Bibliologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4869 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Uma publicação da Igreja Batista da Lagoinha 1ª Edição: janeiro/2013

Capa e Diagramação: João Paulo Fortunato

Introdução
Todos nós temos um chamado, ninguém pode fugir desta realidade, seja integral ou voluntário, existe uma ação no reino que Deus escolheu exclusivamente para você fazer. O quanto antes você entender qual é o seu chamado e colocá-lo em prática, mais proveitosa será suavida aqui na terra. Neste livro busco na direção do Espírito lhe ajudar a entender quais são as características de um verdadeiro chamado de Deus No ano do meu aniversário de 35 anos tive uma das mais poderosas experiências com Deus até então. No início do mês fui tomado por uma forte laringite que me deixou totalmente afônico, como 5

sou professor fiquei impedido de lecionar e recebi umalicença de cinco dias. Foi então que decidir ir para o sítio da família em Sete Lagoas, minha mãe e minha irmã moram lá, levei meu filho e aproveitei aquele tempo para oração e meditação. Foi um tempo precioso que marcou profundamente a minha vida. O fato inusitado era que todas as noites quando dormia tinha um longo sonho em que encontrava com líderes e pessoas do dia a dia e conversava com elaslongamente sobre ministério, recebia orientações de como deveria seguir, acordava, passava o dia e na noite seguinte o sonho continuava de onde havia parado e foi assim até o fim da licença. Eram tantas informações que às vezes ao acordar eu tomava o cuidado de anotar tudo para não esquecer. Para não ocupar o seu precioso tempo com detalhes, gostaria de resumir que todo o sonho tinha como ideia centrala chegada do momento de eu me envolver integralmente no ministério, deixar o meu trabalho e abraçar a vocação pastoral. Talvez você ache que seria um momento maravilhoso e fácil, mas sou professor e já havia 20 anos que estava em sala de aula (comecei a lecionar em cursinhos pré- CEFET com 15 anos), lecionava 6

em uma das melhores escolas do Brasil, tinha uma vida bem estável, não possoreclamar da vida que tinha. Mas o que Jesus estava me informando é que deveria agir como o profeta Eliseu: “Voltou, pois, de o seguir, e tomou a junta de bois, e os matou, e com os aparelhos dos bois cozeu as carnes, e as deu ao povo, e comeram; então se levantou e seguiu a Elias, e o servia.” (1 Reis 19.21) Nesse texto o profeta Elias chama Eliseu para segui-lo, ele então, convicto que era uma direçãode Deus, pegou sua fonte de renda que era a junta de bois e queimou fazendo churrasco com os bois, e atendeu o chamado de Deus. Observe que com essa atitude ele criou elementos que impediriam sua volta ao trabalho de arar a terra, pois suas ferramentas de trabalho deixaram de existir, a partir dali ele dependeria exclusivamente de Deus em seu ministério. Um desafio e tanto não? Pois isso que Deusme pediu naqueles sonhos, Ele me queria na obra 24 horas, que nada mais me prendesse de servi-lo pastoralmente em minha igreja. Para reforçar, no dia do meu aniversário estávamos em casa comemorando e um grande amigo meu, o pastor Davi Lago, me entregou uma palavra 7

que inspirou a produção desse livro e afirmou que minha vida o inspirava, que ele não via a hora de um maior envolvimento meu naobra. Diante de tantas e outras situações tinha duas opções: obedecer ou sacrificar. Confesso que em um primeiro momento fui tomado por ansiedade, mas depois de servir 12 anos na mocidade como pastor voluntário sentia que estava preparado para dar um passo de fé. Procurei as escolas em que lecionava para pedir demissão em pleno mês de maio (o que geralmente é considerado suicídio profissional) epara minha surpresa até os diretores não cristãos me apoiaram e abençoaram a minha decisão, mais uma confirmação de Deus, pois Ele não é de confusão. Então, me apresentei aos meus líderes e me coloquei à disposição para servir integralmente. É verdade que nem todos os dias são ensolarados, mas a cada nova experiência sobrenatural, a cada novo fruto tenho a confirmação que não há nada mais...
tracking img