Atletismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2111 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
HISTÓRICO
* Período Helênico;
* 1837, Eton College na Inglaterra, 100 jardas 10 obstáculos fixos (cercas de gado ovino) no solo com altura de 3,5 pés ou 1.067m;
* 1864, Oxford x Cambridge, 120 jardas em 17”7 A.W.T. Daniel;
* 1866 estabelecimento das regras, distância da prova 110m ou 120 jardas, altura da barreira e intervalo entre as barreiras 10 jardas ou 9,14m;
* Até 1892 cercas fixas aosolo;
* 1893 barreiras em forma de T invertido fixadas na pista;
* 1896 Brontom na Inglaterra barreiras apoiadas no solo.
REGRAS
* Punição ao atleta que derrubasse intencionalmente a barreira ou que derrubasse três ou mais;
* 1924, atleta punido com a derrubada de no máximo duas barreiras e somente registrava-se recorde quando não ocorria nenhuma derrubada;
* 1935 a barreira em forma de L;* 1937 criação do contrapeso de 3.5 a 4kg e permissão do derrube de barreira de forma não intencional durante XII Congresso da IAAF em Estocolmo.
Evolução 110m c/b
1886 - perna de ataque estendida;
1891 - perna de recuperação;
1898 – corrida no intervalo e não corrida saltada;
1920 – flexão do tronco durante a transposição;
1950 – movimentação dos braços durante a transposição.
EvoluçãoMulheres
* J.O. 1932 Los Angeles 80m com barreiras;
* 1966 100m com barreiras
* J.O. 1972 Munique 100m com barreiras;
* Década de 60 - 200m com barreiras;
* 1971 400m c/b;
* 1974 trocam-se o 200m c/b pelo 400m c/b
* J.O. Los Angeles 1984 400m c/b.

DIMENSÕES OFICIAIS

110m c/b - saída até a 1a = 13.72m, intervalos 9.14m, 10a ao final = 14.02m e altura = 1.06m
100m c/b - saída até a 1a= 13m, intervalo 8.5m, 10a até o fina = 10.5m e altura 84cm
400m c/b – saída até a 1a = 45m, intervalos 35m, 10a ao final 40m e altura masculino = 91cm e feminino = 76cm.

CORRIDAS COM OBSTÁCULOS

Prova Oficial - 3.000m
Altura dos obstáculos:
Masculino: 0,91 m Feminino: 0,76 m
Prova

Obstáculos Móveis

Fosso c/ água

3.000m

28 saltos

7 saltos

* Construção dosobstáculos
* Passagem sobre o obstáculo
* Fosso com água
* Obstáculos móveis – posicionamento

* Abandono – o atleta que abandonar voluntariamente a pista, nas corridas, não poderá continuar na prova. O atleta não é obrigado a terminar a prova.
* Obstrução – qualquer competidor que obstruir ou empurrar outro competidor está passível de desclassificação. O árbitro geral podedeterminar que a prova seja corrida novamente sem a presença do atleta desclassificado, caso tenha havido prejuízo para o atleta obstruído ou empurrado.
Objetivo
* CORRER NA MAIOR VELOCIDADE
* POSSÍVEL (VELOCIDADE ÓTIMA) NOS
* INTERVALOS ENTRE AS BARREIRAS,
* TRANSPONDO-AS DE FORMA QUE
* MINIMIZE A PERDA DE
* VELOCIDADE.

Corrida sobre barreira
FUNDAMENTO - VELOCIDADEentre as barreiras e a TRANSPOSIÇÃO da mesma. Divide-se em três fases (chamada ou ataque, transposição e recepção ou queda).
† Quanto à velocidade, ritmo tri-fásico ou três passadas muito rápido. † Quanto à transposição da barreira, minimizar o tempo de vôo e preparar-se para a recepção.

Chamada---------------------transposição----------------- recepção
APROXIMAÇÃO À 1ª BARREIRA E RÍTMO TRI-FÁSICO
OBJETIVO: Maximizar a aceleração até à primeira barreira e a velocidade entre as barreiras.
* Oito passadas até à 1ª barreira (perna de chamada colocada à frente nos blocos de partida).
* Tronco na posição vertical mais cedo que na velocidade.
* Três passadasentre as barreiras (curta - longa - curta).
* Posição alta do tronco entre as barreiras.
FASE DA CHAMADA / IMPULSÃO
OBJETIVO: Estabelecer a trajetória que minimiza a altura da passagem da barreira.
* Posição alta do tronco no ataque à barreira.
* Impulsão realizada para a frente e não para cima (correr para...
tracking img