Daniel Goleman artigos e trabalhos de pesquisa

daniel goleman

 4 REFERENCIAL TEÓRICO  Daniel Goleman (1998) relata em seu livro que inteligência emocional contribui para o sucesso das pessoas no ambiente de trabalho. O autor descreve que inteligência difere-se do líder verdadeiro dos medíocres.  5 HIPOTESE  Relação entre Inteligência Emocional e tomada de decisões. Até que ponto pode influenciar lideres a seguir a emoção do que a razão.  6 MÉTODOS E MATERIAIS  O projeto foi elaborado com base no livro de Goleman que aborda a questão da Inteligência...

1832  Palavras | 8  Páginas

Ler documento completo

Resenha Do artigo Líder focado Daniel Goleman

O líder Focado Como executivos eficazes orientam sua própria atenção – e a de suas organizações Daniel Goleman. Publicado na edição de Dezembro de 2013 da Harvard Business Review. O artigo tem como foco, orientar líderes e executivos a manter o equilíbrio emocional, visando um melhor aproveitamento de situações diárias de lliderança, agindo de forma coerente e produtiva. Sustenta a ideia de usar a intuição, empatia e outras tantas habilidades que são deixadas de lado e acabam ficando escondidas...

579  Palavras | 3  Páginas

Ler documento completo

Inteligência goleman

regular os sentimentos próprios e os de outras 1 MAXWELL, John C. O livro de ouro da liderança1º ed. Ed Thomas Nelson Brasil. Rio de Janeiro.2008 2 pessoas, e de utilizar os sentimentos para guiar o pensamento e a ação. (GOLEMAN, 1998, P. 338). Conforme diz Goleman: “Por muitas décadas, falou-se vagamente sobre essas habilidades que eram chamadas de temperamento e personalidade ou habilidades interpessoais (habilidades ligadas ao relacionamento entre as pessoas, como a empatia, liderança,...

8739  Palavras | 35  Páginas

Ler documento completo

Goleman Intelig Ncia Emocional

grande guru do assunto, Daniel Goleman, com Richard Boyatzis e Annie McKee. PRIMAL LEADERSHIP A experiência de liderar com sensibilidade e eficácia O Os grandes líderes nos mobilizam. Inflamam nossa paixão e inspiram o melhor de nós. Quando tentamos explicar a causa de tamanha eficácia, pensamos em estratégia, visão ou idéias poderosas. Na verdade, eles atuam em um nível mais fundamental: os grandes líderes atuam por meio das emoções. Dessa forma, afirmam Daniel Goleman, Richard Boyatzis e Annie...

6638  Palavras | 27  Páginas

Ler documento completo

PATICUCCI Daniel

1 CENTRO REICHIANO DE PSICOTERAPIA CORPORAL DANIEL PATITUCCI BIOENERGÉTICA E MEDITAÇÃO APLICADAS NO CONTROLE DA ANSIEDADE EM DEPENDENTES DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS CURITIBA 2011 2 DANIEL PATITUCCI BIOENERGÉTICA E MEDITAÇÃO APLICADAS NO CONTROLE DA ANSIEDADE EM DEPENDENTES DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS Monografia apresentada como requisito parcial ao Programa de Especialização em Psicologia Corporal, ministrado pelo Centro Reichiano. Orientadora: Prof.a Me. Sandra Mara Volpi CURITIBA 2011 3...

14474  Palavras | 58  Páginas

Ler documento completo

337 2777 Criamos Uma Gera O Sem Foco

Criamos uma geração sem foco, diz Daniel Goleman O americano Daniel Goleman afirma que estímulos constantes criaram uma geração sem foco, com dificuldade de desenvolver o raciocínio lógico e criativo. A boa notícia: é possível aprender a se concentrar Divulgação Daniel Goleman, psicólogo e jornalista São Paulo - O americano Daniel Goleman, psicólogo e Ph.D. da Universidade Harvard, tornou-se célebre ao publicar o livro Inteligência Emocional, em 1995, que já vendeu mais de 5 milhões de cópias no...

1037  Palavras | 5  Páginas

Ler documento completo

inteligencia emocional

próprios sentimentos e os dos outros, assim como a capacidade de lidar com eles. 1.2. DANIEL GOLEMAN Daniel Goleman é um psicólogo dos Estados Unidos, escreveu um livro chamado “Inteligência Emocional” e a definiu como: "...capacidade de identificar os nossos próprios sentimentos e os dos outros, de nos motivarmos e de gerir bem as emoções dentro de nós e nos nossos relacionamentos." (Goleman, 1998) Goleman mapeia a inteligência emocional em cinco áreas de habilidades: I. Autoconhecimento...

