Antoni gaudi

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1562 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ANTONI PLACID GAUDÍ
PARC GUELL

Antoni Gaudí - Período histórico no qual desenvolveu a sua obra, tendo em conta a conjuntura social cultural e política.

“Foi na Catalunha onde se rompeu o marasmo artístico, e ele não aconteceu casualmente. Essa ruptura, que recebeu o nome de Modernismo, está ligada ao novo ambiente social e cultural criado pela evolução econômica, os problemas políticos eregionais. (...) um movimento cultural que não se limitava às artes plásticas tradicionais, mas que se estendia também às chamadas artes decorativas, (...) que estava ligado a ideias sociais e filosóficas concretas e que ofereceu, dentro de uma base comum, diversidade de facetas e matizes.” (BOZAL, Valeriano. p. 21)Fotografia de Antoni Gaudí

Barcelona, era a única cidade espanhola, que no fim do século XIX, vivenciou um período de grande desenvolvimento económico e na qual havia um princípio de desenvolvimento industrial. Essa situação favoreceu a geração de uma grande quantidade de pessoas que migraram para a cidade em busca de trabalho e também possibilitou a formação de uma burguesia dinâmica, ligada àindústria e ao comércio, que procurava manifestar a sua diferença em relação àquela burguesia central alienada pela tradição. A oposição ao centralismo espanhol deu-se também com o “Renaixença”, um movimento catalão que reivindicava a sua autonomia política. Esses factores económicos, sociais, políticos e culturais permitiram então o advento do Modernismo na Catalunha.

Nesse contexto nasceu AntoniGaudí, um dos grandes nomes do movimento moderno da Catalunha. Formou-se em arquitectura em 1878, e desde cedo procurou conhecimento na história de sua região. A sua construção regional também foi influência de Viollet-le-Duc, o qual defendia o uso de elementos construtivos do estilo nacional como decorrentes dos princípios do racionalismo estrutural.

Durante a Idade Média, Barcelona era umcondado independente com legislação e língua própria. Nos tempos modernos, a região perdia cada vez mais a sua independência. No início do século XIX, foi mesmo proibido o uso da língua catalã nas escolas. A descoberta do gótico, nas últimas décadas do século XIX, era mais do que uma preocupação artística para os catalães: transformou-se num sinal político. Também Gaudí se juntou ao movimentonacionalista. Gaudí fez-se membro do Centre Excursionista, um grupo de jovens que fazia peregrinações aos locais históricos do passado glorioso. Foi nessas excursões que alargou os seus conhecimentos sobre as grandes construções da sua terra natal. Nestas incluíam-se, além das grandes catedrais góticas, principalmente as construções dos Mouros, testemunhos do passado árabe na Espanha. Além deViollet-le-Duc, Gaudí abraçava também as influências de Ruskin. “O ornamento é a origem da arquitetura”, assim proclamava Ruskin em 1853. Três décadas mais tarde, seria Gaudí quem, de maneira semelhante, iria defender o ornamento, com todo o fervor que o caracterizava.
As suas obras começadas após 1900 demonstram mais as características da Art Nouveau, com formas assimétricas, curvas, derivadas da natureza,de produção única. Porém, as suas primeiras obras estão mais ligadas ao gótico.

Cidade de Barcelona

“Situar Gaudí no Art Nouveau é relativamente fácil, se nos limitarmos ao seu trabalho posterior a 1903. Mas três anos antes ele iniciou o Parque Güell e cinco anos antes a Capela de Santa Coloma de Cervelló. Na capela não há linhas onduladas; tudo é agudo, anguloso e agressivo (...) Seprocurarmos fazer comparações, devemos nos lembrar mais do expressionismo alemão dos anos 20 – nos sonhos fantásticos do Doutor Caligari – do que da Art Nouveau.” (PEVSNER, Nikolaus. p. 104)

Antoni Gaudí - estilo, escola ou movimento; tendências artísticas e arquitectónicas mais relevantes; linhas de continuidade ou de ruptura na produção arquitectónica.

O Mourisco
O estilo de Gaudí atravessou...
tracking img