Aula 09

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1469 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FCS Conteúdo Online 9
Slide 01 A Atualidade das ciências sociais na compreensão da sociedade contemporânea: globalização, desigualdades e exclusão socialSlide 2 Globalização Cultural Giddens define globalização como “a intensificação de relações sociaismundiais que unem localidades distantes de tal modo que os acontecimentos locais são condicionados por eventos que acontecem a muitas milhas de distância e vice-versa”. A questão central é a seguinte: As identidades nacionais estão sendo “homogeneizadas”?Stuart Hall, em Identidade cultural na pós-modernidade , apresenta três posiçõescontrárias ao sentimento de homogeneização cultural: • Juntamente com a tendência à homogeneização global, acontece uma fascinação com a diferença e com a mercantilização da etnia e da “alteridade” (Kevin Robin); • A globalização é desigualmente distribuídapelo mundo, entre regiões e estratos da população nas regiões = “geometria do poder” da globalização (Doreen Massey); • A globalização continua sendo um fenômeno essencialmente ocidental = afeta de forma desigual os diversos espaços geográficos do globo (Kevin Robin). Slide 3Consequência da globalização cultural 1 - Juntamente com a globalização há um reforço das identidades locais; 2 - Aglobalização é um processo desigual, com sua própria “geometria de poder”; 3 - As identidades culturais estão sendo relativizadas, apesar de reterem aspectos da dominação global: migração, legal e ilegal, de enormes contingentes de pessoas da periferia para os centros, principalmente das antigas colônias para as potências européias. Estaformação de “enclaves” étnicos minoritários no interior dos estados-nação do Ocidente leva a uma “pluralização” de culturas nacionais e de identidades nacionais, tendo como consequência o surgimento de manifestações de xenofobia em várias partes do mundo. Percebe-se que a globalização não parece estar produzindo nem o triunfo do “global” nem a persistência, em sua velha forma nacionalista, do “local”.Os deslocamentos ou os desvios da globalização mostram-se, afinal, mais variados e mais contraditórios do que sugerem seus protagonistas ou seus oponentes. Entretanto, isso também sugere que, embora alimentada, sob muitos aspectos, pelo Ocidente, a globalização pode acabar sendo parte daquele lento e desigual, mas continuado, descentramento do Ocidente.Slide 4 A sociedade em rede Outra característica marcante da sociedade contemporânea é a...
tracking img