Academia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2512 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade de Tecnologia
Disciplina: Finanças corporativas
Unidade Pedagógica:
Curso: Bacharelado em Administração
Componentes: .
Data:

1.Como a Walt Disney pode ter errado tanto nas estimativas dos hábitos de consumo dos clientes europeus?

Falharam em termos de definição da estratégia de marketing.
A escassez cultural, a estratégia negativa de infiltração na cultura da sociedadefrancesa (Europa) e a inadaptabilidade física, cultural e social do mercado americano contribuiu para o insucesso inicial da Euro Disney. A exigência rígida do vestuário, as condições para trabalhar e a falha de comunicação entre os trabalhadores permitiu o afastamento de novos trabalhadores e ajudou a desqualificação do ambiente do trabalho e do desempenho profissional. Este ambiente refletiu-seno atendimento ao cliente. A relação com o cliente era pouco eficaz. O cliente não sentia-se em “casa”, isto porque, os hábitos alimentares e as horas de refeições não eram iguais às dos clientes residentes em França. O sistema métrico utilizado era diferente do tradicional europeu. A inexistência da venda de bebidas alcoólicas foi vista pelos franceses como um insulto a sua tradição do consumosaudável e do fabrico de vinho. Em relação a gestão do parque de animação, identificou-se uma diferença em relação á gestão dos outros parques da Disney. A presença de poucos franceses nos cargos de gestão da Euro Disney criou um distanciamento das verdadeiras necessidades do dia-a-dia dos trabalhadores e do consumidor, na medida em que, maior parte da orientação da empresa era feita de fora ou porpessoas dos E.U.A. Este também é um dos aspectos que contribuiu para o fracasso da Euro Disney.

2.De que forma poderia ter sido previsto o impacto que as diferenças culturais teriam sobre as receitas?

Uma boa pesquisa no mercado teria sido uma boa chave para o sucesso. No meu ponto de vista existem algumas formas de solucionar esta situação. Começava pelo aspecto importante do atendimento eda satisfação do cliente externo e interno. Refiro-me ao consumidor visitante e ao consumidor funcionário. A seleção de funcionários mais adaptados à cultura da Disney, a abertura da comunicação entre os trabalhadores e a adaptação do vestuário ao trabalhadores europeus, permitiria uma maior satisfação dos mesmos. É também importante criar pacotes especiais, com preços especiais para os visitantesresidentes no país como para os estrangeiros. Tornando assim, acessível a vários grupos sociais e culturais. Mesmo o maior mercado de uma cultura deverá saber sempre: ver, ouvir, sentir e cheirar o mercado a trabalhar de uma outra cultura.

3. Quais as sua sugestões para criar um clima de compreensão e cooperação no relacionamento entre a companhia e os francesses?

O conforto da estruturado parque e os serviços prestados deveriam ser melhorados para satisfazer os desejos e as necessidades de uma sociedade Europeia multi-cultural e multi-linguística. Não esquecendo os hábitos e as tradições principais desta sociedade. A presença de pessoas originárias da Europa qualificadas para a gestão da empresa criava uma maior aproximação da realidade do trabalho dos funcionários assim comodas necessidades e desejos dos clientes.

4. Você acredita que a Euro Disney teria mais sucesso se localizasse em outro lugar qualquer da Europa que nos arredores de Paris? Por quê?

Sim. A França não é um bom país para parques de diversão. A exceção do futurescope, um pequeno parque perto de Poitiers, todos os restantes estão em situação difícil. Além disso os europeus tem uma questão básica:porquê ir a Paris em vez de ir ao autentico Walt Disney da Flórida? Esta alternativa não é mais cara, tem melhores hotéis, tem mais sol e é simplesmente mais divertido.

5. Um importante acionista da Disney, depois de ter lido na última edição da Forbes dos altos salários dos executivos, comentou irritado: É um insulto para nos, acionista, saber que pagamos no ano passado (1998) US$ 631...
tracking img