1507  Palavras | 7  Páginas

Ler documento completo

Inteligencia emocional

por: INTELIGÊNCIA EMOCIONAL Ariane Alena Daniele Laura INTELIGÊNCIA EMOCIONAL A Inteligência Emocional foi popularizada a partir de 1995, pelo psicólogo, jornalista e escritor Daniel Goleman, com o fascinante livro que traz o termo como título. Através de uma análise coerente e inteligente, Goleman nos mostra que o QI elevado de uma pessoa não é garantia de sucesso e felicidade, contrariando o saber científico difundido até então. INTELIGÊNCIA EMOCIONAL “A inteligência emocional...

857  Palavras | 4  Páginas

Ler documento completo

Criamos uma geração sem foco

O americano Daniel Goleman afirma que estmulos constantes criaram uma gerao sem foco, com dificuldade de desenvolver o raciocnio lgico e criativo. A boa notcia possvel aprender a se concentrar o que fazia Bill Gates quando presidia aHYPERLINK http//www.exame.com.br/topicos/microsoftMicrosoft, nos anos 90. Em perodos que chamava de think weeks (numa traduo livre, semanas para pensar), ele passava uma quinzena numa casa no campo para pensar sem interrupes. Jack Welch, o lendrio presidente mundial...

879  Palavras | 4  Páginas

Ler documento completo

Micro e pequenas emprenas no Brasil

emocional pode ser aliado no trabalho como uma forma de administrar as emoçoes para alcançar seus objetivos dessa maneira o indivíduo aprendera a desenvolver seus medos, inseguranças e insatisfaçoes em prol do exito nas atividades. O conceito por Goleman e visto como: a capacidade de identificar nossos próprios sentimentos e os das outras pessoas, de nos motivarmos e de administrar de forma satisfatoria nossas emoçoes e os dos outros e nos nossos relacionamentos. O escritor definiu que inteligencia...

3720  Palavras | 15  Páginas

Ler documento completo

INTELIGENCIA EMOCIONAL

de cunho bibliográfico, onde foram pesquisados o livro de Daniel Goleman(1995), Hendrie weisinger(2001) e artigos científicos, desde o ponto de vista da abordagem trata-se de uma pesquisa qualitativa. 2 Referencial Teórico 2.1 O que é emoção? De acordo com Oxford English Dictionary(fonte) emoção é “qualquer agitação ou perturbação da mente, sentimento, paixão; qualquer estado mental veemente ou excitado”. De acordo com Daniel Goleman (1995), cada emoção leva consigo uma disposição distinta para...

7346  Palavras | 30  Páginas

Ler documento completo

Inteligência emocional

INTRODUÇÃO 4 ORIGEM DO TERMO 5 DEFINIÇÃO DE INTELIGÊNCIA EMOCIONAL 5 INTELIGÊNCIA EMOCIONAL – GOLEMAN 8 BIOGRAFIA DE GOLEMAN 10 CONCLUSÃO 11 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 12 INTRODUÇÃO Este trabalho, prende-se no estudo da inteligência emocional, bem como na sua origem, desenvolvimento a definição da mesma, tendo em conta principalmente as teorias do psicólogo Daniel Goleman e vários aspectos que podem ajudar a definir o termo em análise, mas também complementadas com os domínios...

1959  Palavras | 8  Páginas

Ler documento completo

Inteligência Emocional

Charles Darwin e mais atual do autor do livro “Inteligência Emocional” Daniel Goleman e entre outros.Que nos traz a definição e nos faz entender que essa inteligência é de suma importância no convívio social. Palavras-chaves: Emoção, Controle, Capacidade, Trabalho. 1. INTRODUÇÃO Até pouco tempo atrás o sucesso de uma pessoa era avaliado pelo raciocínio lógico e habilidades matemáticas e espaciais (QI). Mas o psicólogo Daniel Goleman, PhD, com seu livro "Inteligência Emocional” retoma uma nova discussão...

2536  Palavras | 11  Páginas

Ler documento completo

TRABALHO INTELIG NCIA EMOCIONAL

relacionamentos entre as pessoas. Desta forma pessoas com qualidades de relacionamento humano, como afabilidade, compreensão, gentileza têm mais chances de obter o sucesso. Segundo Goleman, os bons resultados em qualquer área de atuação dependiam apenas de 20% de QI e de 80% de QE. INTELIGÊNCIA EMOCIONAL – DANIEL GOLEMAN A Inteligência Emocional está relacionada a habilidades tais como motivar a si mesmo e persistir mediante frustrações; controlar impulsos, canalizando emoções para situações apropriadas;...

