Analise

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1926 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE Tecnológica FEDERAL do Paraná
CAMPUS APUCARANA
gerencia de ensino e pesquisa
curso superior de TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS
gerenciamento e tratamento de resíduos sólidos

SHARISE BEATRIZ ROBERTO
STÉPHANIE BERTOLI GOUVEIA
LIRIA DENIZE ZACARIAS
VANESSA ROCHA DE SOUZA
PRISCYLLA FERNANDA DA TRINDADE

ELABORAÇÃO DO PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS PARA AMETALÚRGICA PARANÁ LTDA

APUCARANA
2012

SHARISE BEATRIZ ROBERTO
STÉPHANIE BERTOLI GOUVEIA
LIRIA DENIZE ZACARIAS
VANESSA ROCHA DE SOUZA
PRISCYLLA FERNANDA DA TRINDADE

ELABORAÇÃO DO PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS PARA A METALÚRGICA PARANÁ LTDA

Trabalho apresentado como requisito parcial à aprovação na unidade curricular de Gerenciamento e Tratamento de resíduos sólidos, do CursoSuperior de Tecnologia em Processos Químicos, da Gerência de Ensino e Pesquisa, do Campus Apucarana, da UTFPR.

APUCARANA
2012

INTRODUÇÃO
Para que um resíduo sólido seja disposto adequadamente, é necessário classificá-lo segundo as Normas Técnicas Brasileiras, cuja principal é a NBR 10.004. Classificação de resíduos (ABNT, 1987c) classifica os resíduos em três classes: classe I - perigosos;classe II - não-inertes; classe III - inertes. Essa classificação baseia-se na presença de certas substâncias perigosas, relacionadas na norma, e em testes laboratoriais complementares, nos quais vários parâmetros químicos são analisados nos extratos lixiviados e solubilizados dos resíduos.
Apesar de a NBR 10.004 ser baseada em procedimentos americanos, relacionados no Codeof FederalRegistry -Title 40 (CFR 40) - ProtectionofEnvironment (USA, 1994), a classificação dos resíduos sólidos em três classes é peculiar à norma brasileira, pois o CFR 40 orienta para a classificação dos resíduos apenas em perigosos e não-perigosos, sem mencionar o teste de solubilização dos resíduos, que é o principal responsável pela classificação dos resíduos não-inertes e inertes segundo a norma brasileira.
Oprocesso produtivo, na grande maioria das vezes, tem como conseqüência a geração de resíduos que precisam de tratamento e destino adequados, uma vez que diversas substâncias bastante comuns nos resíduos industriais são tóxicas e algumas têm a capacidade de bioacumulação nos seres vivos, podendo entrar na cadeia alimentar e chegar até o homem. ¹
Um plano de gerenciamento de resíduos sólidosrefere-se a várias técnicas, envolvendo fatores operacionais, administrativos, econômicos e ambientais (LIMA, 2001). Segundo o mesmo autor, para a elaboração de um gerenciamento de resíduos sólidos, devem constar as seguintes etapas: prevenção, redução, segregação, reutilização, acondicionamento, coleta, transporte, tratamento e disposição final.
Com o intuito de atender a legislação ambiental, seráproporcionado o destino correto dos resíduos gerados na empresa Metalúrgica Paraná Ltda, através da elaboração de um Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos – PGRS, pelo meio de caracterização, identificação dos resíduos gerados, classificação e o destino final dos resíduos de maneira adequada.
As grandes totalidades dos resíduos gerados na empresa em questão são: a escória, rejeito liberado nafusão do metal, a areia de fundição, resíduo descartado do recuperador mecânico e o cavaco, resíduo gerado no processo de usinagem das peças, que são reaproveitados no processo industrial. ²

OBJETIVO
Propor um Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos – PGRS para a empresa Metalúrgica Paraná Ltda, do ramo automotivo e metal – mecânica.

Profissionais responsáveis pelo plano degerenciamento de resíduos sólidos.

Nome: LíriaDenize Zacarias
CRQ: XXXXX
RG: XXX CPF:XXX
Endereço: XXXXXXXX
Telefone: XXXXXXXX
E-mail: XXXXXXXXX

Nome: Vanessa Rocha
CRQ: XXXXX
RG: XXX CPF:XXX
Endereço: XXXXXXXX
Telefone: XXXXXXXX
E-mail: XXXXXXXX

Nome: Priscylla Fernanda
CRQ: XXXXX
RG: XXX CPF:XXX
Endereço: XXXXXXXX
Telefone:...
tracking img