Arquitetura de terra estrutural

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1297 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ARQUITETURA DE TERRA ESTRUTURAL

Os registros de utilização de terra como matéria prima datam mais de 10 mil anos, tendo a África e o Oriente Médio as regiões com registros mais remotos. Influenciados por esses povos com os quais tiveram contato, os colonizadores europeus utilizaram-se dessas técnicas para a construção nas suas cidades e em territórios conquistados.
No Brasil as técnicas deadobe e de taipa de pilão foram trazidas pelos portugueses na época do Brasil colônia, embora evidências possam provar que os índios brasileiros e os escravos africanos trazidos pelos portugueses já conhecessem a construção em taipa.
Os processos industriais e novas tecnologias fizeram com que esses processos artesanais fossem aos poucos desaparecendo, sendo substituídos por materiais atualmenteconhecidos como convencionais (alvenarias, madeira e pedras); embora parte do mundo (60% da população mundial, segundo a ONU) ainda more em construções de terra, uma vez que são mais baratas e de fácil construção técnica, oferecendo ainda melhor controle de temperatura.
Um dos exemplos mais antigos e também patrimônio da humanidade, a cidade de Bam, no Irã, foi completamente construída em adobedatada como de 500 a.C. permaneceu intacta até o terremoto em 2003.
As construções em terra apresentam elevada resistência, plasticidade, baixo custo, e é incombustível.

TÉCNICAS UTILIZADAS

1. Taipa de Pilão
A taipa de pilão é a mais antiga técnica de construção com terra crua. É uma mistura de terra com cimento é colocado dentro de fôrmas de madeira ou ferro e socadas com um pilão(apiloamento) camada por camada, tornando-o um bloco. No Brasil essa técnica foi muito utilizada na construção de casarões, mosteiros e igrejas. A maior parte do material para a construção das pareces pode ser proveniente do próprio local da obra.
É necessário afastar a base da parede em torno de 50-60cm do chão para evitar umidade, normalmente constrói-se essa base de pedras.
A. Vantagens
*Custos de construção muito abaixo dos de alvenaria.
* Eficiência térmica – fresca no verão, morna no inverno.
* Facilmente aplicável a grandes obras.
* 90% do material podem ser provenientes do local da obra.

B. Desvantagens
* Exige grande esforço físico.
* Cuidados maiores com impermeabilização e revestimento.

C. Exemplos

Fig. 1 – Ornamentação por escavação logoapós construção.

Fig. 2 – Após a compactação, as fôrmas podem ser removidas.

Fig. 3 – Casas em taipa de pilão, Centro Histórico de Santana de Parnaíba (SP).

Fig. 4- Igreja de Nossa Sra. do Rosário, em Pirenópolis.

2. Taipa de Mão
Taipa de mão ou pau-a-pique é uma técnica em que paredes são estruturadas com madeira ou bambu amarradas, e preenchidas com barro e fibras. Terra e águasão amassadas com os pés, e depois de homogeneizados são misturados a fibras, e a massa então é utilizada para preencher a trama de madeira. Essas paredes são utilizadas como paredes estruturais ou de vedação.
A. Vantagens
* Custos de construção muito abaixo dos de alvenaria.
* Eficiência térmica – fresca no verão, morna no inverno.

B. Desvantagens
* Cuidados maiores comimpermeabilização e fundação “seca”.
* Cuidados com o correto revestimento.

C. Exemplos

Fig. 5 – Casa de pau a pique sem revestimento, permitindo entrada de roedores e insetos.

Fig. 6 – Casa de taipa de mão, construída sobre fundações e rebocada. Permitindo uma vida longa à parede e ausência de espaço para transmissores de doenças.

3. Quicha metálica.
Quincha metálica outecnobarro é uma evolução do sistema de taipa de mão, onde a estrutura de madeira é substituída por estrutura em aço, sendo vedado com terra e palha. O método, utilizado no Chile, apresenta resistência contra abalos sísmicos, possui durabilidade e lhe permite liberdade construtiva.
A. Vantagens
* Custos de construção baixos.
* Eficiência térmica – fresca no verão, morna no inverno.
*...
tracking img