2299  Palavras | 10  Páginas

Ler documento completo

Inteligencia emocional

Inteligência Emocional - Daniel Goleman Vida e Carreira Goleman, nascido em 1946, é Ph.D em Psicologia pela Universidade de Harvard, onde também lecionou. O seu best-seller, Inteligência Emocional: A Teoria Revolucionária que redefine o que é Ser Inteligente, foi publicado em 1995 e, em1998, foi seguido por Trabalhando com a Inteligência Emocional. O interesse de Goleman na inteligência emocional surgiu com a percepção de que QI alto não é necessariamente pré-requisito para vida bem-sucedida...

1003  Palavras | 5  Páginas

Ler documento completo

Resenha: o que define um líder?

ESCOLA SUPERIOR DE PROPAGANDA E MARKETING PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DO CONSUMO APLICADAS Resenha: O que Define um líder? (GOLEMAN, Daniel. 1998) Por Gabriela Verissimo “O que define um líder?”, artigo escrito pelo autor Daniel Goleman, revela o resultado de estudos e pesquisas realizadas no ambiente empresarial, que mostram o que realmente distingui um líder eficaz, na visão do autor. Ao contrário da visão tradicional de que a inteligência e o QI são os quesitos essenciais para o sucesso...

604  Palavras | 3  Páginas

Ler documento completo

trabalho int emocional

programas de televisão, em escolas e mesmo em empresas. O interesse da mídia foi despertado pelo livro "Inteligência emocional", de Daniel Goleman, redator de Ciência do The New York Times, em 1995. No mesmo ano, na capa da edição de Outubro, a revista Time perguntava ao leitor - "Qual é o seu QE?" - apresentando um importante artigo assinado por Nancy Gibbs sobre o livro de Goleman e despertando o interesse da mídia sobre o tema. A partir de então, os artigos sobre inteligência emocional começaram a aparecer...

1677  Palavras | 7  Páginas

Ler documento completo

Resumo Trabalhar Com Inteligencia Emocional Ana

de Gestão Ciências e Tecnologias da Documentação e da Informação Planeamento e Gestão de Recursos Resumo do livro: “ Trabalhar Com Inteligência Emocional” de Daniel Goleman Ana Cristina Moreira Fangueiro 9130590 Docente: Milena Carvalho Vila do Conde 2013 Resumo O livro Inteligência Emocional do autor e psicólogo Daniel Goleman, é uma maneira de mostrar ao mundo com base científica que cada um de nós tem várias formas de inteligência, explicando com isso mesmo o que faz que um profissional...

1063  Palavras | 5  Páginas

Ler documento completo

inteligencia emocional

por intermédio do estudo do livro “A inteligência emocional” de Daniel Goleman e foi possível identificar algumas formas de uso inteligente de nossas emoções no ambiente de trabalho e em nossas atitudes no cotidiano. As situações e os conflitos ocorridos em uma corporação são envolvidos por relacionamentos entre as pessoas, logo é necessário que haja a percepção, o entendimento, o controle e o uso inteligente das emoções. Daniel Goleman descreveu as cinco habilidades da inteligência emocional, mas...

8906  Palavras | 36  Páginas

Ler documento completo

Inteligencia Emocional

e John D. Mayer; embora alguns autores dizerem que o primeiro uso do termo é atribuído a Wayne Payner, citado em sua tese de doutorado em 1985. Mas foi só em 1995 com a publicação do livro “Inteligência Emocional” escrito pelo Ph.D, psicólogo, Daniel Goleman que o conceito se popularizou, ainda que o autor afirme neste mesmo livro campeão em Best-Sellers que “o crescimento dessa área de estudo deve muito a Mayer e Salovey” (GOLEMAM, 2007, p.12). Encontra-se na historia outros renomes que antes disso...

2887  Palavras | 12  Páginas

Ler documento completo

Inteligencia emocional

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL |Introdução | Até pouco tempo atrás o sucesso de uma pessoa era avaliado pelo raciocínio lógico e habilidades matemáticas e espaciais (QI). Mas o psicólogo Daniel Goleman, PhD, com seu livro "Inteligência Emocional" retoma uma nova discussão sobre o assunto. Ele traz o conceito da inteligência emocional como maior responsável pelo sucesso ou insucesso das pessoas. A maioria da situações de trabalho é envolvida por relacionamentos entre as pessoas. Desta forma...

1657  Palavras | 7  Páginas

Ler documento completo

Inteligencia emocional

por intermédio do estudo do livro “A inteligência emocional” de Daniel Goleman e foi possível identificar algumas formas de uso inteligente de nossas emoções no ambiente de trabalho e em nossas atitudes no cotidiano. As situações e os conflitos ocorridos em uma corporação são envolvidos por relacionamentos entre as pessoas, logo é necessário que haja a percepção, o entendimento, o controle e o uso inteligente das emoções. Daniel Goleman descreveu as cinco habilidades da inteligência emocional, mas...

