Aspectos comuns e diferentes nas obras “o sertanejo” e “o cabeleira”, de josé de alencar e franklin távora respectivamente.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4709 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO
CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TANGARÁ DA SERRA
DEPARTAMENTO DE LETRAS

KAMILA ARAUJO DA SILVA

ASPECTOS COMUNS E DIFERENTES NAS OBRAS “O SERTANEJO” E “O CABELEIRA”, DE JOSÉ DE ALENCAR E FRANKLIN TÁVORA RESPECTIVAMENTE.

Tangará da Serra (MT)
Junho 2012
UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO
CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE TANGARÁ DA SERRA
DEPARTAMENTO DE LETRASKAMILA ARAUJO DA SILVA

ASPECTOS COMUNS E DIFERENTES NAS OBRAS “O SERTANEJO” E “O CABELEIRA”, DE JOSÉ DE ALENCAR E FRANKLIN TÁVORA RESPECTIVAMENTE.

Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à disciplina de Literatura Brasileira I, ministrada pelo Profº. Dr. Dante Gatto, como requisito parcial de avaliação.

Tangará da Serra (MT)
Junho de 2012
ASPECTOS COMUNS E DIFERENTES NAS OBRAS “OSERTANEJO” E “O CABELEIRA”, DE JOSÉ DE ALENCAR E FRANKLIN TÁVORA RESPECTIVAMENTE.
1.0 INTRODUÇÃO
O Romantismo foi um período de grandes conflitos e mudanças no âmbito literário. Foi o momento de romper com os padrões clássicos impostos pelos árcades, onde tudo que era ideal no Arcadismo, passou a ser ultrapassado, dando lugar aos sentimentos românticos. Nesse período o homem também se via emconflito com a sociedade, pois ele estava diante de duas revoluções importantíssimas: Revolução Industrial e Revolução Francesa. Com isso a sociedade se dividiu em burguesia industrial e classe operária. Essas mudanças e conflitos influenciaram na literatura, apontando novas concepções estéticas que primavam pela emoção e os sentimentos humanos.
Esse trabalho visa à apresentação dascaracterísticas trazidas por esse novo movimento na literatura, com um recorte nas obras “O Sertanejo”(1875) de José de Alencar e “O Cabeleira”(1876) de Franklin Távora. Objetiva-se mostrar possíveis diferenças e igualdades entre as duas obras, pontos que se assemelham e também distanciam os romances, ainda que ambos sejam escritos em períodos próximos e por grandes nomes do Romantismo.

2.0 APONTAMENTOSACERCA DO ROMANTISMO: VISÃO GERAL
O Romantismo teve início no final do século XVIII, na Europa, perdurando até o século XIX. Ele consistiu numa fase de transformação estética e poética que veio em oposição à tradição que estava em voga no momento: os ideais neoclássicos e/ou medievais. Não é possível saber ao certo onde esse movimento primeiro surgiu, pois os movimentos literários no geral se formamgradativamente, em vários lugares ao mesmo tempo.
Enquanto os ideias clássicos eram marcados pela razão acima de tudo, do decoro, da contenção, os ideais românticos caracterizavam-se pelo uso da imaginação, sentimento, emoção e sensibilidade. A idealização da natureza, a pureza da vida, a bondade natural atraía cada vez mais o interesse humano da época. O romântico é temperamental, exaltado,melancólico, procurando fantasiar a realidade ao invés de reproduzi-lá fielmente.
O romantismo distinguiu-se muito dos movimentos anteriores, porém não deixou de carregar consigo traços da arte medieval, do Arcadismo. Segundo Antonio Candido:
Entre Arcadismo e Romantismo há uma ruptura estética evidente, mas há também continuidade histórica, pois ambos são momentos solidários na formação do sistemaliterário e no desejo de ver uma produção regular funcionando na pátria. Significativamente, os românticos consideravam seus precursores os poetas clássicos da segunda metade do século XVIII e começo do século XIX que versavam temas indígenas e religiosos. (CANDIDO 1999, P. 37)
O Romantismo apesar de sua complexidade, de sua característica conflitante e diferenciada, também se fundamentou nascaracterísticas árcades, servindo como uma forma de desprendimento, desencadeamento contra uma reação clássica racionalista que era constituído desde o Renascimento. O movimento romântico era recheado de ideias novas, temas literários diferenciados, resultantes de correntes que convergiram paralelamente da Alemanha e da Inglaterra, no curso do século XVIII, durante o período hoje definido como...
tracking img