Art Nouveau

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (409 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de setembro de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
Art Nouveau
O Art Nouveau é um estilo da arquitetura e artes decorativas, também presente em artes gráficas, inspirado nas formas, estruturas naturais como plantas e flores, como também em linhascurvas. Na arquitetura, o estilo pode ser notado nos formatos das janelas e seus vitrais, nos ornamentos decorativos dos prédios, nos papeis de paredes, onde todos apresentam formas, estruturas naturaisou orgânicas e linhas fluidas. No entanto a natureza estilizada do Art Nouveau era caro de produzir e logo foi abandonada por um estilo mais modernista, ágil e retilíneo.
Nas artes gráficas, umarevista Alemã chamada Jugend foi responsável pela promoção do estilo na Alemanha, tanto que o estilo por lá recebeu o nome “Jugentsil” que significa “estilo da juventude”. Também ficou muito famosapelos exemplos bidimensionais aplicados nos trabalhos gráficos, como nas formas que eram trabalhadas as tipografias, onde se trabalhava a combinação imagem/letra criando harmonia.
O estilo foi maispopular na Europa, mas também sofreu influencia do mundo todo, possuindo varias formas com tendências localizadas. O período onde teve maior destaque era chamado de Belle Époque, que foi um período marcadopor diversas mudanças nos hábitos culturais onde surgiram invenções que facilitaram o estilo de vida das pessoas, como também influenciou o estilo com as formas elegantes das plantas, animais,mulheres, cores vivas e ornamentos.

Características do Cartaz
O cartaz apresentado no trabalho é de autoria de Théophile Alexandre Steinlen, pintor e gravurista, nascido na Suíça. O cartaz é umarepresentação de uma obra teatral dos cantores Mothu & Doria. As cores usadas no pôster são usadas para demonstrar a atmosfera sombria das ruas sinistras de Paris. A forma como ele trabalha a utilização doscantores Mothu e Doria, reforçando a ideia de que não exsta uma briga de classe, mas sim uma coexistência, mas ligeiramente apresentando através dos trajes o que pertence ao “Paris que se diverte” e...