8906  Palavras | 36  Páginas

Ler documento completo

O que define um líder...

PÓS GRADUAÇÃO EM LIDERANÇA ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS E PESSOAS LIDERANÇA E GESTÃO DE EQUIPES PROFESSORA SIMONI MISSEL ALUNA: VANESSA CASTRO ESCOLA SUPERIOR DE PROPAGANDA E MARKETING “O que define um líder?” Daniel Goleman Antes de começar essa resenha, eis aqui algumas frases inspiradoras sobre liderança. “Liderança é assumir responsabilidades enquanto outros inventam justificativas.” “Liderança é enxergar as possibilidades de uma situação enquanto outros só conseguem ver as dificuldades...

592  Palavras | 3  Páginas

Ler documento completo

Inteligencia emocional

Orientandos: Rafael Stubs Parpinelli e Wagner T. Watanabe Link: http://www.din.uem.br/ia/emocional/ Até pouco tempo atrás o sucesso de uma pessoa era avaliado pelo raciocínio lógico e habilidades matemáticas e espaciais (QI). Mas o psicólogo Daniel Goleman, PhD, com seu livro "Inteligência Emocional" retoma uma nova discussão sobre o assunto. Ele traz o conceito da inteligência emocional como maior responsável pelo sucesso ou insucesso das pessoas. A maioria da situações de trabalho é envolvida...

1920  Palavras | 8  Páginas

Ler documento completo

Psicologia

desenvolvimento de pessoas e grupos. Sua popularização iniciou-se em 1995 através de Daniel Goleman, um psicólogo, jornalista e escritor, com o fascinante livro que traz o termo como título. Ele derruba a teoria que a inteligência racional não é garantia de sucesso e felicidade, e o mito que inteligência é determinada pela carga genética, ele demonstra que pessoas de QI elevados podem fracassar. Segundo Goleman (1998), “IE refere-se à capacidade de identificar nossos próprios sentimentos e os dos...

1492  Palavras | 6  Páginas

Ler documento completo

555555

e comportamentais, relacionados ao afeto e ao humor. (Kaplan e Sadock, 1993).  “Todas as emoções são, em essência, impulsos, legados pela evolução, para uma ação imediata, para planejamentos instantâneos que visam a lidar com a vida.” (Goleman, 1995). QUAIS EMOÇÕES COSTUMO SENTIR NO MEU DIA A DIA? Compreendendo as Emoções Forma de falar Não Verbal 38% Palavra 55% 7% Fonte: Adaptado da Universidade da Califórnia (EUA) Compreendendo as Emoções Não Verbal ...

897  Palavras | 4  Páginas

Ler documento completo

Autista

seu engajamento a objetivos de interesses comuns. Segundo Daniel Goleman, pai do termo Inteligência Emocional, mais importante do que ter um Q.I. elevado, é saber controlar as suas próprias emoções, e deixando assim de lado a tese de que a capacidade intelectual é um fator fundamental para o sucesso, seja ele profissional ou acadêmico. Seria algo como: o mundo ganharia mais pessoas equilibradas e medianas do que com gênios neuróticos. Goleman quer provar que o controle emocional de uma pessoa é que...

2083  Palavras | 9  Páginas

Ler documento completo

inteligencia emocional

 Centro Universitário Plínio Leite - UNIPLI Andressa Cristina da silva Claudia Chaves ABORDAGEM REFERENTE A TEORIA DE DANIEL GOLEMAM (INTELIGÊNCIA EMOCIONAL), E SEU USO POSSÍVEL NO COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL. Niterói 2014 Andressa cristina da silva claudia chaves Inteligencia emocional Trabalho solicitado pela disciplina de Comportamento Organizacional, sob orientação ...

635  Palavras | 3  Páginas

Ler documento completo

Inteligência emocional

envolve habilidades para manipular as emoções, tornando-as coadjuvantes no processo de crescimento interno. Já segundo Gabriela Cabral a Inteligência Emocional é um tipo de inteligência que envolve as emoções em favor de si mesmo. E segundo Daniel Goleman é a capacidade de identificar os nossos próprios sentimentos e os dos outros, de nos motivarmos e de gerir bem as emoções dentro de nós e nos nossos relacionamentos. Com palavras diferentes, todos dizem que Inteligência Emocional é um conceito...

