Auto da barca do inferno

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1151 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Auto da barca do inferno AUTOR GILVICENTE

FIDALGO: Esta barca onde vai ora,que assim está apercebida?

DIABO: Vai para a ilha perdida,e há-de partir logo esta ora.

FIDALGO: Terra é bem sem-sabor.
DIABO: Quê?... E também cá zombais?
FIDALGO: E que passageiros achais para tal habitação?
DIABO: Vejo-vos eu com aspecto para ir ao nosso cais...
FIDALGO: Parece-te a ti assim!...
DIABO: Emque esperas ter salvação?
FIDALGO: Que deixo na outra vida quem reze sempre por mim.

DIABO: Quem reze sempre por ti?!.. Hi, hi, hi, hi, hi, hi, hi!... E tu viveste a teu prazer, cuidando cá calsauvarte por que rezam lá por ti?!... embarcai embarcai... que haveis de ir de qualquer maneira!

FIDALGO: Não ah aqui outro navio

ANJO: Que quereis?

FIDALGO Que me digais, pois parti tão semaviso, se a barca do Paraíso é esta em que navegais.

ANJO: Esta é; Não vinde vos de maneira para ir neste navio. Esse outro vai mais vazio: a cadeira entrará e a calda caberá e todo vosso senhorio.
FIDALGO: Ao Inferno, todavia! Inferno há ai pra mim? Oh triste! Enquanto vivi não cuidei do que ai havia: Tive que era fantasia! Folgava ser adorado, confiei em meu estado e não vi que me perdia.ONZENEIRO: Para onde caminhais?
DIABO: Oh! Que má-hora venhais, onzeneiro, meu parente! Como tardastes vós tanto?

ONZENEIRO: Mais quisera eu lá tardar...Mas para onde é a passagem?

DIABO Para a infernal comarca.

ONZENEIRO: ixi! Não vou eu tal barca.Esta outra tem vantajem.
:

ONZENEIRO: Ou a da barca! Ou lá! Ou! Haveis logo de partir?
ANJO: E onde queres tu ir?
ONZENEIRO: Eu para oParaíso vou.
ANJO: Pois quanto eu muito fora estou de te levar para lá.esta barca que lá esta. vai para quem te enganou! vai para quem te enganou!
DIABO: Entra! Põe aqui o pé!

PARVO: olá! Não tomo embarcação!

DIABO: Entra, tolaço eunuco, que sinos vai a maré!

PARVO: Aguardai, aguardai, houlá! E onde havemos nós de ir-te?

DIABO: Ao porto de Lucifer.

PARVO: Hou a da barca!

ANJO:Que me queres?

PARVO:queres me passar além?

ANJO: Quem és tu?

PARVO: Talvez alguém.

ANJO: Tu passarás, se quiseres; porque em todos teus fazeres por malícia não erraste. Tua simpleza ti baste para gozar dos prazeres.

DIABO Quem vem ai? Santo sapateiro honrado como vens tão carregado?...
SAPATEIRO: Mandaram-me vir assim... E para onde é a viagem?

DIABO: Para o lago dos danados.SAPATEIRO: Os que morrem confessados onde têm sua passagem?

DIABO: Chega de conversa! Esta é a tua barca, esta!

SAPATEIRO: Renegaria eu da festa e da barcagem! Como poderá isso ser, confessado e comungado?!...

DIABO: Tu morreste excomungado: Nao o quiseste dizer. Esperava de viver, calaste dois mil enganos... Tu roubaste bem trinta anos com teu oficio. Embarca, em má hora para ti, que hájá muito que te espero!
SAPATEIRO: Pois digo-te que nao quero!
DIABO: Ainda que te custe ah de ir SIM! SIM!
SAPATEIRO: Quantas missas eu ouvi, não me ão elas prestar?

DIABO: Ouvir missa, então roubar, é caminho para aqui.

SAPATEIRO: Hou da santa caravela, poderês levar-me nela?
ANJO: A carga te atrapalha.
SAPATEIRO: Nao há mercê que me Deus faça? Isto de qualquer maneira irá.
ANJO:esta barca que lá está Leva quem rouba publicamente.

SAPATEIRO: É Assim que determinas que vá cozer ao Inferno?

ANJO: Escrito está no caderno De registros infernais.

FRADE: Para onde levais gente?

DIABO: Para aquele fogo ardente que não temeste vivendo

FRADE: E essa veste não me salva?

DIABO: Gentil padre mundano, a Berzebu vos encomendo!

FRADE:Ah Corpo de Deus consagrado! Pelafé de Jesus Cristo, que eu nao posso entender isto! Eu hei-de ser condenado?!... Um padre tão e namorado e tanto dado à virtude? Assim Deus que me dê saúde, que eu estou surpreso!
DIABO: Não nos atrasemos mais Embarcai e partiremos tomareis um par de remos.

FRADE: Não era esse o acordo!
DIABO: Pois dada está já a sentença!
FRADE: Por Deus! Essa seria ela! Não vai em tal caravela minha...
tracking img