As escolas do pensamento contabil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (358 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCOLA CONTISTA

Foi a primeira escola do pensamento contábil. Baseava-se na apuração do saldo das contas, isto é, de quanto se tinha a pagar ou a receber de cada pessoa.
A esta escola pertenceramilustre contabilistas, como Leonardo Fibonaci,Benedetto Cotrugli,Luca Pacioli,Francesco di Balduccia Pegolotti,Alvise CasaNova.Angelo Pietra,Edmundo Degranges e Ludovico Flori.
Esta escola surgiuno século XV, e teve sua difusão facilitada pela invenção dos tipos móveis de chumbo por Johannes Gutenberg neste período.
Entre as inovações desta escola destacam-se a criação da conta de capital e aseparação da empresa da pessoa do proprietário. A conta de capital surgiu nesta época devido ao surgimento de muitas sociedades, o que tornou necessário definir qual era a dívida da empresa para comcada sócio. Esta dívida era definida na conta de capital, o que levou à separação dos bens dos sócios dos bens da empresa, pois os sócios passaram a responder pelas dívidas da empresa somente até omontante do capital por eles aplicado na empresa.


ESCOLA LOMBARDA
A Escola Lombarda, também chamada de Escola Administrativa, surgiu em 1840, com a publicação do livro La contabilità applicataalle amministrazioni private e pubbliche, de Francesco Vela, que era o principal representante desta escola de contabilidade, junto com Antonio Tonzig.
O principal interesse desta escola era o estudo daadministração das empresas. Com isto, a Contabilidade deixou de ser apenas escrituração, passando também a controlar a gestão das empresas. Não se limitou mais a cifras, passando a abranger tambémidéias e operações mais abstratas. Outra inovação desta escola foi a avaliação de ativos permanentes por preços correntes.




ESCOLA PERSONALISTA
O PERSONALSMO: deu personalidade para as contas. Opersonalismo foi uma escola de pensamento contábil que surgiu em reação ao contismo, dando personalidade às contas para poder explicar as relações de direitos e obrigações.
Nessa época ainda não...
tracking img