Arte experimental,lennon ea beatlemania

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (263 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Uma obra de arte que não provoca emoção, sentimentos prazeirosos, é apenas obra. A arte experimental, para mim, circunda este campo. Qual é o problema de não ser original, derepetir o que já foi feito, se esta "repetição" agrada aos sentidos e suscita prazer?
Na música, por exemplo, um interprete que não seja compositor (um instrumentista ou umcantor) está fazendo "arte copiada" ao interpretar uma música composta por terceiros?
O diferencial deve ser a emoção transmitida. Não simplesmente cruxificar quem não se arvora aenveredar pelos caminhos da novidade e do ineditismo, esquecendo que nossas emoções são comandadas pelo cérebro e que o cérebro é alimentado pelos cinco sentidos e que existemlimitações físicas no corpo humano...
Arte conceitual, experimental, de vanguarda ou lá o que for, muitas vezes tangencia a charlatanice, mas uma charlatanice com curadoria...., comprestígo, e conforme o caso, com "assinatura valiosa" no mercado - mercado, diga-se de passagem, modelado pelos tais curadores, críticos e "entendidos"....
No parágrafo acimaeu disse "muitas vezes", não disse "sempre". John Lennon, ao compor "Strawberry Fields" e “I´m the walrus" fez algo experimental, inovador. Utilizou sequências harmônicas poucousuais que a mim causaram impacto positivo e que levaram a apreciar o talento criativo/inventivo de Lennon. Mas "Tomorrow never knows" e outras "fanfarronices" dele (experimentos,vanguardismos, texturas sonoras, conceitos), principalmente na sua carreira solo, apoiada pelos gritinhos da Yoko, me levam a afirmar que Lennon da Beatlemania, com seus coversde rock´n´roll e tudo mais, foi nota 10.



Texto do meu site http://beatles41.webnode.com.br/
tracking img