14 PRINCIPIOS DE DEMING

Páginas: 12 (2907 palavras) Publicado: 11 de setembro de 2013
ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS
Universidade Estadual Vale do Acaraú
Trabalho Escrito (Seminário ) Maio de 2013

1. Francisco Almir 4. Josilene Almeida 7. Tatiane Vasconcelos
2. Edilene Rodrigues 5. Keliane Melo
3. Germana Duarte 6. Ruth Rodrigues Prof.ª Rejane Santiago


Introdução
No século XIX, as condições de vidae de trabalho da classe operária ficavam cada vez mais difícil devido a Revolução Industrial e o Capitalismo. As queixas mais sérias dos operários das fábricas e das minas referiam-se a excessivas horas de trabalho, salários baixos, multas e o sistema de permuta, segundo o qual os patrões pagavam em gêneros e não em dinheiro. Homens, mulheres e crianças trabalhavam doze horas ou mais por dia egeralmente estavam exaustos ao final do expediente. Os patrões em algumas indústrias visando lucro introduziam turnos noturnos fazendo com que as máquinas trabalharem continuamente, e o número de dias trabalhados no ano aumentava isso significava mais trabalho para os operários e por vezes o domingo era dia de trabalho também, apesar dos protestos da Igreja, nos países católicos, os dias santos eramgradualmente reduzidos nas fábricas.
Tais condições produziram a resistência, que se expressou de diversas maneiras. A primeira manifestação foi o movimento "ludita". Inspirados em Ned Ludd, os operários ingleses deram início à destruição de maquinas, identificadas como as responsáveis pela sua situação de miséria. A reação governamental foi violenta, com perseguições aos luditas, havendo atémesmo condenação à morte. A partir de 1830, observa-se um segundo momento na luta operária, o movimento Cartista. Os operários ingleses haviam criado a "Associação dos Operários", considerada ilegal pelo governo. Dessa Associação partiu em 1837, a publicação da "Carta do Povo", onde defendia a luta pelo voto secreto, a remuneração dos parlamentares, uma representação mais igualitária nas eleições,entre outros itens. O que se pretendia, em última análise, era permitir uma representação política do proletariado, ou seja, dos operários. Greves, passeatas, comícios, foram organizados para pressionar o Parlamento que, no entanto, recusou a "Carta do Povo". O movimento acabou, por volta de 1848, devido à repressão governamental.
A partir daí, o interesse operário se dirigiu para a formação dasTrade Unions (Associação de trabalhadores), dessas associações surgiram os sindicatos com objetivos inicialmente assistenciais ao final do século XIX. Num primeiro momento os sindicatos tiveram uma preocupação nitidamente assistencialista e, posteriormente, procuraram formalizar objetivos que garantiriam uma transformação social mais ampla. Desde então, estão criadas as condições para o nascimentodo “Movimento Operário". Apesar da grande repressão política os movimentos operários fizeram a diferença em busca dos direitos do trabalhador, de acordo com o que foi publicado em Portugal de orientação comunista foi notificado:
“Surgido no século XIX, nos países industrializados o dia do Trabalho, que se comemora em primeiro de Maio em quase todos os países do mundo, relembra um dos episódiosmais violentos da história do movimento operário Em 1º de Maio de 1889, militantes anarco-sindicalistas que se manifestavam a favor da jornada de trabalho de oito horas foram executados nas ruas de Chicago. A partir do ano seguinte, por iniciativa da central sindical conhecida como Segunda Internacional, instituiu-se esse dia como data máxima dos trabalhadores organizados”.
Enquanto os conflitosno mundo provocavam mudanças trabalhistas e econômicas, o Brasil vivia novos tempos. No séc. XX com a Revolução de 1930, liderada por Getúlio Vargas, ditador, antidemocrático, mas com notável visão política e social, pela primeira vez na história do país foi implantada uma legislação social, através da criação do Ministério do Trabalho também chamado de Ministério da Revolução e do Ministério da...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • os 14 principios de deming
  • Os 14 princípios de deming
  • Os 14 principios de deming
  • 14 PRINCÍPIOS ADMNISTRATIVOS DE DEMING
  • 14 Principios de deming
  • Os 14 princípios de deming
  • 14 princípios de Deming
  • Os 14 princípios de deming

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!