Anderson gomes ferraz nunes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 79 (19561 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO TEOLÓGICO GAMALIEL

CURSO BACHAREL EM TEOLOGIA

Matéria: MÉTODOS DE ESTUDOS BÍBLICOS

INTRODUÇÃO

Poucas observações bastariam para ressaltar nosso dever como estudantes de
teologia do estudo diário das Escrituras. Note que é um dever e não uma opção,
considerando que este era o proceder de Nosso Mestre, da Antiga Comunidade e dos
próprios escritores bíblicos. O queconhecemos da Revelação de Deus está na forma
de um Livro que necessita ser estudado para poder obter dele uma plena, absoluta e
segura compreensão dessa revelação. Este estudo pressupõe, ou parte do
pressuposto que o futuro pastor (ou líder de Comunidade Evangélica) é e será um
estudioso das Escrituras, por essa razão este estudo dará uma orientação
metodológica para que esse estudo sejaeficaz.

Todos os que se aproximam das Escrituras, utilizamise de um método de estudo
da mesma, consciente ou inconscientemente. Não há problema em ter um método
de estudo das Escrituras, desde que esse método seja válido e nos conduza a
resultados verdadeiros. É necessário verificar se o método que utilizamos para
estudar as Escrituras é bom. Mesmo aqueles grupos que afirmam nãoestudar a
Bíblia, têm seu modo especial de basear nela os seus pensamentos. Outros, mas
conscientesda necessidade de estudo, utilizamise de Comentários, Dicionários
Bíblicos, livros de estudo dirigido e outras obras, para obter compreensão do texto
bíblico. Ouvir palestras, aulas, “garimpar” estudos na Internet, comprar muitos livros
e assistir a pregações é para a maior parte das pessoas oúnico método de estudar as
Escrituras que conhecem. Uma pergunta aqui é oportuna: Por que devo estudar as
Escrituras com um método específico? Uma infinidade de pessoas já não fez estudos
que estão em bons livros, enciclopédias e dicionários bíblicos? Qual é a razão de
tentar estudar de novo? Como resposta apresentamos quatro boas razões:

Razão 1
.
Não podemos absorver a “teologia” dosque nos rodeiam. Uma leitura
atenta nas Escrituras comprova que esta sempre foi a causa principal do desvio da fé
do povo de Israel, ele absorveu os conceitos e costumes dos povos vizinhos, apesar
das claras advertências que lhe foram dadas. “Modismos” criam teologias e
tendências doutrinárias que, por se tornarem populares, agradam a multidões de
pessoas despreocupadas com o estudosério e a comprovação acurada da verdade. O
que chamamos de “modas” teológicas não é necessariamente sinônimo de sucesso
espiritual correto, pois, esse sucesso na maioria das vezes está fundamentado numa
mentira.

Usando um método correto
Primeira razão para o estudo das
Escrituras: Não podemos absorver a
“teologia” dos que nos rodeiam.
Vejamos como exemplo: as multidões seguiramaqueles homens que se
revelaram contra Moisés no deserto, o bezerro de ouro teve sucesso como atrativo
visível para uma nova fé, nesse momento o povo de Deus criou uma nova “teologia”.
Era a moda do momento cantar e dançar em volta do novo ídolo que brilhava sob os
raios do sol matinal. Era contagiante a alegria desse povo, eles pareciam tão felizes!
Josué pensou até que eram gritos debatalha. Porém, não havia nada de verdade, era
a alegria e o entusiasmo momentâneo de uma falsidade religiosa nova e atraente,
uma falsidade cheia de dança e euforia. Condenável condição do povo! Triste desvio
da fé! Tudo era vão e ilusório (Leia atentamente: Êxodo 32:4i7 e versos 17i19). Na
sua misericórdia, porém, O Eterno corrigiu o povo, com severidade, é certo, mas
deveriam aprender umadura lição, uma amarga experiência que ficaria marcada para
gerações futuras. Examinemos a fé à luz da razão e da revelação que foi dada.
Examinemos pelas próprias Escrituras toda nova tendência, todo modismo e teologia
nova. Sejamos, especialmente como futuros líderes, de uma fé madura suficiente
para poder discernir o certo do errado. Com certeza o Pai Celestial se agrada de...
tracking img