arte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1185 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de outubro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CONDURU, Roberto. Entre o ativismo e a macumba.

Objetivos: Apresentar um panorama/periodização dos diálogos entre arte e ‘problemática afro-descendente’ no Brasil no processo de modernização artísticas; análise de aobras realizadas a partir dos anos 1990 com foco em duas tendências: os diálogos com mitos e práticas das religiões afro-brasileiras e aqueles mais ou menos engajadas com omovimento negro; indicar os riscos desses diálogos para artistas, críticos e historiadores.

Arte e ‘problemática cultural afro-brasileira: tópico característico da história d arte no Brasil, suja importância varia no tempo e espaço da modernização artística

*Que é modernização artística?

Momento 1 – Fim do séc. XVIII até início do séc. XX: abolicionismo, inicio da república; são produzidas obrassobre si e o outro por negros e outros, por meio de intricados processos de representação e auto-representação

Momento 1: Modernismo (1910-1930): “A arte passa, então, a expressar outra valorização do componente africano na formação da cultura brasileira: em vez de negativa, degeneradora, a miscigenação étnica tornou-se positiva; em vez de mazela social a ser erradicada, emblema e paradigmadas relações artísticas e culturais.” 56

Momento 2: a partir década de 1950: é desdobramento étnico-cultural no âmbito da arte moderna; e resposta plástico-artística ao processo de construção de um outro olhar sobre a problemática afro-descendente no país. Abdias Nascimento e Emanoel Araújo são exemplos. 56

Momento 2: década 1960: contra-cultura; intensificação dos diálogos artísticos com asculturas afro-brasileiras. Nomes como Antonio Henrique Amaral, Hélio Oiticia e Lygia Pape, desenvolvem conexões com as culturas afro-brasileiras, em particular com as religiões na década de 1970

Momento 3 a partir dos anos 1990: não há uma vertente específica. “São diálogos em sua maior parte conscientes, estabelecidos pelos artistas com base em experiências com base em experiencias com diversasAfricas presentes nas cidades brasileiras, heterogêneas, muitas vezes esporádicos, pontuais em suas obras, dispersos pelo território brasileiro, embora apareçam com mais força aqui e ali, além de poderem ser agrupados em subvertentes.” 56

África e Brasil: conceitos, matérias, problemas
Aproximações da arte contemporânea com universos afro-brasileiro continua a ver e pensar África evocada apartir de paisagens e cultura material com títulos que remetem ao exotismo eurocêntrico (como visto em telas de Gonçalo Ivo); outro olhar é oferecido por Denise Millan que, a sugere uma reunificação geo-cultural entre Africa e América; Viga Gordilho a aborda a partir das continuidades e ressonâncias entre contextos sócio-culturais africanos e brasileiros, como em Muda Memória, 2002 56

Outrasentradas são uso de materiais de acento étnico-cultural. exemplo é a obra de Ayrson Heráclito com o uso do dendê.
“Entretano, em sua maioria, os diálogos com o universo cultural afro brasileiro no Brasil focam as religiões de matrizes africanas e na problemática social da negritude.” 57

Arte e religiões afro-brasileiras

“O modo mais frequente de conexão dos artistas contemporâneos às culturasafro-brasileiras é lidar com o imaginário religioso. Dá-se continuidade, assim, à tradição de representação figurativa de práticas das religiões afro-brasileiras...” por um lado. E por outro “Não dedicadas à figuração da cultura material e de ritos afro-brasileiros, mas à exploração da semântica própria aos signos (formas, cores, ícones) presentes nestes, são as pesquisas de Rubem Valentim, EmanuelAraujo, Ronaldo Rego e Jorge dos Santos.” 57

Recentemente nota-se exploração de imagens de religiões afro-brasileiras exploradas via apropriaçãoes imediatas ou transformadas dialogando com o imaginario, os mitos e ícones afro difundidos no país. Nelson Lirner, Rodrigo Cardoso são exemplos.

“Essas apropriações podem resultar de pesquisas feitas diretamente em terreiros, nos trnasdamentos...
tracking img