As camadas da terra

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3771 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
2 – AS CAMADAS DA TERRA

2.1 – Geologia Geral

Segundo a CBPM (Companhia Baiana de Pesquisa Mineral, (Set/2012), a Geologia Geral é o estudo da composição, da estrutura e dos fenômenos genéticos formadores da crosta terrestre, assim como do conjunto geral de fenômenos genéticos formadores da crosta terrestre, assim como do conjunto geral de fenômenos que agem não somente sobre asuperfície, como também no interior do nosso planeta. Duas diferentes fontes de energia agem sobre a Terra. Uma delas provém do Sol, que age direta ou indiretamente. Graças a esta fonte de energia é que se esculpe a superfície do globo, constantemente retrabalhadas pelas águas e ventos, ocasionados pela energia solar. A este conjunto de fenômenos dá-se o nome de Dinâmica Externa. A segunda fonte deenergia provém do interior da terra, formando e modificando sua estrutura. A Dinâmica Interna trata destes fenômenos. Estas duas fontes de energia agem independentemente, havendo, contudo, efeitos recíprocos entre ambas.

2.2 – Estrutura Geológica da Terra

A CBPM (Set/2012), diz que a história da formação da Terra vem sendo discutida no meio científico até hoje. Acredita-se que essa históriatenha se iniciado há cerca de 4,5 bilhões de anos. Estudos mostram que a Terra, assim como outros planetas do Sistema Solar, se formou por uma força gravitacional que “reuniu” materiais existentes no espaço (poeira cósmica e gases). No princípio, a Terra era um corpo homogêneo, mas isso começou a se modificar com o resfriamento natural das áreas mais afastadas do centro do planeta. O material maispesado mergulhou para o interior (ferro, por exemplo), e o mais leve (gases) flutuou para a superfície, formando- -se então a crosta. A partir daí, a Terra foi se transformando em um planeta com camadas distintas, de acordo com as densidades e tipos de materiais (ver figura 2.2.1).

Figura: 2.2.1 – Estrutura da Terra
[pic]
Fonte: CBPM, Acesso: Set/2012.

2.3 – As Camadas da TerraConforme encontra-se no site da CBPM (Set/2012), são três as camadas da Terra: crosta, manto e núcleo.

A crosta é a camada rochosa mais superficial da Terra, com espessura que vai de 0 a 40 km de profundidade. É composta em grande parte (cerca de 70%) de oxigênio e silício. Os demais elementos (como alumínio, magnésio, ferro e cálcio) aparecem em menores quantidades. A crosta possui densidadesentre 2,7 g/cm3 e 2,9 g/cm3. Essa é a densidade média dos minerais e rochas que compõem grande parte da crosta terrestre.
O manto está localizado abaixo da crosta, representando cerca de 83% do volume da Terra, com uma espessura que vai de 40 a 2 900 km de profundidade. Ele é composto por rochas com densidade intermediária,
predominando os compostos de oxigênio e magnésio, ferro e silício.O núcleo é a parte central da Terra, sendo formado predominantemente por ferro e níquel. O núcleo externo é líquido e inicia-se numa profundidade de cerca de 2 900 km. O núcleo interno (sua porção mais central) é sólido e estende-se a partir de 5 150 km até o centro da Terra, a cerca de 6 400 km. (Ver Figura 2.3.1)


Figura: 2.3.1 – As camadas da terra
[pic]
Fonte:IGE Unicamp, Acesso: Set/2012


A energia mantida nas camadas mais internas provoca uma série de modificações na superfície terrestre. Alguns fenômenos naturais são “manifestações” dessa “energia presa” no interior da Terra, que, quando
“liberada”, gera, por exemplo, terremotos e vulcanismo. Essa mesma energia é capaz de mover grandes camadas da crosta terrestre, a qual se encontrafracionada em extensas placas tectônicas.

2.4 – Estudo da Estrutura Interna da Terra

Segundo o site Geomundo (Set/2012), para conhecimento do interior da Terra é preciso efetuar muitas observações e conseqüentes estudos. Sabe-se que a Terra tem, em média, 6.400 km de raio e, portanto, um estudo direto não poderá ir além de pequenas profundidades.
          De fato, para além das milhares...
tracking img