Apologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4514 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Encontrei um bom resumo da obra socrática:

1- Análise da obra:

- reflexão relativa à posição pacífica de Sócrates perante a morte [58 e] (objectivo de vida do filósofo) – prazer que o filósofo sente ao livrar-se das correntes, sentimento que pressupunha o anterior (a dor) : referência aos contrários, antecipando o tema dos primeiros argumentos a favor da imortalidade da alma

- reflexãoacerca da atitude do homem perante a morte, que progride para uma fundamentação metafísica da imortalidade da alma

- legitimidade ou não do suicídio : proibição de atentar contra a própria vida [61 d] – Sócrates demonstra que aos que consideram a morte um bem superior à vida, é-lhes interdito obterem a morte pelas suas próprias mãos – cada ser humano pertence aos deuses, logo o suicídio éconsiderado um acto ímpio, já que não foi o Homem que deu a vida a si mesmo (justifica a suposta contradição entre a proibição de atentar contra a vida e o desprendimento de Sócrates perante a morte); a fuga à vida não permite a libertação, apesar de ser o desejo de morte que anima o filósofo

- corpo como prisão da alma, esta só se liberta desta prisão pelo cumprimento da vida terrena, de forma agarantir à alma o mérito de não incarnar de novo – direito à imortalidade

- Cebes conclui que viver é preferível a morrer e que o desejo de Sócrates é irracional

Sócrates justifica-se ao dizer que a morte levaria a alma à presença dos deuses e dos grandes homens que permanecem junto dos deuses, por terem vivido virtuosamente; o filósofo exercita-se durante toda a vida para morrer – procuram oaperfeiçoamento espiritual, pela aprendizagem da libertação dos sentidos e dos elementos corpóreos---- » perspectiva ética

- perspectiva ética na pedagogia socrática (o filósofo rejeita todas as coisas do
corpo/conhecimento é um empreendimento moral/poder da alma, de se elevar até ao Bem)

“ o verdadeiro alvo do filósofo (...) se resume: um treino de morrer e estar morto “ [64]
9 maiAnônimo
- Analisa o que é a morte e o que significa esta morte – aceitação da morte como separação da alma e do
corpo;

- O filósofo não se entrega aos prazeres do corpo, concentra a alma em si mesma, treinando-a para ficar isolada e liberta da influência do corpo; mantém uma austeridade que o faz dispensar tudo o que for possível; os seus interesses nada têm a ver com o corpo; concentra a suaatenção no aperfeiçoamento da alma --- só se atinge a verdade pelo raciocínio, não há verdade no conhecimento dos sentidos --- » corpo é fonte de erro [66e]

- Filosofar é desligar dos impulsos e das solicitações do corpo e dos sentidos (repúdio das coisas terrenas), logo, visto que o filósofo privilegia unicamente a alma, o seu desejo de morrer é lícito, correspondendo este desejo de morte aodesejo de vida, no Mundo das Ideias, para ter acesso ao conhecimento e saber divinos; morrer, assim, é a aspiração máxima da alma, que assim conquista a sua libertação e se torna verdadeiramente capaz da máxima sabedoria

- É necessário demonstrar que a alma, no momento da separação do corpo (morte), não é distribuída e subsiste
imortalmente---- » o diálogo prossegue, centrando-se numa discussãofilosófica
9 mai

Anônimo
ARGUMENTOS A FAVOR DA IMORTALIDADE DA ALMA
- Cebes coloca dupla questão:

- se a alma subsiste ao corpo;

- se, subsistindo, existe separadamente, se é realmente em si mesma e conserva a sua actividade e não é apenas algo como uma sombra ou imagem, sem capacidades cognoscentes

- Sócrates inicia a demonstração da imortalidade da alma:

1º ARGUMENTO

-argumento da alternância dos opostos [70c a 72e]

- Demonstra que a alma existe para além da morte, mas não prova a imortalidade da alma .

- Se a morte nasce da vida, a vida nasce da morte, sendo este processo recíproco e circular

- Duas premissas precedem o argumento:

- os contrários devêm sempre do seu contrário

- todos os processos de devir comportam reciprocidade e circularidade...
tracking img