Analise da conjuntura socio historica da criação do código de ética do serviço social de 1947.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (465 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
No Brasil Em 16 de setembro de 1946, foi promulgada uma Nova Constituição, Em 16 de setembro de 1946, foi promulgada uma Nova
Constituição, entrando, o país, em regime constitucional. Entretanto, anova Constituição resguardava traços do antigo regime e pouco se diferenciava da de 1934. A Nova Constituição ignorou o problema da terra e, portanto, a necessidade de uma reforma agrária, o quepossibilitou, durante a presidência de Dutra, atos reacionários e anti-democráticos.
Ao mesmo tempo, o Brasil ingressava em uma fase de crescimento industrial, favorecida pela privação do abastecimento,pelo mercado externo, de manufaturas, ampliando, dessa forma, o mercado interno e propiciando, conseqüentemente, a emergência de uma nova burguesia industrial.
Nessa perspectiva, a industrializaçãofoi favorecida com o início da Guerra Fria e sua intensificação ocorreu a partir de 1947. A exacerbação da divisão ideológica do mundo reforçou a opção pela via capitalista. O capitalismo foidefinitivamente coroado, e o socialismo, expurgado.
Desatrelada do seu questionamento à ordem capitalista, tomava um vulto ainda mais assustador quando abordada como combativa ao “direito da Igreja e daFamília”, esteios relevantes da ação profissional na época.
Tais aspectos permitirão um movimento de aproximação dos princípios democráticos, já amplamente enaltecidos no período, como passíveis decompatibilização ao pensamento cristão.
Ferreira registra e explícita essa idéia:

[...] o fundamento da democracia é o mesmo do
Serviço Social – o bem comum. Evidentemente, a
esfera de ação daquela éincomparavelmente mais
ampla que a deste, pois enquanto o Serviço Social
age no interior da sociedade, a ordem democrática
tem a seu cargo a extensão da sociedade por cuja
organização totalresponde. (1946, p. 83)
A saída foi a democracia cristã, eficaz no combate à “atitude
materialista e individualizada (egoísta)” e a “tendência à
descontinuidade”.

Desse modo, o Serviço Social...
tracking img