750514525692

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (585 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA ____ VARA CÍVEL DA COMARCA DE ____.

Processo nº _____

Condomínio Casa Grande, já qualificado, por seu advogado, que esta subscreve, nos autosdo processo em epígrafe, vem, respeitosamente, à presença de Vossa Excelência, não se conformando com a decisão de fls.___, nos autos da Ação ___ interpostos interpor AGRAVO, na forma retida,consoante artigo 522 e 523 do Código de Processo Civil, em conformidade com as inclusas razões.
Requer o empréstimo de efeito regressivo ao recurso (juízo de retratação), conforme autoriza o § 2º do art.523 do Código de Processo Civil.
Requer a intimação da parte contrária para apresentar contrarrazões.
Requer ainda que, caso não seja reformada a decisão ora agravada, seja retido do agravo nosautos e remetido ao Egrégio Tribunal ad quem, para que dele conheça como preliminar em eventual recurso de apelação.

Termos em que,
Pede deferimento.
(local e data)

_____________________(nome do advogado)

OAB n._____
RAZÕES DE AGRAVO RETIDO

AGRAVANTE: Condomínio Casa Grande
AGRAVADO: João Carlos

Egrégio Tribunal,
Ínclitos Julgadores,

I – BREVE RESUMO DA DEMANDAJoão Carlos, ingressou com uma ação de responsabilidade em face do condomínio Casa Grande no qual ele reside, no montante da peça ele alega responsabilidade do agravante pelo dano causado em seuveiculo que estava na garagem no dia do ocorrido.
Como testemunha no processo foi ouvido o porteiro do condomínio, onde o mesmo não estava de plantão no dia da ocorrência do dano. No mais após aaudiência de instrução, a parte contraria peticionou no processo alegando que o porteiro não poderia ser ouvido como testemunha, já que suspeito, por ser funcionário do condomínio.
O MM juiz de baseacolhendo tal argumentação decidiu que o porteiro não poderia ter sido ouvido como testemunha, mais apenas como mero informante.
Em suma eis os fatos em que interessam relatar.

II – DO DIREITO...
tracking img