1167  Palavras | 5  Páginas

Ler documento completo

Competência interpessoal e inteligência emocional

entendimento e características sociais como persuasão, cooperação, negociações e liderança. O controle e conhecimento de nossas emoções é tão importante para nosso sucesso profissional e pessoal quanto o conhecimento que adquirimos. Na definição de Goleman e Salovey a inteligência emocional expande essas aptidões em cinco domínios principais: “Esses aspectos integram a definição básica de inteligência emocional (...). O primeiro é conhecer as próprias aptidões, isto é, ter autoconsciência para...

779  Palavras | 4  Páginas

Ler documento completo

Hsnake

| * Introdução Até pouco tempo atrás o sucesso de uma pessoa era avaliado pelo raciocínio lógico e habilidades matemáticas e espaciais (QI). Mas o psicólogo Daniel Goleman, PhD, com seu livro "Inteligência Emocional" retoma uma nova discussão sobre o assunto. * O que é Inteligência Emocional? A inteligência emocional é a capacidade de administrar as emoções para alcançar objetivos. A partir desta definição, é possível entender porque as pessoas devem saber lidar com seus medos, inseguranças...

1181  Palavras | 5  Páginas

Ler documento completo

Inteligência Emocional

bem sucedidos, daqueles que eram suficientemente bons para conservar o emprego. [...] Quando se trata de formular as nossas decisões ou as nossas ações, o sentimento conta tanto, e muitas vezes mais, do que o pensamento [...], (Goleman, 1995). Nesta linha de pensamento, Goleman (1995) defende ainda que para o melhor e o pior, a inteligência pode não ter o mínimo valor quando as emoções falam o que caracteriza bem o papel atribuído às emoções enquanto fator regulador das nossas vidas. QI (coeficiente...

2014  Palavras | 9  Páginas

Ler documento completo

Inteligencia Emocional

Há pouco tempo o sucesso de uma pessoa era medido pelas habilidades matemáticas e espaciais, e pelo raciocínio lógico. Porém, o psicólogo Daniel Goleman, em seu livro Inteligência Emocional continua uma nova discussão sobre o assunto. Ele traz o conceito da inteligência emocional como maior responsável pelo sucesso ou insucesso das pessoas. Grande parte das situações de trabalho é envolvida por relacionamentos entre as pessoas. Desta forma pessoas com...

817  Palavras | 4  Páginas

Ler documento completo

Resenha Inteligencia Emocional

EDVAN DE LIMA SILVA RESENHA DO LIVRO DE DANIEL GOLEMAN Ph D INTELIGÊNCIA EMOCIONAL A TEORIA REVOLUCIONÁRIA QUE REDEFINE O QUE É SER INTELIGENTE ABRIL 2014 INTRODUÇÃO “A maioria de nós prefere olhar para fora e não para dentro de nós mesmos” Albert Einstein Tendo em vista uma melhor fixação dos assuntos abordados em sala de aula, venho por meio desta, apresentar uma resenha dos dois primeiros capítulos do livro de Daniel Goleman Ph D, Inteligência Emocional, a Teoria Revolucionária que...

2401  Palavras | 10  Páginas

Ler documento completo

Inteligências

várias inteligências. A partir das relações com o ambiente, aspectos culturais, algumas são mais desenvolvidas ao passo que deixamos de aprimorar outras. Nos anos 90, Daniel Goleman, também psicólogo da Universidade de Harward, afirmou que ninguém tem menos que 9(nove) inteligências. Além das 7(sete) citadas por Gardner, Goleman acrescenta mais duas: • Inteligência pictográfica: Habilidade que a pessoa tem de transmitir uma mensagem pelo desempenho do que faz. • Inteligência naturalista: Capacidade...

1422  Palavras | 6  Páginas

Ler documento completo

Pim Logistica

dentro do campo da PNL, conheci os trabalhos de vários autores que faziam referência a tal de Inteligência Emocional. O tema me interessou bastante e com muito empenho pessoal me aprofundei no assunto. Com base nos pressupostos apresentados por Goleman, Weisinger, Payne, Mayer e outros pesquisadores da EI, fizeram uma junção com outros dados estudados em Neurolingüística e Poder da Mente e construí uma análise sobre o tema, o qual apresenta aqui na Casa do Aprendiz. EI ou Inteligência Emocional...

2090  Palavras | 9  Páginas

Ler documento completo

lideranca

apenas, com a insinuação de uma idéia...” anônimo APLICABILIDADE DA INTELIGÊNCIA EMOCIONAL, COMO UM ESTILO DE LIDERANÇA Numa época em que se fala em habilidades e competências, busco nomes conhecidos em nossa literatura e encontro, entre eles, Daniel Goleman, que faz um relato sobre ambas: “Por muitas décadas, falou-se vagamente sobre essas habilidades que eram chamadas de temperamento e personalidade ou habilidades interpessoais (habilidades ligadas ao relacionamento entre as pessoas, como a empatia...

