V rus

Páginas: 6 (1372 palavras) Publicado: 4 de maio de 2015
Vírus
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
 Nota: Para outros significados de Vírus, veja Vírus (desambiguação).
Vírus


Eletromicrografia de vírions de Influenzavirus A (H1N1) (família: Orthomyxoviridae)
Classificação científica
Grupo:
I – VII

Grupos
Grupo I: Vírus dsDNA

Grupo II: Vírus ssDNA
Grupo III: Vírus dsRNA
Grupo IV: Vírus (+)ssRNA
Grupo V: Vírus (-)ssRNA
Grupo VI: Vírus ssRNA-RTGrupo VII: Vírus dsDNA-RT
Vírus (do latim virus, "veneno" ou "toxina") são pequenos agentes infecciosos (20-300 ηm de diâmetro) que apresentam genomaconstituído de uma ou várias moléculas de ácido nucleico (DNA ou RNA), as quais possuem a forma de fita simples ou dupla. Os ácidos nucleicos dos vírus geralmente apresentam-se revestidos por um envoltório proteico formado por uma ou várias proteínas,o qual pode ainda ser revestido por um complexo envelope formado por uma bicamada lipídica.1 2
As partículas virais são estruturas extremamente pequenas, submicroscópicas. A maioria dos vírus apresentam tamanhos diminutos, que estão além dos limites de resolução dos microscópios ópticos, sendo comum para a sua visualização o uso de microscópios eletrônicos. Vírus são estruturas simples, secomparados a células, e não são considerados organismos, pois não possuem organelasou ribossomos, e não apresentam todo o potencial bioquímico (enzimas) necessário à produção de sua própria energia metabólica. Eles são considerados parasitas intracelulares obrigatórios (característica que impede ele ser considerado um ser vivo), pois dependem de células para se multiplicarem. Além disso, diferentementedos organismos vivos, os vírus são incapazes de crescer em tamanho e de se dividir. A partir das células hospedeiras, os vírus obtêm: aminoácidos e nucleotídeos; maquinaria de síntese de proteínas (ribossomos) e energia metabólica (ATP).3 4 5
Fora do ambiente intracelular, os vírus são inertes.1 2 Porém, uma vez dentro da célula, a capacidade de replicação dos vírus é surpreendente: um único vírusé capaz de multiplicar, em poucas horas, milhares de novos vírus. Os vírus são capazes de infectar seres vivos de todos os domínios (Eukarya, Archaea e Bacteria). Desta maneira, os vírus representam a maior diversidade biológica do planeta, sendo mais diversos que bactérias, plantas, fungos e animais juntos.4 5
Índice
  [esconder] 
1 Histórico
2 Taxonomia
2.1 Classificação taxonômica2.2 Classificação de Baltimore
3 Genoma
4 Estrutura
4.1 Partícula
4.2 Morfologia
5 Ciclo de replicação
5.1 Adsorção do vírus à célula
5.2 Entrada no citosol
5.3 Desnudamento do ácido nucléico
5.4 Transcrição e tradução da informação genética
5.4.1 Síntese de mRNA
5.4.2 Síntese de proteínas
5.5 Replicação do genoma viral
5.6 Montagem do vírion
5.7 Liberação de novas partículas virais
6 Vírus: seres vivos ouseres não vivos?
7 A origem dos vírus
8 Origem da diversidade genética viral
9 Doenças humanas virais
9.1 Prevenção e tratamento de doenças virais
9.1.1 Vacinas virais
9.1.2 Drogas antivirais
10 Agentes infecciosos subvirais
11 Referências
12 Ver também
13 Ligações externas
Histórico[editar | editar código-fonte]

Martinus Beijerinck em seu laboratório em 1921.
Em meados do século XIX, LouisPasteur propôs a teoria microbiana das doenças, na qual explicava que todas as doenças eram causadas e propagadas por algum “tipo de vida diminuta”, que multiplicava-se no organismo doente, transmitia-se para outro e o contaminava. Pasteur, no entanto, ao trabalhar com a raiva, constatou que, embora a doença fosse contagiosa e transmitida pela mordida de um animal raivoso, o micro-organismo não podia serobservado. Pasteur concluiu que o agente infeccioso estava presente mas era muito pequeno para ser observado através do microscópio.6
Em 1884, o microbiologista Charles Chamberland desenvolveu um filtro (conhecido como filtro Chamberland ou Chamberland-Pasteur), com poros menores que bactérias. Assim, ele conseguiu filtrar uma solução com bactérias, removendo-as por completo da solução.7 Em...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • V rus
  • V Rus
  • V Rus
  • V Rus
  • v rus
  • V rus
  • V rus em Gerais
  • V rus do papiloma humano

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!