Administracao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1536 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP
CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
PÓLO DE APOIO PRESENCIAL: 7166 – SÃO PEDRO DO SUL – RS

CURSO: 10725 - ADMINISTRAÇÃO – EAD
DISCIPLINA: CIÊNCIAS SOCIAIS

Nome : ALEXIA POZZOBON RA:381874
Nome: ARIZOLI FLORES SACERDOTE RA:379421
Nome:JÉSSICA SILÉSIA DOS S. RODRIGUÊS RA: 386757
Nome: VANESSA TEIXEIRA DE OLIVEIRA RA: 355073

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

Prof° Me. Olney Bruno da Silveira Junior

São Pedro do Sul, 18 de setembro de 2012.
Introdução:

Todo o ser humano, desde a sua nascença à sua morte, faz parte de uma realidade com a qual se habitua a conviver a realidade social. Daspessoas com quem convivemos habitualmente ao tipo de alimentação que preferimos, do local onde habitamos aos meios de comunicação que usamos e às atividades de lazer que realizamos, do processo de procriação até à expansão da esperança média de vida, etc., tudo faz parte da realidade social. Essa realidade, aparentemente simples para quem nela vive, é, porém, muito complexa e qualquer acontecimento,ou decisão, acaba por ter reflexos na vida das outras pessoas, mesmo daquelas que nem sequer conhecemos ou convivemos regularmente.
As ciências sociais debruçam-se sobre a mesma realidade social ou “fenômeno social” , só que com “olhos” diferentes.
As diversas Ciências Sociais denominam-se de sociais por se debruçarem sobre realidades Sociais ou fenómenos da realidadeSocial. Apesar de cada Ciência focar um determinado fenómeno social, todas elas se baseiam na realidade social. É por isto que não se pode deixar de referir a Complementaridade das Ciências Sociais.
Todas as ciências sociais têm como objetivo uma única realidade social que pode ser estudada mediante variadas abordagens. Tendo em conta este aspecto, cada ciência procurou eleger umconjunto de pressupostos teóricos e instrumentos científicos que delimitem o seu campo de estudo.
Há pois que reconhecer a existência de uma interdependência entre as Ciências Sociais que resulta muitas vezes que avanços numa
determinada disciplina possam ser utilizados noutras disciplinas das ciências sociais. Esta particularidade, durante muitos anos apontada como uma fragilidade dasciências sociais, é hoje apontada como uma mais-valia na medida em que a partilha de conhecimentos interdisciplinares pode ser um importante contributo para a construção do conhecimento humano.

Capitulo 1
Os principais agentes no processo de socialização são: a Família que introduz os primeiros contatos sociais; a escola que proporciona o contato e o convívio com mas pessoas interagindo assimcom mais aspectos estabelecidos dentro da mesma comunidade; organizações, onde ele irá se comunicar com os grupos de status que mudam de acordo com a idade e principalmente os meios de comunicações que com a massificação no acesso a informação possui um poder jamais visto, pois nos mostra todos os modelos, atitudes e comportamentos que irão influenciar para o bem ou mal a atitude dos indivíduosdentro da sociedade.
Todos esses agentes são de fundamental importância para que se forme a personalidade de cada um e como ele irá relacionar.

O Processo de Socialização
Geralmente a família da conta somente do processo básico, deixando a complementação do processo para outras instituições, como escola por exemplo. 
Da família, o individuo recebe uma herançasocial desde o nascimento influencia esta que vai desde o idioma, passa pelas formas de se vestir, hábitos, modos a fim de se interagir com o restante da sociedade.
Depois desses primeiros ensinamentos passados pelo núcleo da sua família, há a integração com outros indivíduos, grupos, comunidades, organizações e etc
Escreva sobre o que significou para o desenvolvimento do conhecimento...
tracking img