2266  Palavras | 10  Páginas

Ler documento completo

Inteligencia Emocional

Estudos de Psicologia 1997,Resenha 413 2(2), 413-419 Inteligência emocional: da revolução à controvérsia Inteligência Emocional: A teoria revolucionária que 1 redefine o que é ser inteligente, de Daniel Goleman Mônica F. B. Correia Universidade Federal do Rio Grande do Norte R ealizar a resenha de uma obra que se apresenta como revolucionária e extremamente controvertida não é uma tarefa simples. Nestes termos, apresento apenas um breve resumo e pontos, baseados numa leitura crítica...

2368  Palavras | 10  Páginas

Ler documento completo

Trabalho com os

extremo, depressão severa. • Ansiedade, temor, apreensão, nervosismo, inquietação, susto, preocupação, terror. No extremo, psicopatologia, fobia e pânico. • Medo, fear MAXIMIANO /TGA – Fig. 10.9 – Principais emoções (adaptação de Goleman, Daniel, Emotional Intelligence, New York: Bantam Books, 1995). Felicidade, alívio, contentamento, prazer, júbilo, divertimento, gratificação, satisfação, euforia, êxtase. No extremo, obsessão. • Alegria, enjoyment Aceitação, amizade, atração...

1138  Palavras | 5  Páginas

Ler documento completo

05 Fundamentos Lider

5 livros Inteligência Emocional Daniel Goleman dica “Inteligência é emocão. QI não é destino. O fascinante e convincente livro ‘Inteligência Emocional’, de Daniel Goleman revela que a nossa visão sobre este assunto ainda é muita estreita. Ao contrário do saber científico que dominou o mundo ocidental no últimos séculos, Daniel Goleman revoluciona conceitos mostrando que o QI de uma pessoa não é garantia de sucesso e felicidade. No Brasil, o livro de Goleman tornou-seu um verdadeiro fenônemo editorial...

1150  Palavras | 5  Páginas

Ler documento completo

Tcc inteligência emocional

por intermédio do estudo do livro “A inteligência emocional” de Daniel Goleman e foi possível identificar algumas formas de uso inteligente de nossas emoções no ambiente de trabalho e em nossas atitudes no cotidiano. As situações e os conflitos ocorridos em uma corporação são envolvidos por relacionamentos entre as pessoas, logo é necessário que haja a percepção, o entendimento, o controle e o uso inteligente das emoções. Daniel Goleman descreveu as cinco habilidades da inteligência emocional, mas...

7453  Palavras | 30  Páginas

Ler documento completo

Resenha Estudos de Psicologia 1997, 2(2), 413-419

experiências, sentimentos positivos e negativos, como amenizar e agir diante destas influências, os contextos Inteligência emocional: da revolução à controvérsia Inteligência Emocional: A teoria revolucionária que redefine o que é ser inteligente, de Daniel Goleman1 Mônica F. B. Correia Universidade Federal do Rio Grande do Norte 414 Resenha em que a inteligência emocional poderia funcionar eficientemente (parte 3); o que é necessário aprender para formação de seres inteligentes emocionalmente...

2367  Palavras | 10  Páginas

Ler documento completo

Inteligencia emocial

Salovey (1990) em um periódico científico de Psicologia, e mais tarde por Daniel Goleman, quando lançada sua obra intitulada “Inteligência Emocional” (1990). Muitas críticas, de início, se estabeleceram, pois se teve a idéia de que a IE seria um reescrito da inteligência social e das inteligências múltiplas de Gardner (Mayer, DiPaolo e Salovey, 1990)[1] e que a emoção não seria uma habilidade relevante. Entretanto, Goleman (1995) afirma:“O QI e a inteligência emocional não são capacidades que se...

1306  Palavras | 6  Páginas

Ler documento completo

inteligencia emocional

Fichamento Livro: Inteligência Emocional Autor: Daniel Goleman Título Original: Emotional Intelligence Editora: Objetiva (Brasil) Bantam Books (Original) Tradutor: Fabiano Morais Data da publicação: 2005 (Brasil) 1997 (Original) Edição: 1ª Edição Nº de páginas: 357 O livro Inteligência Emocional é um atalho excelente para quem deseja enfrentar os desafios do dia a dia com maior resiliência e aproveitar melhor a vida. “A inteligência emocional é uma habilidade...

601  Palavras | 3  Páginas

Ler documento completo

Fichamento Inteligencia Emocional

GOLEMAN, Daniel. Inteligência Emocional – a teoria revolucionária que redefine o que é ser inteligente – Parte Um, Editora Objetiva, 1995, 375p. RESUMO Neste livro, Daniel Goleman traz um guia para entender o que significa e como fazer para levar inteligência á emoção. O autor subdivide o tema em cinco partes: O cérebro emocional, a natureza da inteligência emocional, Inteligência emocional aplicada e a Alfabetização emocional. Este resumo atém-se a parte Um do mesmo: O cérebro emocional, dividido...

