Anemia falciforme

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3061 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
BACHARELADO EM ENFERMAGEM









Flávia Núbia de Sousa Lobo, Kátia Mª. Gonçalves da Silva,
Michelline de Souza Leite, Thiago Mares, Wellington Camilo









ANEMIA FALCIFORME














Nome do preceptor: Anamara

Local onde foi realizado o estudo: Hospital Regional de Samambaia-HRSAM (Pronto-Socorro)








Taguatinga Sul – DF


SET/20121. INTRODUÇÃO




Descrita por Herrick em 1910, a anemia falciforme é originária da África vindo para a América através do comércio de escravos, disseminando-se heterogeneamente pelo Brasil até metade do século XIX, sendo hoje a doença hereditária mais comum em nosso país (PERIN, 2002).

A anemia falciforme é uma anemia hemolítica grave, resultante de fatores genéticos, no que dizrespeito ao gene da hemoglobina, que resulta da substituição do ácido glutâmico por uma valina na posição 6 da cadeia beta da hemoglobina, e com subsequente modificações físico-químicas na molécula, ocorre a transformação da hemoglobina normal, denominada hemoglobina A (HbA) em uma hemoglobina anormal, denominada hemoglobina S (HbS), caracterizada pela presença de eritrócitos em forma de foice e pelahemólise acelerada (AQUINO; PASSOS, 2008).


A manifestação clinica da doença apresenta grande variabilidade, ocorre a partir do primeiro ano de vida, e se estende durante toda a vida. As hemácias falciformes são menos flexíveis que as hemácias normais. As manifestações clínicas mais frequentes incluem crises dolorosas vaso-oclusivas, síndrome torácica aguda e infecções bacterianas que levam ainternações hospitalares e morte (LOUREIRO; ROZENFELD, 2005).

As manifestações clínicas que nos pacientes falcêmicos apresentarão no decorrer da vida terminam por lesar progressivamente os diversos tecidos e órgãos, assim o acompanhamento ambulatorial visa avaliar periodicamente os diversos órgãos e sistemas, a fim de que precocemente sejam detectadas alterações, devendo ser ressaltado juntoao paciente e seus familiares sobre a necessidade da realização dos exames de rotina, uma vez que essas alterações podem se instalar de modo insidioso, sem expressão clínica exuberante (BRAGA, 2007).












2. Justificativa


O presente estudo contribui para a uma maior compreensão a respeito da anemia falciforme, manifestações clínicas, tratamento e perspectivas,evidenciando questões relacionadas à assistência dos cuidados de enfermagem intra-hospitalar.



3. Objetivos


Objetivo Geral
• Adquirir e aprofundar conhecimento sobre o tratamento da Anemia Falciforme.


Objetivos Específicos




• Avaliar e identificar as condições de saúde com a realização de exame físico.




• Identificar os métodosutilizados no tratamento e prevenção, conforme o bem como a assistência de enfermagem voltada à pacientes com tal diagnóstico.




4. Metodologia

Para construção do presente estudo de caso foi realizada uma pesquisa bibliográfica, em artigos em base de dados da BVS (Biblioteca Virtual em Saúde), pesquisa em livros e também utilizado o prontuário eletrônico da Secretaria de Saúde, noHospital Regional de Samambaia, onde foram colhidos dados que facilitaram não só a realização do exame físico bem como a assistência de enfermagem relacionada à patologia do mesmo.
5. Sistematização da Assistência de Enfermagem – (SAE)






1. História

Paciente internado há 26 dias no pronto socorro do Hospital Regional da Samambaia refere ser portador de Anemia Falciforme desde suainfância, com relato de crises intensas no ultimo ano, há trinta dias apresentou quadro fraqueza e dor nos ombros e estomago. Procurou a U.P.A (Unidade de pronto atendimento) da samambaia onde ficou internado e transferido para a unidade de clínica médica do hospital regional da samambaia, com dois dias foi diagnóstico com pneumotórax, e instalado dreno de tórax que ficou com o paciente por 4 dias,...
tracking img