Algum ai

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 61 (15019 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
NORMAS E ROTINAS DE
PROCESSAMENTO
DE ARTIGOS E SUPERFÍCIES
MANUAL PARA A
REDE MUNICIPAL DE SAÚDE DE FLORIANÓPOLIS

2008

Prefeitura Municipal de Florianópolis
Secretaria Municipal de Saúde

MANUAL DE NORMAS E ROTINAS DE PROCESSAMENTO DE ARTIGOS E
SUPERFÍCIES
PARA A REDE MUNICIPAL DE SAÚDE DE FLORIANÓPOLIS

Florianópolis, SC.
2008

F663m

FLORIANÓPOLIS. Secretaria Municipalde Saúde.
Vigilância em Saúde.
Manual de normas e rotinas de processamento de artigos
de superfícies para rede municipal de saúde de Florianópolis /
Coordenado por Antônio Anselmo Granzotto de Campos;
Organizado por Lucila Fernandes More e Suzana Schmidt de
Arruda. Florianópolis: IOESC, 2007.
77 p. il.
1. Desinfecção 2. Esterilização 3. Resíduos de serviços
de saúde 4. Saúde do trabalhador5. limpeza I.Título II.
CAMPOS, Antônio Anselmo Granzotto de III. MORE,
Lucila Fernandes IV. ARRUDA, Suzana Schmidt de
CDU : 616-083
CDD : 363.72
Bibliotecária Responsável: Ivete Marisa Blatt - CRB 14/062
SES - Hospital Nereu Ramos - Centro de Estudos

MANUAL DE NORMAS E ROTINAS

0

Prefeitura Municipal de Florianópolis
Secretaria Municipal de Saúde

Prefeito Municipal
DárioElias Berger

Secretário Municipal de Saúde
João José Cândido da Silva

Secretário Adjunto de Saúde
Clécio Antonio Espezim

Assessor Chefe de Vigilância em Saúde
Antonio Anselmo Granzotto de Campos

Assessor em Saúde do Trabalhador
Carlos Renato da Silva Fonseca

MANUAL DE NORMAS E ROTINAS

1

Câmara Técnica Vigilância em Saúde - Setorial CCIH
Antonio Anselmo Granzotto de Campos –Coordenador
Carlos Renato da Silva Fonseca
Lucila Fernandes More
Suzana Schmidt de Arruda
Organizadores
Lucila Fernandes More – Enfermeira da Vigilância em Saúde / CEREST
Suzana Schmidt de Arruda – Enfermeira da Vigilância em Saúde / CEREST
Comitê Técnico de Padronização
Carin Iara Loeffler – Enfermeira da Atenção Básica à Saúde
Claudiniete Maria da C. B. Vasconcelos – Enfermeira CSIngleses
Christiane Brunoni – Enfermeira CS Costa da Lagoa
Eliete Magda Colombeli – Médica do PA Norte da Ilha
Francelise da Fonseca Schneider – Enfermeira Setor Rec. Materiais
Juliana Balbinot. Reis Girondi – Enfermeira da Regional Continente
Júlio Cezar de Almeida Fogliatto - Enfermeiro CS Abraão
Lucila Fernandes More – Enfermeira da Vigilância em Saúde / CEREST
Michelle Carolina Borges –Enfermeira CS Agronômica
Monich Melo Cardoso – Enfermeira da Vigilância em Saúde
Suzana Schmidt de Arruda – Enfermeira da Vigilância em Saúde / CEREST
Tatiana Vieira Fraga – Enfermeira CS Jd. Atlântico

MANUAL DE NORMAS E ROTINAS

2

EDITORIAL

Manual para a Rede Municipal de Saúde de Florianópolis

“Combater as infecções é um problema de extrema complexidade. Os
profissionais de saúdeque trabalham nos Centros de Saúde, nas Policlínicas de
especialidade médicas e nas Unidades de Pronto Atendimento, além de terem o
profundo conhecimento desse problema, devem ser treinados e atualizados
diuturnamente. Esse trabalho é incansável, porque a cada dia, com o uso
indiscriminado e inadequado de antibióticos e de procedimentos na prática da
esterilização e da desinfecção demateriais e de ambiente, aparecem novos
microorganismos resistentes ao atual arsenal usado na anti-sepsia ou na
desinfecção.
Este Manual de Normas e Rotinas permitirá que padronizemos o nosso
conhecimento e a nossa prática no processamento de artigos e de superfícies dentro
das Unidades de Saúde do Município. E por esta razão, é importante salientar que o
Manual não deve ficar nas prateleiras dasUnidades de Saúde e sim ser instrumento
de treinamento e de capacitação contínuos a todos os servidores da Saúde. Cabe
ressaltar ainda que a equipe técnica que elaborou este manual deve estar atenta à
atualização e à introdução de novas tecnologias de combate às infecções”.

João José Candido da Silva
Secretário Municipal de Saúde de Florianópolis

Florianópolis, 15 de setembro de 2008....
tracking img