Bibliografia carlos gracie

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (584 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Carlos [3] era de estrutura física desvantajosa para combates corporais e encontrou no Jiu-Jitsu um meio de obter auto-estima e realização. Natural de Belém do Pará, mudou-se para o Rio de Janeiroaos dezenove anos de idade, estabelecendo-se como professor dessa arte marcial. A partir daí, correu todo o Brasil para ministrar aulas e principalmente para desafiar lutadores famosos e com isso provara superioridade do BJJ.

Em 1925, ele retornou triunfante ao Rio de Janeiro e abriu a primeira Academia Gracie de Jiu-Jitsu. Seus irmãos Oswaldo e Gastão eram seus assistentes e seus irmãos menoresGeorge, com quatorze anos, e Hélio, com doze anos, passaram à sua guarda. Todos aprendiam o BJJ sob seu comando.

Carlos não desenvolveu apenas sua técnica de treinamento físico e de combate comotambém toda uma filosofia e até mesmo uma dieta natural, concebida por ele mesmo, que veio a se tornar o embrião do que hoje é conhecido como dieta Gracie. [4]

Disposto a consagrar o BJJ em todo opaís, Carlos iniciou a tradição dos desafios Gracie, eventos nos quais ele convidava para combates os mais possantes lutadores da época, sempre no intuito de atrair a mídia e formar uma tradiçãofamiliar de grandes lutadores.

Carlos [5] fez de quatro a cinco lutas célebres, sendo a última delas contra Rufino, em 1931, e outra no Rio de Janeiro, contra o capoeirista Samuel.

"Lá pelas tantas oSamuel se viu obrigado a agarrar os testículos dele",

rememora Rilion, um dos vinte e um filhos de Carlos e também faixa-preta.

A mais famosa, no entanto, foi um clássico Gracie x Japão,realizado em São Paulo, em 1924, contra Geo Omori, que se proclamava representante do Jiu-Jitsu japonês. Esse foi o combate que mais marcou a carreira de Carlos. Quase ao final dos três rounds de trêsminutos, ele encaixou uma chave inapelável no braço do adversário e olhou para o árbitro, que mandou seguir a luta. Então Carlos quebrou o braço do rival, mas este não se abalou e ainda causou uma queda...
tracking img