Artigo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1867 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de fevereiro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNEB - UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA
DEPART. DE CIÊNCIAS HUMANAS E TECNOLOGIAS – DCHT
CAMPUS XVI – IRECÊ-BA LETRAS –SEMESTRE VII
DISCIPLINA: Estudo da Ficção Brasileira Contemporânea
PROFESSOR: Robério Barreto
Aluna: Vanderleia Alves Vaz Mendes

____________________________________________________________

________A CRÍTICA LITERÁRIA DO SÉCULO XX

RESUMO:

Este artigo aborda asreflexões contemporâneas da crítica literária no século XX enfatizada pelo crítico Tadié, em uma das mais consagradas obras literárias brasileiras – A Crítica literária do século XX. O ato de criticar, no contexto em que será analisado, é mais um processo construtivo, analítico e esclarecedor do que destrutivo ou depreciativo do objeto criticado

Palavras-chave: crítica literária; reflexões eséculo xx.

Introdução:

De inicio, cabe ressaltar que a tarefa de um crítico é a apreciação minuciosa de uma obra literária, sendo necessário que o mesmo tenha um conhecimento prévio e amplo do assunto que avaliará, a fim de que a essencial função da Crítica Literária seja cumprida: o julgamento imparcial.
Os meios de comunicação de massa, hoje, com a socialização da informação,abrem espaço à Crítica em programas televisivos, em jornais e revistas, assim como na Internet, nos sites de livrarias ou em fóruns de discussão acerca da Literatura.
Entretanto, a Crítica Literária ocupa lugar privilegiado nas publicações, periódicas ou não, como revistas específicas e livros voltados não apenas a professores de Língua Portuguesa e Literatura, mas também àqueles que gostam deuma boa leitura ou estão em busca de uma melhor compreensão de uma obra ou, ainda, entender sua organização, sua estrutura e a intencionalidade do seu autor.
Segundo o autor, as mudanças da arte literária no século XX modificaram a maneira de criticar que, na atual visão, é adotar métodos para se comentar os textos, sob a influência da linguística, da psicanálise, da sociologia, dafilosofia, dos estudos culturais,

Reflexões da Critica Literária do Século XX

O crítico literário e o criador de obras sonham sempre em saber o que se passa na cabeça do leitor em fases diversas – qual a sua recepção – qual o discurso acatado pelo leitor e outras reflexões contemporâneas diversas.
Muitas teorias aspiram parte das verdades e validades na interpretação de um texto. Hámuitos conflitos teóricos que revelam há todos os tempos as faces literárias do nosso tempo, os nossos discursos e as nossas recepções como leitores. Os mesmos vêm as vezes contraditórios, mesmos com os simpatizantes dessa literatura de modernidade, solúvel e volátil que deparamos a cada dia.
A todo o tempo os críticos, os teóricos se mobilizam na busca inconstante de olhares e procedimentosque justifiquem a existência ou não de uma nova estética. Nesse contexto literário conflitos e contradições é que se configuram os críticos, com uma única intenção, interpretar o mundo e conhecendo automaticamente as percepções das pessoas que nele habita.
Nessa perspectiva, o crítico contemporâneo vai se configurando, com suas citações e desejos, tentando a todo o tempo convencer o leitorcom seus ideais com suas teorias, enfatizando uma criação de um sujeito instalado historicamente na escritura literária, estabelecendo critérios de prazer com a leitura.
Compreende que toda leitura é crítica, não há inocência nas linguagens, há simplesmente ações interpretadas, lidas, faladas que acontecem com os textos literários. Ficam, muitas vezes, confusas as várias teoriasinterpretadas, grandes textos, onde as mesmas provocam em sua recepção estética um olhar não imaginado.
O artista continua no seu imaginário, a subjetividade do mundo da criação, mas cria imagens e sons com os instrumentos de comunicação do mundo contemporâneo. É essa a diferença que há entre teórico-críticos. Eles têm a objetividade com um olhar contradizendo a ciência e a criação.
Em...
tracking img