bioinseticidas Metarril (Metarhizium anisopliae) e Boveril (Beauveria bassiana), que atuam contra insetos e ácaros,além do Trichodermil (Trichoderma spp.), um fungo eficaz contra outros fungos específicos que causam doenças na agricultura. Segundo os técnicos da Esalq, esses produtos diminuem os riscos da intoxicação do produtor rural e das contaminações dos alimentos e do ambiente causadas pelo uso exagerado de agrotóxicos. O Metarril e o Boveril são inseticidas biológicos, formulados com isolados de...
tracking img