Anatomia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1284 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Nutrição do Lactente
Profª. Synara Lopes



Durante a gestação:
◦ Peso pré-gravídico ◦ Ganho de peso durante

Determinantes do Peso ao Nascer



Após o nascimento
◦ O crescimento de um lactente é influenciado pela genética e pela Nutrição.

Aleitamento Materno exclusivo até os 6 meses

Nutrição do Lactente



Classificação quanto à IG (OMS):
◦ RN Pré-Termo: < 37 sem
◦RN a Termo: 37 – 42 Sem ◦ RN Pós-Termo: > 42 Sem



Classificação quanto ao Peso de Nascimento (OMS)
◦ Baixo Peso: < 2500 g ◦ Muito Baixo Peso < 1500 g ◦ Extremo Baixo Peso < 1000 g e < 28 sem

Nutrição do Lactente



Classificação quanto ao Percentil (OMS):
◦ Adequado para IG (AIG): entre P10 e P90
◦ Grande para IG (GIG): > P90 ◦ Pequeno para IG (PIG): < P10



Classificaçãoquanto à Prematuridade (Usher):
◦ Prematuro limítrofe: RN IG 35 – 37 sem / peso > 2500g

◦ Moderadamente prematuro: RN IG 31 – 35 sem/1501 – 2500 g
◦ Prematuro extremo: RN IG 24 – 31 sem / < 1500 g

Nutrição do Lactente

Adequado suporte nutricional

Função placentária intacta
Ausência de fatores que retardem o crescimento DMG ,HAS, infecções intra-uterinas, uso de drogas,medicamentos e tabagismo, etc.

Nutrição do Lactente

Deglutição (líquido amniótico) – 18 sem Sucção – 18 a 24 sem
Coordenação sucção/deglutição – 18 a 24 sem

Completa competência do esfíncter esofagiano inferior – meses após o parto
Secreção pancreática 1ª detecção – 16 sem Maturação – 2 anos

Motilidade intestinal Contrações desorganizadas – < 31 sem Contrações organizadas – 31 a 34 semEnzimas mucosas Lactase e Glicoamilase detectáveis –10sem Lactase maduras – 35 a 40 sem Glicoamilase maduras - < 20 sem

Nutrição do Lactente

Questão fundamental em saúde infantil e coletiva, sendo mais do que uma forma de alimentação do RN, mas um direito ético e biologicamente inquestionável, ao alcance da espécie humana.

Nutrição do Lactente

Influências socioculturais reduzindouniversalmente o AM partir do século XX

Amparo e assistência à mulher que amamenta

Desde a década de 70 há uma tentativa de resgate à “cultura da amamentação”

Necessidades reais de complementação ou suspensão do AM, caso se apresentem.

Nutrição do Lactente

Vantagens econômicas

Vantagens para a mulher

Melhor desenvolvimento neuropsicomotor e cognitivo da criança

Redução damortalidade e gravidade de doenças como diarréia, pneumonia, otite aguda e outras infecções neonatais, enterocolite em prematuros, DM1, doença de Crohn, retocolite ulcerativa, linfomas, doenças alérgicas e outras doenças do TGI

Nutrição do Lactente

Características Nutricionais
Teor de PTN relativamente baixo, adequado ao crescimento 40% de caseína e 60% de PTN do soro (lactoalbumina), facilidade dedigestão, redução de tempo de esvaziamento gástrico, aporte de aa essenciais Maior teor de lipídios. AG essenciais, lipases

Baixas taxas de minerais (gera menor carga osmótica e menor trabalho renal)

Nutrição do Lactente

Características Nutricionais
Relação Ca:P (2:1) favorável à absorção 75% do Cálcio biodisponível Maior disponibilidade de Zn (41%) versus 31% em fórmulas infantis e14% no leite de soja Baixas concentrações de Fe, muito biodisponível (49 a 50%) Teor adequado de vitaminas (exceto quando pasteurizado)

Nutrição do Lactente

Características Imunológicas
Propriedades antimicrobianas, antiinflamatórias e imunomoduladoras Anticorpos maternos que passam para o filho através do leite Lisozima, lactoferrina, Il6, fator de agregação plaquetária, fator decrescimento epitelial, fatores citoprotetores, TNF, prolactina, etc.

Nutrição do Lactente

Nutrição do Lactente

Qual a alimentação ideal para um RNPT ?

Deve ser aquela que garante o crescimento semelhante ao intra-útero, contudo sem acarretar estresse metabólico e sobrecarga das funções excretoras.

Nutrição do Lactente

Grande necessidade nutricional Imaturidade fisiológica Pouca...
tracking img