596  Palavras | 3  Páginas

Ler documento completo

Inteligenci emocional

fórmulas de virtude, enquanto as outras duas a mandam para o diabo que a carregue, e tornam-se cada vez mais ruidosas e insultantes, até que por fim sua Governante se exaure, desiste e rende-se.     ***               Sequestro Emocional: Segundo Daniel Goleman, existe uma ramificação no cérebro que permite que as reações cheguem à amígdala antes de passar pelo cérebro pensante. Isto é, permite uma reação mais rápida, porém, impensada. Depois que o fato ocorre é que uma conclusão mais lógica é gerada...

1739  Palavras | 7  Páginas

Ler documento completo

Inteligencia emocional

reconhecer nossos sentimentos e os das outras pessoas, para motivarmos e para poder lidar adequadamente com as nossas emoções, tanto em relação a nós mesmos quanto as pessoas com as quais nos relacionamos.” (Daniel Goleman) 2 MAPEAMENTO DA INTELIGÊNCIA EMOCIONAL   Daniel Goleman, em seu livro, mapeia a Inteligência Emocional em cinco áreas de habilidades: 1. Auto-Conhecimento Emocional - reconhecer um sentimento enquanto ele ocorre. 2. Controle Emocional - habilidade de lidar...

581  Palavras | 3  Páginas

Ler documento completo

Inteligencia Social X Inteligencia Emocional

com o outro.  Inteligência Intrapessoal: capacidade de relacionamento consigo mesmo, autoconhecimento. Habilidade de administrar seus sentimentos e emoções a favor de seus projetos. É a inteligência da auto-estima. Além das 7 citadas por Gardner, Goleman acrescentou mais duas: Inteligência Pictográfica: habilidade que a pessoa tem de transmitir uma mensagem pelo desenho que faz.  Inteligência Naturalista: capacidade de uma pessoa em sentir-se um componente natural. Alguns grandes nomes que possuiam...

4877  Palavras | 20  Páginas

Ler documento completo

Inteligência emocional

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL (Goleman, Daniel, ph, D.)No seu livro "Inteligência Emocional" Daniel Goleman parte de uma pesquisa científica para afirmar que o controle das emoções contribui de forma essencial para o desenvolvimento da inteligência do indivíduo. Essa tese científica revela que modo a incapacidade de lidar com as próprias emoções pode dificultar ou até destruir nossas vida. O autor ressalta que a crise que a humanidade vive hoje, com aumento da criminalidade, violência e infelicidade...

942  Palavras | 4  Páginas

Ler documento completo

Administração

com a Inteligência Emocional, mas precisamos apenas desenvolve – lá para atingirmos objetivos. Até pouco tempo atrás o sucesso de uma pessoa era avaliado pelo raciocínio lógico e habilidades matemáticas e espaciais (QI). Mas o psicólogo Daniel Goleman, PhD, com seu livro "Inteligência Emocional" retoma uma nova discussão sobre o assunto. Ele cita o conceito da inteligência emocional como maior responsável pelo sucesso ou insucesso das pessoas. A maioria das situações de trabalho é envolvida...

1088  Palavras | 5  Páginas

Ler documento completo

Inteligência emocional

sentimento, ocultando sentimentos como raiva, desânimo, frustração e substituindo-os por bom-humor, entusiasmo, positivismo. O conceito por Goleman A Inteligência Emocional foi popularizada a partir de 1995, pelo psicólogo, jornalista e escritor Daniel Goleman, com o fascinante livro que traz o termo como título. Através de uma análise coerente e inteligente, Goleman nos mostra que o QI elevado de uma pessoa não é garantia de sucesso e felicidade, contrariando o saber científico difundido até então...

1920  Palavras | 8  Páginas

Ler documento completo

histórica

Inteligência Emocional Inteligência Emocional O termo usado como “Inteligência Emocional” de Daniel Goleman, deveria ser usado como um dos termos mais usados em meio de nossa sociedade como sua grande importância para que possamos enfrentar tudo que a acontecendo entre nossa população, necessariamente ao que desrespeito a nós como seres Humanos e a educação do nosso futuro os jovens de hoje. O que ele está a procura é apropriar as nossa tecnologias e os nossos conhecimentos Científicos no decorrer...

