Biocenas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2087 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de fevereiro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A perda de biodiversidade em Portugal é elevada, o que significa que um número cada vez maior de espécies se encontra em vias de extinção. As causas são várias: destruição dos habitats, perseguição humana, doenças ou o aparecimento de espécies invasoras.
42 por cento das espécies de vertebrados estão ameaçadas e são os peixes de água doce e migradores que enfrentam as maiores dificuldades desobrevivência. No nosso país, 19 espécies, 17 das quais aves, já foram extintas. Entre elas encontram-se o esturjão, o urso pardo e o falcão-da-rainha. A águia pesqueira está em perigo de desaparecer definitivamente porque só existe um macho no Sudeste alentejano. A cabra montês, por seu turno, reapareceu no Parque Nacional da Peneda-Gerês devido às medidas tomadas pela Galiza para o repovoamentoda espécie e o esquilo, cuja situação há alguns anos atrás era preocupante, atingiu entretanto populações estáveis.
69 por cento dos peixes, 38 por cento das aves, 32 por cento dos répteis, 19 por cento dos anfíbios e 26 por cento dos mamíferos estão em risco.
A destruição, a fragmentação ou a deterioração dos habitats são os factores que ameaçam a biodiversidade portuguesa e as estruturasedificadas pelo homem encontram-se na origem desta perda de território essencial para as espécies. Há, porém, outras ameaças que se têm mantido ao longo dos anos: a perseguição humana, as espécies invasoras, as doenças e os atropelamentos. O facto de existirem populações isoladas, também aumenta a sua probabilidade de extinção.
Para mais informações sobre o assunto, consultar: Livro Vermelho, daAssírio e Alvim e a Lista Vermelha de espécies ameaçadas, publicada anualmente pela União Internacional para a Conservação (UICN).
Fonte: PÚBLICO, 19 de Abril de 2006
A riqueza e valor da Natureza nas cidades resulta não só da existência de diversificados mosaicos de biótopos, que albergam uma mistura de espécies autóctones e introduzidas, como também das funções ambientais relevantes que abiodiversidade urbana pode fornecer, nomeadamente relacionadas com a redução da poluição do ar, do ruído, do tráfego, do efeito de "ilha de calor" característico dos aglomerados urbanos.
A Rota da Biodiversidade de Lisboa associa a divulgação da riqueza natural de Lisboa, ao não menos rico património cultural e histórico da cidade, num percurso que liga duas unidades ambientais muito importantes: azona ribeirinha e a Mata de Monsanto. A posição e dimensão expressiva destas unidades é determinante na regulação do clima, na qualidade do ar e na diversidade de habitats que a cidade oferece para a proliferação de vida. A diversidade de biótopos e a riqueza patrimonial da Rota são apresentadas aos visitantes em 18 locais seleccionados pela sua localização e valor intrínseco. Trata-se de um pontode partida que estimula a curiosidade de encontrar toda a desconhecida diversidade biológica de Lisboa.
Ligar o Parque Florestal de Monsanto ao Rio Tejo, através da exploração da biodiversidade, é por tudo isto uma forma de convidar a ver Lisboa com um outro olhar...
A pé ou de bicicleta, através de um percurso circular de 14kms, observe a vegetação típica dos ecossistemas mediterrânicos eatlânticos, representada nas matas, bosques e prados mas também, a das quintas, olivais, hortas e pomares urbanos, passando pelas espécies exóticas e ornamentais de interesse científico e valor histórico, que encontra nos Jardins Botânicos. A riqueza de fauna que se pode observar, completa este cenário, tornando o percurso inesperado e fascinante.
Comece no Módulo Ambiente, na Rua VieiraPortuense em Belém, onde encontrará mais informação, bibliografia e todo o apoio que necessita para esta aventura pelo mundo da fauna e da flora urbanas ou, em qualquer outro ponto que lhe desperte o interesse. Leve consigo o guia de campo e as fichas de observação de espécies . Siga as recomendações.
BOM PASSEIO e registe as suas observações em http://www.biodiversity4all.org/
Programa Resumido:...
tracking img