Aprendendo a licao de chaco canyon

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1218 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
APRENDENDO A LIÇÃO DE CHACO CANYON: do “Desenvolvimento Sustentável” a uma Vida Sustentável por Fernando Fernandez.
-------------------------------------------------
PUC Minas Barreiro – Curso Engenharia Civil – Disciplina - Ciências do Ambiente - Prof. Eugenio Batista Leite 

Resumo do Texto: APRENDENDO A LIÇÃO DE CHACO CANYON: do “Desenvolvimento Sustentável” a uma Vida Sustentável porFernando Fernandez. 

Acadêmica: Maria Angélica de Paula Ferreira

Este artigo tem como foco principal, a abordagem do tema ‘Desenvolvimento sustentável’ e sustentabilidade, numa visão geral e alguns pontos onde o autor exemplifica o tema.
Destaca-se no o artigo, a vivência e experiência do autor no Chaco Canyon, que hoje é uma região desértica no Novo México - EUA, e relata estudos arqueológicosque demonstram a existência de enormes construções com estruturas de pedras e grandes arvores que existem à muitos quilômetros de distância.
O autor relata que na época das obras, a região era uma grande floresta diversificada, e que foram os próprios habitantes que desmataram por completo e até hoje não se sabe ao certo o que realmente aconteceu com essa comunidade que lá vivia os chamadosAnasazis.
Com essa experiência o autor observa que o homem está se auto-destruindo, pois quando ele utiliza de forma inadequada a natureza, sem articular e entender a sua a capacidade de regenerar, e principalmente sem monitorar esta ação antrópica, ele não está pensando sustentavelmente, isto é, preocupado com as gerações futuras.
Quando destruímos a natureza, estamos destruindo nós mesmos, pois ohomem é a própria natureza. Estamos articulando conhecimento e ações para que o homem tenha conhecimento de que a natureza não está para servir, mas também para ser conservada, em todas as suas formas. Temos que tomar plena consciência e ações, pois sabemos agora que não somos donos dela, mas sim, apenas uma pequena parte do seu todo.
O autor aponta também uma das possíveis atitudes pragmáticaspara o sucesso de ações de sustentabilidade, que seria uma mudança cultural, alterando hábitos e costumes quanto ao consumo e uso dos recursos naturais, alterando o instituído pela globalização, que trouxe um consumismo na maioria das vezes compulsivo, exacerbado e com ele uma falta de consciência ambiental.

O texto é constituído de seis partes, cada uma delas sob a responsabilidade do autorFernando A. S. Fernandez traduzindo para o texto sua experiência e fundamentação sobre Desenvolvimento Sustentável.
Na primeira parte o autor mostra através de uma abordagem pré-histórica que no período Pleistoceno-holoceno a extinção de grandes animais ocorreu no período de 50 mil a 500 anos atrás e esclarece por meio de fatos históricos que a extinção da mega fauna aconteceu por causa daintervenção do homem por meio da caça predatória e não por fenômenos naturais.
Na segunda parte o assunto em questão são as imagens de satélites, indaga se elas são ou não verdadeiras e se realmente conseguem visualizar a floresta. Os satélites são responsáveis pelas informações de queimadas, desmatamentos, áreas, etc. Outro fator importante a questionar sobre os satélites e a sua falsa interpretação de quenão revelam florestas vazias, ou seja, florestas que não possuem um número suficiente de animais que são responsáveis pela disseminação das sementes e do reflorestamento. Há também casos em que a população tradicional local explora não só a floresta como também os animais e o fazem de forma incorreta e insustentável prejudicando assim o reflorestamento e como conseqüência o que se vê realmentesão exemplares de árvores adultas e sem regeneração.
Na terceira parte é abordado o conceito de Desenvolvimento Sustentável como uma utopia em que muitos acreditam que existam, de fato existe, mas em casos muitos raros. O conceito é assim definido como aumentar o padrão do Primeiro Mundo e levar o Terceiro Mundo para o mesmo patamar sem comprometer o meio ambiente ecologicamente falando, o que...
tracking img