AMOR DE DEUS E A JUVENTUDE

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4611 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de dezembro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Eu gostaria de começar com a passagem do Evangelho de São Lucas 14,25ss. Diz assim o Evangelho: Grandes multidões caminhavam com Jesus, Ele se voltou e lhes disse: ‘Se alguém vier a mim sem me preferir à seu pai, à sua mãe, à sua mulher, aos seus filhos, aos seus irmãos, às suas irmãs e até à própria vida, não pode ser meu discípulo.
Aquele que não carrega a sua cruz e não vem em meuseguimento, não pode ser meu discípulo. Com efeito, quem entre vós quando quer construir uma torre não começa por se ascentar para calcular a despesa e a avaliar se tem com que ir até o fim? De outro modo, se ele lança os alicerces sem poder terminar, todos os que virem zombaram dele e dirão: ‘Eis um homem que começou a construir e não pode terminar. Ou qual o Rei que parte em guerra contra outro Rei, quenão começa por se ascentar para considerar se é capaz com dez mil homens de enfrentar aquele que marcha contra ele com vinte mil.
Senão, enquanto o outro ainda está longe, ele manda uma delegação e pede para fazer a paz. Do mesmo modo, qualquer um de voz, que não renuncia a tudo que lhe pertence, não pode ser meu discípulo. Sim o sal é uma coisa boa, mas se o próprio sal perder o sabor com quehá de salgar, com que se há de salgar, não presta nem para terra, nem para o esterco, é jogado fora, quem tiver ouvidos para ouvir, ouça’. 

Nós encontramos também em São Lucas e em São Marcos, uma passagem do Evangelho muito similar a esta. Ela diz que havia uma multidão que seguia a Jesus Cristo, essa multidão ouvia Jesus. Um dia, Jesus passou no caminho deles. Esta multidão se acercou de Jesuspor muitos motivos, um dos motivos principais, foi porque eles viram em Jesus a revelação de quem é Deus e de quem é o Pai, uma das grande e mais fortes revelações que Jesus nos trouxe, é a revelação de quem é o Pai.
Muitos de nós temos idéias muito equivocadas de Deus e não era diferente no tempo de Jesus. Não se tinha a idéia de que “Deus é amor”, “Deus é Pai”, não existia este conhecimento. Eà partir de Jesus se vai revelando quem é Deus e quem é o Pai, porque Jesus também vai revelando que tipo de amor é o amor do Pai. Talvez, como naquele tempo, muitos de nós tenhamos idéias equivocadas do que é o amor e a paternidade, do que é o Pai, e de quem é o Pai. Talvez muitos de nós, tenhamos feridas a respeito da paternidade, a respeito do nosso próprio pai, muitos até, talvez alguns, nemconheceram o seu pai, talvez alguns a imagem do pai é uma imagem distante, a imagem do pai é uma imagem que não expressa tanto afeto, tanta ternura, tanto amor.
A imagem do pai é uma imagem as vezes zangada ou cobradora. Mas Jesus nos veio dar uma imagem diferente do Deus que é Pai, porque agente corre exatamente, o risco de transferir a nossa relação com o pai da terra, para o nosso Pai do céue não conseguimos experimentar a profundeza, a imensidão da bondade do Pai por causa dos nossos traumas com nosso pai da terra.
E não que o nosso pai da terra tenha sido ruím, tenha sido mal mas porque ele é um homem e na sua natureza nas suas limitações, como nós, também erra, também tem as suas fragilidades, as suas fraquezas, mas nós como seus filhos muitas vezes somos atingidos, alguns deuma maneira existencial, alguns de uma maneira bastante comprometida, muitos de nós trazemos inseguranças profundas, por causa da educação, da formação que nós tivemos, muitos de nós trazemos inseguranças a respeito do amor do pai da terra, trazemos feridas em relação ao amor do pai da terra e por isso é muito difícil compreender, que Deus é um Pai de amor, de ternura, sobretudo de misericórdia, eJesus vai quebrando estes nossos conceitos errados de amor, de paternidade, de misericórdia, quando nesse mesmo Evangelho de São Lucas, Ele começa a mostrar quem é o Deus que é amor e que tipo de amor é esse Deus, quem é o Deus que é Pai e que tipo de Pai é o nosso Deus e é em uma parábola conhecida por todos, a parábola do Filho Pródigo.
Onde Jesus vai descrevendo que tipo de Pai é Deus, onde...
tracking img