Arquitetura sandy bridge

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1730 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A Arquitetura Sandy Bridge e os Processadores “Core i” da Segunda Geração
April 19, 2011 by Alexandre Ziebert · 11 Comments Amigos, parte do trato para a Gigabyte fornecer a P67A-UD5 para as apresentações de overclock extremo com a Intel era que eu fizesse um review da placa. Porém, antes de entrar em detalhes sobre a placa em si, acho que cabe conhecermos melhor a arquitetura Sandy Bridge ealguns detalhes sobre os novos processadores “Core i” da segunda geração.

Olhando do alto, os processadores não mudaram muito: ainda temos i3, i5 e i7. Os i3 ainda são dual core com HT (2 núcleos / 4 threads), os i5 ainda são quad core sem HT (4 núcleos / 4 threads) e os i7 ainda são quad core com HT (4 núcleos / 8 threads). À medida que vamos aprofundando na arquitetura vamos conhecendo melhor asnovidades. Começando pelos i3, que antes eram compostos por dois chips, um já feito no processo de 32nm que abriga os núcleos e o cache L3, enquanto o outro (ainda feito no processo de 45nm) engloba controladora de memória, controlador PCI Express e a GPU Intel GMA HD, o popular vídeo onboard. Os chips se comunicam por um barramento QPI (o

mesmo usado para ligar os Xeon entre si, ou os i7 dosocket LGA 1366 ao X58). Outro detalhezinho que vale a pena chamar atenção é que os núcleos do i3 (e i5 série 600) são baseados na arquitetura Westmere, uma ligeira revisão da consagrada arquitetura Nehalem (dos demais i5 e i7, séries 700, 800 e 900), que trouxe suporte ao conjunto de instruções SSE4.2, que incluem principalmente instruções AES, que aceleram e muito operações de criptografia. OsCore i7 de 6 núcleos do socket LGA 1366, feitos no processo de 32nm, como o 970 e o 980x utilizam a mesma arquitetura. Os novos i3 são constituídos de um único chip, feito no processo de 32nm, que abriga seus dois núcleos da arquitetura Sandy Bridge e todos os demais blocos: controladora de memória, cache L3, controlador PCI Express e a GPU, uma versão melhorada da GMA HD. Os i5 e i7 da segundageração (são baseados no mesmo chip, no i5 o HT é simplesmente desativado), continuam com seus 4 núcleos, 8MB de cache L3 (reduzido para 6MB nos i5), controladora de memória dual channel e controlador PCI Express (16 linhas PCIe 2.0). Além da nova arquitetura e da miniaturização para 32nm, uma novidade significativa da segunda geração é que agora mesmo os processadores Quad Core possuem GPUintegrada. Isso finalmente acaba com a salada de que processador usar com que placa que confundia muita gente. Afinal, era possível usar um Core i5 760, por exemplo, em uma placa com chipset H55 (que possui as saídas de vídeo), porém era obrigatório o uso de uma placa de vídeo, já que o processador não integrava uma GPU (como os i3). Agora é simples, todos os processadores da série 2000 têm GPU, se suaplaca mãe tem as saídas de vídeo (caso das placas H61 e H67), você pode usá-las. Você só deve obrigatoriamente usar uma placa de vídeo se sua placa mãe não tem suporte à GPU integrada no processador (caso das placas P67). E nada o impede de usar uma placa de vídeo em uma placa H61/H67, o vídeo integrado é desabilitado automaticamente quando uma placa de vídeo estiver presente. Quanto à GPU em si,possui 6 ou 12 unidades, dependendo do processador, contra 10 do GMA HD dos i3 da primeira geração, mas teve sua eficiência dobrada, então mesmo um processador com GPU de 6 “EUs” já deve oferecer um desempenho superior à GPU de 10 “EUs” da geração anterior. E como esta agora é feita com os mesmos transistores de 32nm que o restante do processador, pode atingir frequências maiores, além de serbeneficiada pelo TurboBoost mais agressivo (em alguns processadores a GPU pode trabalhar a até 1.35GHz, contra no máximo 900MHz da geração anterior). Nos testes que eu vi, a GPU com 6 EUs tende a ser no mínimo equivalente à do chipset AMD 890GX (Radeon HD 4290), por exemplo, enquanto a de 12 EUs (por enquanto presente apenas nos processadores da série “K”, mais sobre eles logo mais) se comporta +- como...
tracking img