Atrose de joelho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7461 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FUNDAÇÃO LUSÍADA
CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA
DEPARTAMENTO DE FISIOTERAPIA

CAROLINA ALMEIDA
PEDRO HENRIQUE DE MEDEIROS
RAISSA DOS SANTOS
VANESSA CARFARO

SANTOS
2011

CAROLINA ALMEIDA
PEDRO HENRIQUE DE MEDEIROS
RAISSA DOS SANTOS
VANESSA CARFARO

TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO EM ARTROSE DE JOELHO EM MULHERES OBESAS

Projeto integrado sobre o tema: Tratamento fisioterapêutico ematrose de joelho em mulheres obesas,proposto pelo Departamento de Fisioterapia da Universidade Lusíada.

SANTOS
2011
SUMÁRIO

1.0 - INTRODUÇÃO
1.1 – Problema
1.2 – Justificativa
1.3 – Objetivo
2.0 – REVISÃO DE LITERATURA
2.1 - Artrose
2.2 – Causas da Artrose
2.3 – Diagnóstico
2.4- Articulações mais afetadas
2.5-Tipos de Artrose
2.6 – Anatomia do joelho
2.6.1- Ossos e Articulações
2.6.2-Ligamentos e tendões
2.6.3 –Meniscos
* 2.6.4 - Movimentos

2.6.5- Músculos
2.6.6-Nervos
2.6.7-Vasos Sanguíneos

2.7- Joelho com Artrose
2.8- Fatores que aumentam o riscode desenvolver artrose do joelho
2.8.1 - Fatores de risco identificáveis
2.9 – Relação da obesidade com a artrose e seus problemas
2.10 - Obesidade - Relação Homem e Mulher
2.10.1 - Homem x Mulher
2.11 – Prevenção contra a artrose
2.11.1 – Programas Educativos
2.12 – Sintomas
2.13 – Exames Necessários
2.14– Exercícios terapêuticos com orientação (Prescrição individualizada pela Fisioterapia)
2.15 – Tratamento Cirúrgico
- Artroscopia
- Osteotomia
- Artroplastia
2.16 –Próteses
2.17 –Tratamento Farmacológico
2.18 – Conclusão
2.19 – Referências Bibliográficas

1. INTRODUÇÃO

A artrose ou osteoartrite do joelho é uma doença degenerativaarticular, de etiologia primária ou secundária, que tem sua prevalência aumentada com o envelhecimento da população, assim como pela exposição do individuo jovem a situações de traumatismo articular.
Está situação é acentuada na pessoa com predisposição familiar. Apesar dos avanços nos tratamento conservadores, que envolvem medidas como mudança no estilo de vida, perda de peso, atividades físicasadequadas, fisioterapia, além do uso de medicamentos, como condroprotetores, analgésicos e antiinflamatórios, a progressão da artrose leva a perda progressiva da independência e da qualidade de vida do individuo.
Hoje estão bem estabelecidos os benefícios de intervenções como cirurgias de alinhamento do tipo osteotomia e substituição articular do tipo artroplastia, no entanto são poucas discutidasas evidencias a respeito,assim como a sua aplicabilidade á realidade brasileira.

2.1 – Problema

Porque mulheres obesas têm mais propensão para desenvolver a artrose?

(Não sei se é esse mesmo o problema, mais se tiver errado depois você troca)

2.2 – Justificativa

A Osteoartrose é um processo crônico degenerativo, com alta incidência populacional,é caracterizada pelaalta morbidade, sintomas de dor e incapacidade física. Atualmente não existe cura, mas tratamento que amenize o sofrimento dos pacientes. Os tratamentos mais procurados são o medicamentoso e o cirúrgico, chamados de tratamentos convencionais.

Osteoartrose tem sido considerada a forma mais comum de artoste e a maior causa de morbidade, limitação física e cuidados com a saúde,
especialmente emindivíduos mais velhos. A causa da Osteoartrose é freqüentemente desconhecida e atualmente não existe cura, entretanto o tratamento primário da Osteoartrose é direcionado em minimizar sua morbidade. As articulações mais comumente afetadas são
joelhos, quadris, punhos e coluna vertebral .(EZZO et al., 2001).
A escolha do tema deste trabalho ocorreu devido o interesse dos integrantes em conhecer...
tracking img