Artigo de sistema respiratorio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5206 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
e-scientia, v.2, n.1, dezembro, 2009

Utilização de exercícios resistidos em reabilitação cardíaca: uma revisão de literatura
Cássio Quintão Villela1; José Ricardo Claudino Ribeiro1

Resumo O treinamento resistido tem sido recomendado como parte integrante de um programa de reabilitação cardíaca. As justificativas vão, desde a minimização dos efeitos deletérios da idade, até a reinclusão àsatividades cotidianas. Entretanto, algumas respostas cardiovasculares a esse tipo de treinamento são temidas por alguns profissionais, que optam por uma intervenção mais conservadora, recomendando somente atividades aeróbicas cíclicas e contínuas. O objetivo deste estudo é verificar, por intermédio de uma revisão de literatura, os impactos agudos e crônicos do treinamento resistido na reabilitaçãocardíaca. Para isto, foram pesquisados artigos científicos nas bases de dados Pubmed, Scielo, Medline, Lilacs e Conchrane, usando os localizadores “Resistance Training”, “Coronary”, “Disease”, “Treinamento”, “Doença” e “Coronariana”. Dos materiais apresentados foram considerados, principalmente, os que se reportavam às adaptações agudas e crônicas ao treinamento resistido, as complicaçõescardiovasculares em testes e exercícios físicos, bem como a aderência dos indivíduos a este tipo de treinamento. Com base nos artigos apresentados, concluímos que o treinamento resistido é uma importante ferramenta na reabilitação cardíaca e, se prescrito e executado de forma adequada, oferece grandes benefícios com baixos riscos aos reabilitados. Palavras-chave: treinamento resistido, doençacoronariana, cardiopatas, exercício físico, reabilitação.

1

Centro Universitário de Belo Horizonte Uni-BH – Belo Horizonte MG

E-mail: cassiovillela@hotmail.com

Use

of

resistance

training

in

cardiac

rehabilitation:

a

review

of

literature

Abstract The resistance training has been recommended as an integral part of a cardiac rehabilitation program. Thejustifications are provided to minimize the deleterious effects of age and the reinclusion of daily activities. However, some cardiovascular responses to this kind of training are not accepted by some professionals, who decide for a more conservative, recommending cyclical and continuous aerobic activity. The aim was to verify, through a literature review, the acute and chronic effects of resistance trainingin cardiac rehabilitation. For scientific articles that were searched in the databases Pubmed, Scielo, Medline, Lilacs and Conchrane, using the locators "Resistance Training", "Coronary", "Disease", “Treinamento”, “Doença” and “Coronariana”. Considering the material selected from literature, it was included those articles related only to acute and chronic adaptations to resistance training,cardiovascular complications in tests and physical exercises, and the adherence of individuals with this type of training. Based on the papers presented, we find that the resistance training is an important tool in cardiac rehabilitation and, if prescribed and implemented in an appropriate manner, offers great benefits with low risk to rehabilitated. Key words: resistance training, coronary disease,heart disease, exercise, physical training.

INTRODUÇÃO

Durante muitos anos o treinamento aeróbico (TA) foi o componente principal das recomendações de exercícios para a reabilitação cardíaca (RC) (AHA, 1980; WEHRENS & MARKS, 2004). Entretanto, em 1990 o ACSM publicou seu primeiro posicionamento reconhecendo o TR como um componente importante do treinamento físico de adultos saudáveis de todasas idades, combinado ao TA. Apesar dos inúmeros benefícios do treinamento resistido (TR), destacando-se os ganhos de força e massa muscular, sua relação com os fatores de prevenção de risco coronariano e utilização nos trabalhos de RC vem sendo reconhecida recentemente. Os benefícios do TR para indivíduos com doença coronária (IDC) têm sido relatados com freqüência na literatura (DAUB et al.,...
tracking img