Analise microbiologica da agua tratada de parauapebas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4667 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
_____________________________________________________ QUALIDADE MICROBIOLÓGICA DA ÁGUA DOS BEBEDOUROS DE UM CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE IPATINGA, MINAS GERAIS

MICROBIOLOGICAL QUALITY OF WATER DRINKING FOUNTAINS OF A UNIVERSITY CAMPUS IN IPATINGA, MINAS GERAIS

DÉBORA ALMEIDA BARBOSA Graduada em Nutrição pelo Centro Universitário do Leste de Minas Gerais – Unileste-MG E-mail: debora_abr@hotmail.comMIRELLE MAFRA LAGE Graduada em Nutrição pelo Centro Universitário do Leste de Minas Gerais – Unileste-MG E-mail: mirellelage@gmail.com ANDRÉA CÁTIA LEAL BADARÓ Docente dos cursos de Farmácia e Nutrição do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais – Unileste-MG E-mail: andrea_badaro@hotmail.com

RESUMO A água é um elemento essencial ao ser humano, mas pode trazer riscos à saúde se for de máqualidade. Com o objetivo de monitorar a qualidade microbiológica da água de consumo dos bebedouros de um campus universitário em Ipatinga, MG, coletou-se 80 amostras de água em 20 bebedouros do campus em 16 semanas. A determinação de bactérias heterotróficas foi realizada através da técnica pour plate e a identificação de coliformes totais e Escherichia coli através da técnica dos tubos múltiplos.Dos 20 bebedouros, 18 apresentaram pelo menos uma coleta com valores > 500 UFC/mL, apenas dois bebedouros atenderam à legislação brasileira nas quatro coletas e a primeira coleta foi a que apresentou maiores contagens de bactérias heterotróficas. O bloco E apresentou mais coletas fora do padrão e o D apresentou menos coletas com valores acima do permitido. A correlação entre a temperatura da água nomomento da coleta e o número de bactérias foi fraca e não se detectou coliformes nas amostras. No geral, a qualidade da água é adequada, o que não descarta a necessidade de um acompanhamento constante da qualidade da água disponível nos bebedouros do campus. Palavras-chave: qualidade microbiológica, água, bactérias heterotróficas, coliformes totais e fecais.

ABSTRACT Water is an essentialelement to humans, but can bring risks to health if it is of poor quality. Aiming to monitor the microbiological quality of drinking water for the consumption of a university campus in Ipatinga, Minas Gerais, the study was conducted in the 20-campus drinking, totaling the end of 16 weeks, 80 water samples. The determination of heterotrophic bacteria was carried out by the pour plate technique andidentification of total coliform and E. coli by the technique of multiple tube. Of the 20 water fountains, 18 had at least one
_________________________________________________________________________________ NUTRIR GERAIS – Revista Digital de Nutrição, Ipatinga, v. 3, n. 5, p. 505-517, ago./dez. 2009.

_____________________________________________________ collection with values > 500 CFU / mL, onlytwo-drinking comply with Brazilian legislation in the four-collections and the first collection presented the highest counts of heterotrophic bacteria. Block E had collected more off-beat and D, presented collections with less above the allowed values. The correlation between the water temperature at collection and the number of bacteria was weak and did not detect coliform in the samples. Ingeneral, water quality is adequate, which does not rule out the need for a constant monitoring of the quality of drinking water available in the campus. Key words: microbiological quality, water, heterotrophic bacteria, total and fecal coliforms.

INTRODUÇÃO

A água constitui um elemento imprescindível à existência do ser humano e está presente em todos os seguimentos da vida (CARVALHO; RECCO PIMENTEL,2007). É a substância mais ingerida pelo homem, e é também o principal veículo de excreção (KOTTWITZ; GUIMARÃES, 2003). Durante séculos, considerou-se que as fontes de água eram inesgotáveis, porém, o grande crescimento da população mundial, o desenvolvimento industrial e tecnológico, a urbanização e a expansão agrícola comprometem a capacidade de autodepuração das águas. Tais fatores contribuem...
tracking img