Impacto ambiental da suinocultura: viabilidade de tecnologias de tratamento de rejeitos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 48 (11959 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1 - INTRODUÇÃO

A carne de suínos é a mais produzida no mundo e o Brasil foi responsável, em 2001, por 2,5% da produção mundial, representando 2.216 milhões de toneladas. Com isso, o Brasil torna-se o quarto maior produtor mundial, logo abaixo da China, da União Européia e dos Estados Unidos. Essa produção é praticada com maior ou menor intensidade em todos os Estados, porém 49,7%estão concentrados na Região Sul. A produtividade da suinocultura brasileira é bastante variável, dependendo da região e do tipo de produção, alcançando, como no caso de Santa Catarina, um desfrute de 170%, comparável ao obtido por alguns dos melhores países produtores. (Fávero et al, 2003).
Na exportação, o crescimento tem sido constante, principalmente nos últimos anos, quandoas vendas para o mercado externo cresceram de 4,74% para 11,96% da produção total. Atualmente atualizar o dado, pois é de 2003, procurar uma informação de 2010 a 2012, com a abertura de novos mercados, aumentos ainda mais significativos podem ocorrer. No mercado interno, o consumo per capita deverá ultrapassar os atuais 12kg/habitante/ano, o que deverá aquecer a demanda pela produção de carne suína(Fávero et al, 2003).
Essa produção, no entanto, precisa atender às exigências do mercado consumidor e da própria sociedade, que defendem uma produção sustentável em contraposição à visão essencialmente produtivista que ainda prevalece. Dessa forma, torna-se essencial buscar a produção de uma carne com padrão constante de qualidade, que possa ser rastreada, que seja segura doponto de vista alimentar e que atenda às expectativas do consumidor (Fávero et al, 2003).
Em termos de inovação o setor tem apresentado desenvolvimento de tecnologias, investimento em pesquisa e desenvolvimento, engenharia de processos, capacitação de mão de obra, marketing e administração. Quanto à competitividade, o setor apresenta resultados positivos tanto no mercado interno comoexterno, porém para que o suinocultor possa manter-se no mercado, seja individualmente ou por meio das integradoras, é essencial um constante trabalho de modernização, qualidade, adaptação à demanda e também às normas ambientais que regem a produção(Hernandes, 2010).
A suinocultura é uma atividade com alto potencial poluidor, principalmente devido ao tratamento dos resíduos gerados. A poluiçãoprovocada pelo manejo inadequado dos rejeitos suínos,aumenta a preocupação e cresce em importância a cada dia, quer seja por exigências de mercado para o produto, quer seja por uma maior consciência ambiental dos produtores ou pelo aumento das exigências dos órgãos fiscalizadores e da sociedade em geral (Hernandes, 2010).
A gestão de resíduos da suinocultura é atualmente fundamental para asustentação e desenvolvimento do negócio da cadeia da produção animal, pois o consumidor final dos produtos tem a expectativa de que os processos estejam agregados também do quesito "responsabilidade ambiental". Qualquer negligência ou acidente oportuniza espaço para a concorrência aumentar a sua fatia de produtos no mercado.
Assim, o caminho, para o atendimento a estas novas demandas pode ser obtido ouotimizado, descrevendo os principais benefícios percebidos pelas empresas com a implantação de um sistema de gestão ambiental (SGA), as melhorias no desempenho ambiental, na redução dos desperdícios, a prevenção de riscos (acidentes ambientais, multas, ações judiciais, etc.) e a homogeneização da forma de gerenciamento ambiental em toda a empresa.
A necessidade do SGA, segundo Schmitt e Gavronski(2006), denota a maneira de a organização agir, interna e externamente, visando a conquista da qualidade ambiental como diferencial no mercado, que é buscado estrategicamente ao menor custo.
A conquista da conformidade no SGA é alcançada pelo comprometimento da empresa e dos empregados, em planos, programas e procedimentos específicos fundamentados na série de normas ISO 14000. No que diz...
tracking img