Atps politica social 5

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2813 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A ASSISTÊNCIA SOCIAL E A POLITICA SOCIAL

1. Introdução.

A prática da Assistência Social iniciou-se a muito tempo dentro da sociedade. Podemos perceber que diante da historia da humanidade, a ajuda dirigida aos menos favorecidos da população sempre foi ponto principal para esta pratica, justificando-se que dentro de uma sociedade encontraremos sujeitos frágeis e dependentes, quenecessitarão de ajuda e apoio para vencer alguns obstáculos, ou mesmo conseguir manter-se em determinada situação.
Durante o desenvolvimento da sociedade capitalista, percebe-se que a mão-de-obra não tinha o mesmo valor do capital, assim as praticas assistencialistas foram apropriadas pelo Estado, que direcionaram a solidariedade social para a sociedade civil.
Até o ano de 1930, a pobreza era vistacomo um problema de distúrbio, que gerava conflitos e violência e era reprimida pelas autoridades, por meio de repressão. As pessoas eram consideradas problemáticas e com desvio de caráter.
Entre os anos de 1938 e 1964 ocorrem varias manifestações que visavam a melhoria das condições de vida para dos trabalhadores, tanto do campo como da cidade. Em 1964, temos uma estagnação de ações devido aDitadura Militar, período este que as população sofre restrições tanto nos âmbitos políticos, econômicos e sociais. A partir de 1968, os movimentos populares começam a esboçar a vontade de por fim ao sistema ditatorial. Surgem vários focos de manifestações, como as guerrilhas armadas, greves e movimentos contra a política econômica. Em meio a pressão dos movimentos sociais, as políticas sociaisencontram campo fértil para desenvolverem-se e auxiliarem a efetivação dos direitos sociais na Constituição de 1988.









2.1 - SERVIÇO SOCIAL E POLITICA SOCIAL
No pós-guerra, segundo os liberais, as políticas publicas devem corrigir os efeitos malignos ocorridos pelo capitalismo, reduzindo as desigualdades sociais produzidos pelo mesmo, surge a teoria do Welfare State, queConforme Francisco de Oliveira (1998, p.19), o “ Welfare State ...Constituiu-se no padrão de financiamento público da economia capitalista. Este pode ser sintetizado na sistematização de uma esfera pública onde a partir de regras universais e pactadas o fundo público em suas diversas formas, passou a ser o pressuposto do financiamento da acumulação de capital de um lado, e, de outro, dofinanciamento da reprodução da força de trabalho, atingindo globalmente a população por meio de gastos sociais.” Ainda segundo Oliveira (Ibid., p. 39) concebe o Estado de Bem Estar como um espaço de lutas de classes no qual ocorre a construção de uma esfera pública caracterizada pela “construção e o reconhecimento da alteridade do outro, do terreno indevassável de seus direitos, a partir dos quais seestruturam as relações sociais.” A esfera pública “é uma negação dos automatismos do mercado e da sua perversa tendência à concentração e à exclusão.”
Ainda a respeito da política social no Brasil, Evaldo Vieira (1997, p. 68), observa que esta percorre três períodos: o primeiro, que denomina “controle da política” e vai da era Vargas ao início dos anos 60; o segundo, que denomina de “política docontrole” e abrange 1964-1988. O terceiro período é o que inicia-se com a aprovação da Constituição em 1988, no qual os avanços conquistados no campo da definição legal de direitos sociais ainda estão por serem efetivados ou pior, muitos já foram extirpados do texto constitucional ou se encontram permanentemente ameaçados, configurando o que Vieira denomina de “política social sem direitossociais”.
No cenário brasileiro vemos que o mesmo esta marcado por subordinação no mundo globalizado e mediado por políticas neoliberais, diante de algumas questões que causam certo desconforto e preocupação, como aprofundamento da miséria. Devemos buscar uma política social que garanta a cidadania, garantindo a autonomia e que sejam garantido aos menos favorecidos direitos e dignidade, a pessoas...
tracking img