Artes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (885 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sentia-me péssima. Tudo que eu vinha tentando reprimir nos últimos meses – que, aliás, já vinha voltando há algum tempo – simplesmente desabou por cima de toda a minha cabeça. Não havia nenhuma razãopara continuar achando que tudo ia ficar bem, por que agora já era impossível esperar qualquer coisa. Um vazio excruciante tomou conta de mim, como se eu estivesse morta por dentro, e, eu sabia, eraexatamente isso que acontecia no momento. Sabia que agora não havia mais esperanças – embora no fundo já soubesse disso há tempos. A tendência é piorar, de agora em diante. Sentia como se fosse nadamenos que um ser imprestável, que não podia salvar o que mais prezava. Agora, tudo era cinza, e não vejo nada diferente disso, talvez não queira ver. Talvez cinza seja simplesmente o que defina tudo,no final das contas. Incerto. Nem preto, nem branco. Apenas cinza. Como todo o resto. No fundo, tudo deve ser formado em tons de cinza. Eu o perdi. Tentava forçar-me a sorrir, mas não conseguia. Erafalso. E não aguentava mais fingir nada. Fingir que eu era feliz. Fingir que era bem-humorada, como sempre fazia. Meus músculos, não se forçariam a sorrir, nem se eu os mandasse. Não parecia certo, deforma alguma, poder sentir qualquer fiapo de felicidade. Mas não iria, não queria e não precisava me esforçar. Apenas pensar em sentir vontade de sorrir, me enojava. Simplesmente não havia motivos, enada mais. O vazio me ocupou por inteira, e tudo que podia pensar era “eu o perdi”. E o remorso. Doía mais do que qualquer coisa. Pensar “poderia ter feito mais; Deveria ter me esforçado; Naquelemomento, deveria ter feito alguma outra coisa”. Aquilo me matava me matava e me matava. A sensação de falta de poder. Falta de poder dar um simples carinho, de demonstrar a importância, de tudo, me doíacomo o inferno. Era como se eu pudesse entrar em combustão, só de riscar um fósforo há milhões de quilômetros, se cada dor que me invadia fosse apenas uma gota de álcool. Sentia-me em um lago, nadando...
tracking img