Bacharel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1494 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Engenharia Ambiental


Resenha Crítica:
Documentário Home: O que estamos fazendo com a nossa casa.

Resenha crítica apresentada ao curso de Engenharia ambiental na disciplina de Direito Ambiental como requisito de avaliação.

ITABUNA-BA
Março
2013
Thaíse Loureiro
Resenha crítica: Documentário Home

Credenciais do Autor
Documentário Home lançado em 2009, foi produzido pelojornalista, fotógrafo e ambientalista francês Yann Arthus-Bertrand. Hoje é um membro da "Académie des Beaux-Arts de l'Institut de France". No início da carreira sua especialidade era a fotografia de animais, mas com o trabalho de fotografia aérea seus propósitos mudaram. Publicou mais de 60 livros com suas fotografias feitas em helicópteros e balões. Seu trabalho foi publicado várias vezes naRevista National Geographic e exibido em diversos países.
1. Introdução
Completamente compostos por imagens aéreas de vários lugares da Terra, o documentário inicia com uma descrição dos componentes que foram se transformando e possibilitaram a vida na terra, ao mesmo tempo em que enfatiza a perfeição desta sincronia do meio ambiente que se formou em um longo período em que nem conseguimosimaginar e contar. Após esta descrição é demonstrado passa a passo como a ação humana começou a alterar o equilíbrio do ecossistema da terra traçando uma avaliação histórica destes impactos.
. 2. Documentário Home: o que estamos fazendo com a nossa casa
As informações contidas no documentário Home não trazem muitas novidades quanto as consequências da má utilização dos recursos naturais eseus reflexos no ecossistemas, mas consegue tratar o tema de forma impactante e com informações interligadas ao relatar desde a formação da terra e o surgimento do homem, bem como foi ocorrendo as alterações negativas que levaram a Terra ao estado alarmante que se encontra hoje.
Logo no início é relatado como a evolução do meio ambiente foi possibilitando a vida na Terra desde a vida vegetal até aanimal que passam a formar um perfeito equilíbrio onde cada espécie de ser vivo contribui para a existência uma das outras. Descreve também a formação incrível da água em que todos os seres vivo que passaram pelo planeta beberam desta mesma água que toma forma gasosa, líquida e sólida.
Após relatar a formação da vida e de suas espécies que se relacionam de forma interligada, surge o homem que deinício tem como principal preocupação era se alimentar, apesar de ser mais frágil em força passa a ter domínio sobre os animais e a cultivar seus alimentos com as mãos, o que ainda possibilitava o equilíbrio com a natureza, mas com a descoberta do petróleo, passou-se a produzir alimento mais do que a necessidade da população. O homem, com apenas 200.000 anos de existência na terra, alterou toda aestrutura do planeta.
Nos últimos 60 anos a população mundial triplicou, com isso mais de 2 bilhões de pessoas foram viver nas cidades, junto com este fenômeno houve mudanças muito rápidas na forma de produção e surgimento de outras necessidades o que começou a alterar rapidamente o equilíbrio do ecossistema natural.
Os Estados Unidos foi a primeira nação a utilizar a tecnologia conquistada pelopetróleo na agricultura aumentando o ritmo da produção de cerais suficiente para alimentar 2 bilhões de pessoas, sendo que a maior parte desta produção é destinada a ração de gado ou para biocombustíveis. Na agricultura a evolução tecnológica voltada para interesses econômicos resultou no plantio de espécies padronizadas o que proporcionou o desenvolvimento de pragas e parasitas, para combatê-loso homem inventou os pesticidas tóxicos que se impregnaram nas formas de vida ao redor, já para o ser humano são considerados inofensivos. Outra descoberta que alterou a forma milenar de plantio foram os fertilizantes, tudo para acelerar o tempo de produção de espécies específicas, uma seleção que fez com que desparecem uma variedade de espécies cultivadas a milhões de anos.
Na proporção em que...
tracking img