1072935403/45

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1897 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Home | Empresa | Produtos | Serviços | Catálogo On Line | Propriedades dos Gases | Fale Conosco


« Voltar para a Listagem de Gases







Atendemos

Grande São Paulo
(11) 4343-4000

Campinas e Região
(19) 3278-2626

Baixada Santista
(11) 4343-4000




Arsina
(Revisão 04 – 20/12/2007)


Descrição

A Arsina, à temperatura ambiente e pressãoatmosférica é um gás extremamente tóxico, inflamável, incolor, com um odor característico de alho. Normalmente é transportado em cilindros de aço com gás liquefeito sob sua pressão de vapor que é de 15,1 bar ou diluído em outros gases.


Propriedades Físicas
Calor latente de fusão a -116,9ºC. 1195 J/mol; 3,665 kcal/kg.
Condutividade térmica, gás a 101,325 kPa e 0ºC.
0,008912 W/ (m x K);21,3 x 10-6 cal x cm/(s x cm x ºC).

Densidade absoluta, a 101,325 kPa e 20ºC.

3,243 kg/m3

Densidade relativa, gás a 101,325 kPa e 20ºC
(ar=1).
2,69.
Densidade, líquido a -73,2ºC 1,653 kg/L
Fórmula.
AsH3

Limite inferior de inflamabilidade em ar a 20 ºC
e 1 atm. 5,8%
Massa Molecular
77,946

Ponto de ebulição a 101,325 kPa. 210,67 K; -62,5ºC; -80,5ºF.Ponto triplo 156,22 K; -116,9ºC; -178,5ºC.
Pressão de vapor a 21,1ºC. 15,15 bar; 219.7 psig; 14,95 atm.
Solubilidade em água a 101,325 kPa e 20ºC. 0,20 cm3/1 cm3 de água
Temperatura crítica 373,05 K; 99,9ºC; -211,8ºF
Viscosidade, gás a 101,325 kPa a 0ºC. 0,01458 mPa x s; 0,01458 cP
0,01458 mN x s/m2
Volume específico a 21,1ºC e 101,325 kPa. 312,1 dm3/kg; 5,0 ft3/Ib

AplicaçõesA Arsina é usada na dopagem de semicondutores com o objetivo de adicionar a estes algumas características especiais. Isto é feito pela implantação de íons através da decomposição térmica da arsina em uma corrente gasosa direcionada para a superfície do material semicondutor, normalmente silício.


Toxicidade

A arsina é um gás extremamente tóxico. Por ser um poderoso agente redutor, possuigrande afinidade pela hemoglobina de sangue. Os primeiros sintomas de intoxicação ocorrem relativamente rápido e podem iniciar em uma ou duas horas após a exposição. O primeiro sintoma de envenenamento por arsina é a mudança da cor da urina para vermelho escuro.

Outros sintomas que podem aparecer até um ou dois dias depois da exposição são: indisposição, mal-estar, forte dor de cabeça.Vertigem, náusea, vômito, diarréia, dor nos rins e fígado, icterícia e anemia.

A inalação de grandes quantidades de arsina, causa uma forte hemólise intravascular, algumas vezes várias horas após a exposição. Estes sintomas podem persistir por vários dias e levar a uma insuficiência muscular e uma tubulopatia anúrica aguda. Outros sintomas são de uma intensa descoloração da pele e distúrbiosgástricos. A exposição a uma concentração de 10 ppm durante uma hora é letal.

Em testes de laboratório, uma exposição prolongada de animais e baixas concentrações de arsina produziu uma destruição compensada das células vermelhas, que gradativamente se deteriorou a um nível estacionário de anemia. Os danos em outros órgãos foram muito pequenos. A repetida exposição a baixas concentrações pode ter efeitoscumulativos resultando em um grave envenenamento. No Brasil o anexo número 11 da Norma Regulamentadora 15 (NR 15) determina que no ambiente de trabalho a concentração máxima para uma exposição semanal de até 48 horas é de 0,04 ppm (molar) e na caracterização desta situação o ambiente é considerado com grau de insalubridade máximo.


Primeiros Socorros

Antes de entrar em qualquer áreacontaminada com Arsina para socorrer uma ou mais vítimas, a pessoa que vai prestar socorro deve estar adequadamente protegida contra os gases venenosos usando um aparelho de respiração autônomo. Ninguém deve entrar em uma área contaminada sem equipamento adequado, pois, correrá o risco de também ser vitimado pelo gás, fazendo com que o acidente tome proporções ainda maiores.

Remova a vítima...
tracking img