Atps ciencias sociais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4816 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]UNIVERSIDADE UNIDERP ANHANGUERA



CURSO ADMINISTRAÇÃO















ATPS – ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

CIÊNCIAS SOCIAIS


INTRODUÇÃO


O objetivo do presente trabalho é relatar argumentos e reflexões sobre as Ciências Sociais e o papel que ela desempenha na sociedade, utilizando referências bibliográficas de livros, filmes e documentários.
Entenderque a Sociologia é importante para as Ciências Sociais, porque reside no fato de ela constituir-se em uma ferramenta (uma área de saber) muito útil para compreendermos os fenômenos sociais, tanto amplos, de caráter macro, quanto menores, de caráter micro e mais regionalmente ou comunitariamente localizados.
Definir o que é cultura, indivíduo e sociedade, pois para compreender o comportamentohumano, suas ações e reações a uma determinada situação, é necessário entender o contexto social que o mesmo está inserido, quais são suas visões, suas limitações de pensamento e movimento dentro de seu raio de ação. Indivíduo, cultura e sociedade estão intrinsecamente ligados, e não se entende um sem entender o outro.
Compreender os aspectos sociais, políticos, históricos e culturais dasCiências Sociais.
Retratar e criar situações cotidianas de desigualdade social, relacionando tais fatores com os fundamentos sociológicos, através de um texto crítico-reflexivo sobre os documentários do tema, e de imagens que mostrem essas divergências sociais.
Refletir sobre situações do dia-a-dia sobre a exploração do meio ambiente por meio de um texto crítico-reflexivo.ETAPA 1


CULTURA, INDIVÍDUO E SOCIEDADE

Cultura é uma preocupação contemporânea, bem viva nos tempos atuais. É uma preocupação em entender os muitos caminhos que conduziram os grupos humanos as suas relações presentes e suas perspectivas de futuro.
Uma das características de muitas sociedades contemporâneas, inclusive a nossa, é a grande diversificação interna. A diferenciaçãobásica decorre do fato de que a população se posiciona de nados diferentes no processo de produção. Basicamente há setores que são prioritários das fábricas, fazendas, bancos, empresas no geral e há aqueles que consultem os trabalhadores dessas organizações.
Quando se fala sobre classe social é freqüentemente a respeito dessa diferenciação que li esta fazendo referências. Essas classessociais têm forma de viver diferente, enfrentam problemas diferentes na sua vida social.
A abordagem de Peter Berger e Thomas Lukmann apreende a sociedade como uma realidade ao mesmo tempo objetiva e subjetiva. A sociedade é uma produção humana e o homem é uma produção social. A sociedade é entendida como um processo dialético de exteriorização, objetivação e interiorização. Os autores explicama sociedade como realidade subjetiva, considerando que a socialização é o processo pelo qual ocorre a interiorização da realidade.
A socialização é explorada num duplo viés, a dizer a socialização primária e a socialização secundária. Berger e Lukmann (1999, p. 175) dizem que “A socialização primária é a primeira socialização que o indivíduo experimenta na infância, e em virtude da qualtorna-se membro da sociedade”. Através da socialização primária o indivíduo toma posse de um “eu” e de um “mundo” objetivo, ou seja, é integrado a uma dada realidade. O indivíduo adquire conhecimento do papel dos outros e neste processo entende o seu papel, em suma, apreende sua personalidade através de uma atitude reflexa. A consolidação dos papéis sociais é entendida como tipificações decondutas socialmente objetivadas. A socialização primária envolve o sentimento de emoção, a secundária não. A socialização primária é definitiva. A linguagem é um dos principais mecanismos de socialização primária.
Para Berger e Lukmann (1999, p. 175) “A socialização secundária é qualquer processo subseqüente que introduz um indivíduo já socializado em novos setores do mundo objetivo de sua...
tracking img