1080  Palavras | 5  Páginas

Ler documento completo

Inteligência emocional

Inteligência Emocional |Introdução | Até pouco tempo atrás o sucesso de uma pessoa era avaliado pelo raciocínio lógico e habilidades matemáticas e espaciais (QI). Mas o psicólogo Daniel Goleman, PhD, com seu livro "Inteligência Emocional” retoma uma nova discussão sobre o assunto. Ele traz o conceito da inteligência emocional como maior responsável pelo sucesso ou insucesso das pessoas. A maioria das situações de trabalho é envolvida por relacionamentos entre as pessoas. Desta...

2535  Palavras | 11  Páginas

Ler documento completo

CITAÇÕES

Citação indireta com autor parte do texto Goleman (1995) considera que as pessoas são vulneráveis às suas próprias mudanças biológicas. Referencia Bibliográfica GOLEMAN, Daniel. Inteligência emocional – a teoria revolucionária que redefine o que é ser inteligente, Editora Objetiva, 1995 8. Citação indireta com autor fora do texto As pessoas são vulneráveis às suas próprias mudanças biológicas (GOLEMAN, 1995). Referencia Bibliográfica GOLEMAN, Daniel. Inteligência emocional – a teoria revolucionária...

608  Palavras | 3  Páginas

Ler documento completo

A importância da inteligência emocional da classe contábil.

INTRODUÇÃO A partir da década de 90, Daniel Goleman lançou o livro Inteligência Emocional (IE) que muito vem contribuindo de forma auxiliar as pessoas na conscientização em relação aos bons comportamentos no ambiente de trabalho. Em 1995, nos Estados Unidos, este livro transformou a maneira de pensar de milhares de pessoas que não basta à inteligência convencional, alterou praticas de educação e mudou o mundo dos negócios, das fronteiras da psicologia e da neurociência, ele traz o conceito de...

2131  Palavras | 9  Páginas

Ler documento completo

Educação emocional na infancia

impulsos, canalizando emoções para situações apropriadas; praticar gratificação prorrogada; motivar pessoas, ajudando-as a liberarem seus melhores talentos, e conseguir seu engajamento a objetivos de interesses comuns”.(Gilberto Vitor)     Daniel Goleman, em seu livro, mapeia a Inteligência Emocional em cinco áreas de habilidades: 1. Autoconhecimento Emocional - reconhecer um sentimento enquanto ele ocorre.  2. Controle Emocional - habilidade de lidar com seus próprios sentimentos, adequando-os...

556  Palavras | 3  Páginas

Ler documento completo

Psicologia-inteligência emocional

destaca os aspectos de seu desenvolvimento na esfera familiar, educacional, organizacional, e de liderança. Até pouco tempo atrás o sucesso de uma pessoa era avaliado pelo raciocínio lógico e habilidades matemáticas e espaciais (QI). Mas o psicólogo Daniel Goldman, PhD, com seu livro "Inteligência Emocional" retoma uma nova discussão sobre o assunto. Ele traz o conceito da inteligência emocional como maior responsável pelo sucesso ou fracasso das pessoas. A inteligência emocional não é um fator genético...

7150  Palavras | 29  Páginas

Ler documento completo

psicologia QI e QE

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL Inteligência Emocional vs. Assertividade O que é a Inteligência Emocional ? “A chave para tomar boas decisões pessoais é ouvir os sentimentos” Daniel Goleman QI e QE É simplismente a capacidade de administrar as emoções para alcançar objetivos. Saber usar a Inteligência Emocional junto  às emoções O Quociente de Inteligência e o Quociente de Emocional são capacidades distintas mas não opostas. Habilidades como empatia, flexibilidade, espírito de liderança, poder...

553  Palavras | 3  Páginas

Ler documento completo

inteligência emocional

ambientes organizacionais e a sua relação com o desempenho das pessoas. Inteligência Emocional na teoria de Goleman. Goleman definiu inteligência emocional como: "...capacidade de identificar os nossos próprios sentimentos e os dos outros, de nos motivarmos e de gerir bem as emoções dentro de nós e nos nossos relacionamentos." (Goleman, 1998) Para ele, a inteligência emocional é a maior responsável pelo sucesso ou insucesso dos indivíduos. Como exemplo, recorda que a...

1232  Palavras | 5  Páginas

Ler documento completo

Biografia budismo

...................8 2 Questões a serem respondidas 1. No texto de Daniel Goleman considere o capítulo 1: Para que serve as emoções a. Qual é o tema e como ele é problemático. b. Quais as perspectivas apresentadas no texto. c. Qual a posição do autor sobre o tema. d. Escolha uma religião e mostre como ela aborda o tema. Em que a perspectiva da religião difere da apresentada do texto de Daniel Goleman? Em particular, como ela retrata as emoções do medo, da felicidade e do amor. ...

2037  Palavras | 9  Páginas

Ler documento completo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!