Artigo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (461 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO

Este artigo busca entender o comportamento das pessoas de baixa renda que consomem produtos e marcas piratas em Porto Alegre, bem como a percepção que as pessoas têm do consumo pirata. Apartir do estudo foram identificadas as marcas mais consumidas, a freqüência de compra, entre outros fatores. Pretende apontar as conseqüências refletidas na sociedade contemporânea por meio desteconsumo inconsciente, resultando em alterações culturais.

Palavras-Chave: produtos piratas, marcas, pessoas, comportamento de consumo, alterações culturais.

TÍTULO DO PROJETO:

O consumo deprodutos piratas entre pessoas de baixa renda.

1. TEMA

Pirataria e seu consumo entre pessoas de baixa renda.

2. DELIMITAÇÃO DO TEMA

Entender o comportamento das pessoas de baixa rendaque consomem produtos e marcas piratas em Porto Alegre e sua interação cultural na sociedade de consumo.

3. PROBLEMA DE PESQUISA

Este estudo se propõe a estudar “Como que a pirataria deprodutos e marcas contribui para mudanças culturais entre pessoas de baixa renda que consomem produtos piratas?” buscando fazer relação com a chamada “sociedade de consumo”.

4. JUSTIFICATIVA

5.OBJETIVOS

Como objetivos específicos:
* Identificar as principais categorias de produtos falsificados que são consumidos pelas pessoas de baixa renda;
* Investigar quais os motivos quelevam o consumo de produtos falsificados por pessoas de baixa renda;
* Analisar o hábito declarado de comprar no comércio informal;
* Analisar as dimensões de transformação cultural e o impactona sociedade por meio do consumo de produtos piratas.

6. MARCO REFERENCIAL TEÓRICO

Consideraram-se no referencial teórico as teorias de mercado e consumo da baixa renda e o mercado defalsificação e pirataria.
Deste a implantação do plano real, os consumidores de baixa renda começaram a se inserir no mercado. Nardi (2009) e Azevedo e Mardegan Jr. (2009) ressaltam que neste momento uma...
tracking img