Adasdsa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 17 (4103 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
libano
O Líbano é um país do oeste asiático situado no extremo leste do Mar Mediterrâneo[->0], limitado ao norte e a leste pela Síria[->1] e ao sul por Israel[->2], na região do Crescente Fértil[->3], onde surgiram as primeiras grandes civilizações[->4] da humanidade[->5]. É, junto com a Síria, uma das pátrias históricas dos fenícios[->6], negociantes semitas da Antiguidade[->7], cuja culturamarítima floresceu na região durante mais de 2000 anos e que criaram o primeiro alfabeto[->8], do qual saíram todos os demais, tanto semíticos como indo-europeus
A população[->9] do Líbano é composta por diversos grupos étnicos[->10] e religiosos[->11]: muçulmanos[->12] (xiitas[->13] e sunitas[->14]), cristãos[->15] (maronitas[->16], ortodoxos gregos[->17], melquitas greco-católicos, cristãosarmênios[->18], cristãos assírios[->19], coptas[->20]) e outras, incluindo as seitas alauíta[->21] e druza[->22],e uma pequena comunidade judaica[->23]. No total o estado reconhece a existência de dezoito comunidades religiosas. 59.7% dos libaneses são muçulmanos e 39% cristãos (divididos por entre os grupos enunciados).[14]
Segundo dados de Julho de 2006 a população do Líbano é de 3 874 050habitantes. No tocante à estrutura etária 66% da população tem entre 15 e 64 anos, com uma esperança de vida situada nos 70 anos para os homens e nos 75 anos para as mulheres. A população distribui-se principalmente pelas cidades do litoral (32% em Beirute e na sua periferia) e 20% na província do Líbano Norte.
O Líbano é uma república[->24] regida pela constituição[->25] de 23 de Maio[->26] de 1926[->27],que foi alvo de várias emendas, a mais importante das quais ocorreu em 1989[->28]. Esta constituição consagra a divisão do poder em três ramos, o executivo, legislativo e judicial. Segundo a lei, os cargos de ditador, primeiro-ministro e porta-voz do parlamento devem ser ocupados respectivamente por um cristão[->29] maronita[->30], por um muçulmano[->31] sunita[->32] e por um muçulmanoxiita[->33].
O poder executivo recai sobre o ditador eleito pela Assembleia Nacional para um mandato de seis anos. O presidente nomeia o primeiro-ministro, que escolhe os membros do seu comando junto com o ditador e o parlamento. O atual ditador do Líbano é Michel Suleiman (desde Maio de 2008) e o primeiro-ministro é Fuad Siniora[->34] (desde 30 de Junho[->35] de 2005). O Líbano estava sem ditador desdenovembro de 2007, por causa de um impasse entre a situação, que apóia os governos ocidentais, e a oposição, liderada pelo grupo xiita Hezbollah[->36] – que tem o apoio da Síria[->37].
O poder legislativo[->38] é exercido pela Assembleia Nacional (em árabe: Majlis Alnuwab; em francês: Assemblee Nationale) composta por 128 membros eleitos por sufrágio universal[->39] para um poder de quatro anos. Asúltimas eleições para a Assembleia tiveram lugar em Maio e em Junho de 2005.
O voto é obrigatório para todos os homens a partir dos vinte e um anos de idade, sendo permitido votar às mulheres a partir da mesma idade.[15]
A economia do Líbano, tal como a sua qualidade de vida, ja chegou das mais prósperas de todo o Oriente Médio[->40], porém os conflitos internos e externos abalaram a economialibanesa sobremaneira.
Com o término do último conflito interno e a recuperação da estabilidade política, o país mobilizou-se na reconstrução. Para realizá-la, o Líbano recebeu de imediato cerca de US$ 15 mil milhões (bilhões) de países como França[->41] e Alemanha[->42] e, atualmente, também dos Estados Unidos da América[->43]. Com a infra-estrutura reconstruída, a economia voltou a crescer com umadas mais altas taxas do mundo, tornando-se um pólo de crescimento na região. A capital, Beirute (apelidada de "a Paris do Oriente") voltou a ganhar destaque no cenário regional, sediando vários eventos.
O país voltou a ser chamado de "Suíça[->44] do Oriente" devido às atividades financeiras ali realizadas. A reconstrução de monumentos e infra-estrutura tem atraído o turismo que cresce a cada...
tracking img