Apologia de socrates

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1796 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Introdução
O presente trabalho debruça-se da Apologia de Sócrates. No qual apresenta a sua defesa no tribunal perante aos juízes e atenienses. Este livro, foi escrito por Platão com o objectivo de apresentar a defesa de Sócrates perante o tribunal que o acusava de vários crimes de entre os quais destacam-se: corromper a juventude e de não acreditar nos deuses da cidade e de estar aintroduzir seus deuses.
O livro está dividido em 03 partes, sendo a primeira a mais longa que apresenta o discurso de Sócrates perante o tribunal e as duas últimas partes tratam da consolação de Sócrates em relação aos seus seguidores, bem como uma analogia entre a vida e morte.

1. Acusações
No seu discurso de auto-defesa Sócrates começa por anunciar a existência de calúnias dirigidas a ele, asquais viam a ele como sendo uma pessoa perigosa com capacidades de enganar aos seus concidadãos com habilidade e capacidade de bem falar. Qualidade esta que Sócrates associa como sendo real apesar de que ele não faz como o fazem os sofistas.
Para Sócrates existem dois grupos de acusadores principais:
* O grupo dos primeiros acusadores constituído por pessoas que caluniavam a respeito do seunome e do trabalho que ele fazia em Atenas. Estes diziam que Sócrates ocupava-se do estudo das coisas celestiais bem como as que ocorriam debaixo da terra e com agravante de ele poder prevalecer a má coisa sobre a boa;
* O segundo grupo de acusadores é encabeçado po Meleto e apresenta outros dois acusadores sendo Ânito e Lícon. Este grupo é o que fez com que as acusações fossem levadas aotribunal perante o qual se desenvolve esta Apologia de Sócrates.
De acordo com as regras do tribunal dos Heliastas, o julgamento iniciava com o discurso do acusador e dos co-acusadores.
Sócrates refere que os juízes tinham sido induzidos e que os seus acusadores terão proferido muitas mentiras. Segundo a própria obras as verdadeiras acusações que terão levado Sócrates ao tribunal constituem casode polémica entre os historiadores da Filosofia.
Segundo Xenofonte (Apologia, 29) Sócrates incitou o filho de Ânito a desistir dos negócios do pai, e que este teria se vingado acusando Sócrates de corromper a juventude, a outra acusação é que Sócrates desprezaria as instituições democráticas pensando-se desta forma que este julgamento seria político.
Actualmente pensa-se que a morte deSócrates teve mais ligada com a prática filosófica dele, que desafiava a crença generalizada na capacidade individual do cidadão para o desempenho das funções públicas, bem como reflectia acerca da família, religião e educação em Atenas, e não inclinando-se estritamente na política.
Segundo Cabral Pinto Sócrates (...) luta contra o dogmatismo do senso comum.
Segundo Platão citado por Luís Martins éimportante perceber as seguintes razões seguinte:
* Sócrates foi condenado por desprezar o dinheiro e conforto;
* Por sofrer êxtases místicos temporários;
* Por criticar o que os outros pensam estar certo, de modo que haja justiça na vida política da cidade;
* Por declarar diante de muitos a falta de solidez da sabedoria dos que se afirmavam serem sábios;
* Por mostrar aos jovenscaminhos diferentes em relação aos que foram dados pelas suas famílias;
* Por forçar outros a reflectir em relação aos fundamentos das suas acções morais.
Estes são os motivos apontados por Meleto, Ânito e Lícon que levaram para que Sócrates fosse levado ao tribunal e que as acusações fossem aceites pela maioria dos juízes.
Sócrates sugeriu a sua própria pena, mais de 80 juízes que naprimeira votação tinham votado a favor da sua absolvição, concentraram o seu voto aos 280 que tinham votado pela culpabilidade dele. O número total das votações foi: 140 votos a favor da absolvição e 360 votos a favor da condenação à morte de Sócrates.

Iª Parte
Sócrates refere que os seus acusadores são imprudentes, dizem que ele fala bem mas não como eles fazem. Quer com isto Sócrates referir...
tracking img