As gramaticas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1227 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
As gramáticas
Sírio Possenti

Uma pergunta que se pode ouvir com freqüência é o que diz a gramática sobre determinado caso. A pergunta sempre inclui esse artigo definido, "a", que se emprega, como se sabe, para referir a um objeto definido. "O presidente do Brasil" inclui duas instâncias de "o", e isso significa que há um e um só presidente - no mundo desse texto - e que o Brasil é umaRepública, ou que se sabe que há um presidente e que um certo país se chama Brasil. A expressão pode referir-se a Lula ou a FHC etc., conforme a data em que for proferida. Quem inclui "a gramática" em uma pergunta dá a entender que há uma só. Ora, tal posição só pode ocorrer se as pessoas não conhecerem mais de uma, se tiverem sido enganadas a vida toda.
A questão mais interessante, no entanto, nem é ofato de haver mais de uma gramática, isto é, de que há discordâncias entre gramáticos sobre as doutrinas que adotam e expõem, ou, pelo menos, sobre aspectos de tais doutrinas, das análises, das regras, das definições etc. O que é mais interessante é que as gramáticas tratam de temas muito diversos, coisa de que, eventualmente, não nos damos conta, e por isso fazemos belas saladas quando puxamos oassunto. Vou exemplificar brevemente essa heterogeneidade.

Se alguém se der ao trabalho de compulsar um desses volumes chamados Nova, Novíssima, Moderna gramática da língua portuguesa, às vezes apresentada também como normativa, resumida, bem humorada etc., pode se surpreender.

Esses volumes tratam de vários domínios, que são bastante diversos uns dos outros. No mínimo, incluirão doisaspectos completamente diferentes entre si, embora pareçam semelhantes ou eventualmente interfiram um no outro.

Um desses aspectos consiste na reunião de um conjunto de regras que devem ser seguidas por quem queira "falar e escrever corretamente". São, por exemplo, regras ortográficas (grafia, divisão silábica, uso de maiúsculas e minúsculas etc.) e de pronúncia (de umas poucas palavras, talvez de umadezena), regras morfológicas (especialmente as de flexão de nomes e de verbos - com ênfase nas formas irregulares e nas de pouco uso) e regras sintáticas (especialmente as devidas à variação e à mudança em curso de aspectos da língua, como as de regência verbal, e as destinadas a dar conta de irregularidades e de exceções, especialmente nos domínios da concordância).

Outro aspecto,completamente diferente do anterior, é composto por um conjunto de análises, que não se destinam ao ensino do padrão, mas a propiciar um certo conhecimento da estrutura da língua. Exemplos são a classificação dos sons (vogais ¿ altas, baixas, anteriores, posteriores etc.; consoantes ¿ oclusivas, fricativas, nasais etc.), classificação das palavras (substantivos, verbos etc.), análise morfológica (radical,prefixos, sufixos etc.) e sintática (sujeito, predicado, objeto, adjunto etc) e alguns tópicos de semântica (nomes designam seres, sujeitos praticam ações, adjuntos explicitam qualidades ou circunstâncias etc).

É bastante óbvio que se trata de dois tipos de conhecimento completamente diferentes, seja no que se refere a métodos, seja no que se refere a estratégias de aprendizado. Aprender grafiascorretas, regências e concordâncias é um pouco como aprender aspectos de uma língua estrangeira. De fato, aprender que o que se diz assim em português popular se diz assado em português culto é mais ou menos como aprender que o que se diz assim em português se diz assado em inglês.

Já aprender análise morfológica ou sintática ou mesmo divisão silábica é mais ou menos como aprender matemática oufísica ou biologia. Outra comparação possível para mostrar a diferença entre os dois tópicos é considerar a atividade de correr em relação ao conhecimento de quais são os músculos envolvidos nesta atividade. Um atleta pode fazer bem uma coisa sem conhecer a outra, e um professor de educação física ou de anatomia, mesmo paraplégico, pode saber tudo sobre a segunda sem conseguir realizar a...
tracking img