...An4lise

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4504 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
USP – Universidade de São Paulo
ESCOLA DE ENGENHARIA DE LORENA - EEL

MÉTODOS ELETROANALÍTICOS POTENCIOMETRIA & CONDUTIVIMETRIA
Profª Priscila Benar Aline Débora 04E024 Ivan 06E051 Graziela 05E084 Vivien 02E072

1 – SUMÁRIO
O experimento teve como objetivo a determinação da concentração real da solução do Ácido Clorídrico e do Ácido Acetilsalicílico através dos métodos potenciométricos econdutivimétricos

2 – INTRODUÇÃO 2.1 - Potenciometria
Na titulação potenciométrica, mede-se a f.e.m. da célula no curso da titulação. As titulações, como sabemos, são acompanhadas de variações bruscas de concentração nas imediações do ponto de equivalência, o que provoca uma variação brusca no potencial do eletrodo indicador e, portanto, também na f.e.m. da célula. A titulação potenciométricaé uma técnica de localização do ponto final na análise volumétrica. Em geral a curva de titulação, isto é, o gráfico das leituras da f.e.m. versus volume adicionado de titulante tem a mesma forma que a curva de neutralização de um ácido (curva sigmóide). O ponto final está na inflexão da curva. Embora seja possível ter um valor aproximado do ponto final localizando-o a meio caminho do segmentoascendente da curva, quando essa curva tiver muito evidente este segmento, é usualmente preferível empregar métodos analíticos para localizar o ponto final. Nestes métodos se plota a curva da primeira derivada (∆E/∆V X V) ou a curva de segunda derivada (∆2E/AV2 X V). A curva da primeira derivada tem um máximo no ponto de inflexão da curva de titulação, isto é, no ponto final; a curva da 2ª derivada énula no ponto em que o coeficiente angular da curva de ∆E/∆V. Quando a curva de titulação por simétrica em torno do ponto de equivalência, o ponto final, definido pelo máximo ∆E/∆V, é idêntico ao ponto de equivalência estequiométrico verdadeiro. [1]

2.2 - Condutivimetria
Através da condutimetria pode-se medir a condutância elétrica de soluções iônicas. A condução da eletricidade através dassoluções iônicas se dá a custa da migração de íons positivos e negativos com a aplicação de um campo eletrostático. A condutância de uma solução iônica depende do número de íons presentes, bem como das cargas e das mobilidades dos íons. Neste procedimento é medida a condutividade dos íons presentes na solução em condutividade por unidade de concentração.

Segundo a lei de Ohm a corrente I(ampére) que flui num condutor é diretamente proporcional à força eletromotriz aplicada, E (volt), e inversamente proporcional à resistência (ohm) do condutor: I=E/R Na titulação condutimétrica, o aumento ou o decréscimo da condutância são relacionados às variações de concentração das espécies iônicas envolvidas na reação. A partir de uma série de medidas da condutância antes e depois do ponto deequivalência, pode-se verificar o ponto final da titulação como uma descontinuidade na variação da condutância. Este procedimento requer uma célula que possibilite a fácil adição dos incrementos da solução titulante e as sucessivas medidas de condutância. A célula não precisa ser calibrada, bastando que os eletrodos permaneçam em posições fixas durante a operação. A solução padrão é adicionada de umabureta em sucessivos incrementos; após cada um, é feita a medição da condutância. A adição da solução padrão causa um certo efeito de diluição devido ao aumento do volume, e isto será refletido na condutância. Este efeito é diminuído utilizando-se uma solução 10 a 20 vezes mais concentrada do que a solução em estudo, com relação à espécie de interesse; e pode ser corrigido multiplicando a condutânciaachada pelo fator (V+υ)/V, onde V é o volume da solução original e υ o volume total da solução padrão adicionada. Os dados obtidos da titulação são lançados graficamente para se obter uma curva de condutância-volume. Esta curva consiste em dois ramos: o primeiro,ramo de reação, dá a variação da condutância desde o início da titulação até o ponto de equivalência; e o segundo, ramo do reagente,...
tracking img