Bandeirantismo apresador

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (848 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Bandeirantismo Apresador

Bandeirantismo como tema é tradicionalmente envolvido com as perspectivas de uma historiografia redutiva que nos traz espectros de um passado épico, cadenciado poruma narrativa desbravadora compartilhada pelos colonos norte-americanos, de uma aventura civilizadora e glorificada pelos feitos. Entretanto, apesar desta versão mitológica continuar no imaginário deum grande número de brasileiros, a historiografia brasileira contemporânea não mais corrobora com esta construção heróica feita em torno dos bandeirantes. Baseando-se no texto de Carlos Davidoff,procura-se aqui fazer uma crítica ao conceito clássico de bandeirantes e entradas.

O bandeirantismo em si surgiu como uma solução para a pobreza paulista. São Paulo não seguia o padrão idealizado paraa formação de uma colônia. Tendo uma agricultura limitada pelo solo, pouco favorável ao modelo de monocultura canavieira adotada no nordeste, os colonos irão voltar a sua agricultura em grande partepara a subsistência, e irão ter a marmelada como principal produto de exportação. A vida urbana também será limitada, com poucas moedas em circulação, comércio fraco, com poucos contatos fora dacapitania e extremamente dependente da área rural que, como fora supracitado, era auto-suficiente em grande parte. Em suma, São Paulo apresentava-se como uma região marginalizada, de escassos recursos eeconomia restrita e é deste meio que se engendra a figura do bandeirante.

As ações dos bandeirantes irão se orientar no sentido de procurar ao máximo proveito das brechas que a economia colonialoferecia. Originalmente sendo milícias voltadas para defesa contra estrangeiros ou submissão dos indígenas, as bandeiras iriam então à busca do apresamento e tráfico de indios e riquezas fantástica.Importante fazer um adendo relativo às bandeiras e entradas: apesar de uma corrente historiográfica entender que se denomina de entradas as expedições oficiais e de bandeiras as particulares, outra...
tracking img