Arco submerso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1986 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL
PROF. BASILIDES DE GODÓI

FABIO L. NASCIMENTO – 07 – 4TD


ARCO SUBMERSO

SÃO PAULO – SP
SETEMBRO - 2011
FABIO L. NASCIMENTO – 07 – 4TD

ARCO SUBMERSO

Trabalho apresentado como exigência da disciplina Tecnologia de Soldagem, ministrada pelo professor Rodrigo no segundo semestre de 2011.

SÃO PAULO – SP
SETEMBRO - 2011

SUMÁRIO

1. DEFINIÇÃO 12. FUNDAMENTOS DO PROCESSO 1
3. EQUIPAMENTOS DE SOLDAGEM 2
4. CONTROLE DE PROCESSO 4
5. CARACTEÍSTICAS E APLICAÇÕES 5
6. PREPARAÇÃO E LIMPEZA DA JUNTA 6
7. DESCONTINUIDADES INDUZIDAS PELO PROCESSO 6
8. CONDIÇÕES DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL 7
9. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 9

ARCO SUBMERSO

1. definição
 
Processo de soldagem a arco elétrico comeletrodos consumíveis, nos quais o arco elétrico e a poça de fusão são protegidos do ambiente pelos produtos resultantes da queima de um fluxo que é adicionado independentemente do eletrodo. Pode ser utilizado como eletrodo; arame maciço, arame composto ou fita.

2. FUNDAMENTOS DO PROCESSO

Soldagem a arco submerso (SAW) une metais pelo aquecimento e fusão destes com um arco elétrico (ouarcos), estabelecido entre um eletrodo nu (ou vários eletrodos) e o metal de base. O arco está submerso e coberto por uma camada de material granular fusível que é conhecido por fluxo; portanto o regime de fusão é misto: por efeito joule e por arco elétrico. Dispositivos automáticos asseguram a alimentação do eletrodo (ou dos eletrodos) a uma velocidade conveniente de tal forma que sua(s)extremidade(s) mergulhem constantemente no banho de fluxo em fusão. A movimentação do cabeçote de soldagem em relação à peça faz progredir passo a passo a poça de fusão que se encontra sempre coberta e protegida por uma escória que é formada pelo fluxo fundido e impurezas. A figura 4.4 mostra este processo. Neste processo o soldador ou o operador de solda não necessita usar um capacete ou máscara de proteção.O profissional não pode ver o arco elétrico através do fluxo e tem dificuldade de acertar o posicionamento do arco quando se perde o curso. Para contornar tal problema o equipamento deve possuir um dispositivo simples de guia (mecânico ou luminoso) para orientá-lo.

Vantagens do processo:

* alta qualidade da solda.
* taxa de deposição e velocidade de deslocamento extremamentealtas.
* nenhum arco de soldagem visível, minimizando requisitos de proteção.
* pouca fumaça.
* utilização de múltiplos arames.

1

Figura 4.4 - Soldagem a arco submerso

O processo de soldagem a arco submerso também solda uma faixa ampla de espessuras, e a maioria dos aços, ferríticos e austeníticos.

Uma utilidade do processo de soldagem a arco submerso está na soldagem dechapas espessas de aços, por exemplo vasos de pressão, tanques, tubos de grandes diâmetros e vigas.

3. EQUIPAMENTOS DE SOLDAGEM

A soldagem a arco submerso é um processo normalmente automático podendo ser encontrado como semi-automático, em que a alimentação do consumível e o comprimento do arco são controlados pelo alimentador de arame ou fita e pela fonte de energia. No processoautomático, um mecanismo de avanço movimenta o cabeçote de soldagem ao longo da peça, e normalmente um sistema de recuperação do fluxo granular não utilizado (ver Figura 4.5). Na soldagem de união de cilindros, o cabeçote de soldagem permanece fixo e o conjunto se movimenta através de posicionadores giratórios.

2

Figura 4.5 - Equipamento para soldagem a arco submerso

A fonte de energia para asoldagem a arco submerso pode ser uma das seguintes:

* uma tensão variável de gerador CC ou retificador.
* uma tensão contínua de gerador CC ou retificador.
* um transformador de CA.

A tendência atual é para o uso de retificadores de tensão constante ou de característica plana. Neste tipo de equipamento quando se aumenta a velocidade de alimentação de arame o equipamento...
tracking img