Antibiograma

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1023 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLOGICA DE MINAS GERAIS

Departamento de Química – Curso de Bacharelado em Química Tecnológica

Disciplina: Laboratório de Instrumentação em Microbiologia


Relatório de aula pratica





Antibiograma



INTRODUÇÃO:

No século XX na Alemanha, Paul Ehrlich tentava corar bactérias sem que o tecido ao seu redor também se ficasse corado, foi quandoespeculou sobre uma “bala mágica” que pudesse destruir apenas organismos patogênicos sem danificar os tecidos do hospedeiro, tendo essa idéia como base para a quimioterapia.

Alexander Fleming em 1928 verificou se o crescimento de Staphylococus aurus era inibido na presença de fungo que tinha contaminado a placa de Petri. Mais tarde o componente ativo desse fungo (Penicillium notatum) foiisolado e denominado penicilina. A reação inibitória citada e outras similares são observadas em microbiologia e o mecanismo é conhecido como antibiose.

Existem testes para orientar a quimioterapia parecida com o experimento de Alexander Fleming. O mais usado é o método de disco-difusão, também conhecido como teste Kirby-Bauer, discos de papel filtro impregnados com concentrações conhecidas deagentes quimioterapêuticos são colocados na superfície do Agar sólido que foi inoculado uniformemente com o organismo teste. Os agentes difundem-se dos discos para o meio de cultura formando zonas de inibição, a partir do diâmetro dessa zona comparado com uma tabela padrão para a droga e a concentração, o organismo é identificado como sensível intermediário ou resistente.

Antibiograma e o ensaioque mede a suscebilidade e resistência de uma bactéria a um ou mais agentes antimicrobianos. Seu objetivo é tanto a análise do espectro desensibilidade e resistência a drogas de uma bactéria quanto a determinação da concentração mínima de inibitora. O teste realizado sobre meio de cultura sólido, em placas de Petri,o Agar utilizado é Mueller Hinton é rico em proteínas e caboidratos que fornece osubstrato ideal para desenvolvimento de cepas bacterianos de interesse clinico. Em seguida são adicionados discos de papel filtro contendo diferentes antibióticos a fim de descobrir se a bactéria é resistente ou sensível aos mesmos.
O antibiograma deve ser padronizado quanto a: definição do tamanho (diâmetro) do halo para cada antibiótico; meio de cultura, devido às diferenças no potencial dedifusão no meio; quantidade e metodologia para o espalhamento da suspensão bacteriana teste sobre a placa.
O antibiograma é indicado sempre que o microorganismo causador da infecção não tenha um comportamento definido em relação a determinadas drogas, com o objetivo de determinar a concentração inibitória mínima do antibiótico a ser testado, diante de uma bactéria.
Os principais pontos de açãode ação dos antibióticos são inibição da síntese de peptideoglicano da parede celular bacteriana, lesão citoplasmática interferência na síntese de acido nucléico e proteínas.
Os antibióticos podem ser bactericidas “matam” ou bacteriostáticos “são aqueles que impedem a reprodução bacteriana ou cessam o seu metabolismo parcialmente sem matar o microrganismo.”.



REFERÊNCIA:

TORTORA, G.J.;FUNKE, B.R.; CASE, C.L.; Microbiologia. 8ªEd. Porto Alegre, 2005.



OBJETIVO:


Avaliar o perfil de suscetibilidade de E.coli e S. aureus a drogas antimicrobianas e detectar a presença de mutantes resistentes aos antimicrobianos utilizados.


MATERIAL:

➢ Culturas de E.coli e S.aureus em caldo nutriente, previamente incubada a 37°C por 24 horas.
➢ Discos de antimicrobianos.➢ Placas de Agar Muller-Hilton.
➢ Swabs estéreis.
➢ Pinças.


Preenchimento da ficha informativa de reagentes (Tabela1):

Tabela1- Ficha informativa de reagentes
|Nome dos Meios de |Constituintes |Fórmula Química|Descrição |Riscos á |Manuseio |Estocagem |Referencias |
|Cultura | |...
tracking img