V Conferencia de Aparecida

Páginas: 6 (1328 palavras) Publicado: 23 de setembro de 2014
V Conferência do Episcopado da América Latina e do Caribe
Andrélison Antonio Neckel – 3º. Ano Teologia
Começamos nesta edição, uma série de artigos em torno do tema: “V Conferência do Episcopado da América Latina e do Caribe”, com o desejo de clarear este assunto tão pertinente nos dias atuais. Analiso a V Conferência com muita esperança para os nossos povos. Nela está depositado o sonho demuitos Latino-Americanos como também Caribenhos. Sonho de uma evangelização que abrace a causa profética do bem comum.
A igreja católica é numericamente a maior religião universal. A história do ocidente nos dois milênios da era cristã não se entende sem sua presença. A sua trajetória histórica, sob o simples olhar do historiador, revela-se epopéia fantástica.1 Desde a pregação de Jesus, aquele“judeu marginal”, à beira do lago de Genesaré a simples pescadores e a um povo humilde e pobre, até as viagens de João Paulo II, seu vigário na terra, por todo o mundo, a igreja vem trilhando um caminho de cruzes e glórias, de derrotas e vitórias, de fluxos e refluxos.
O surgir da modernidade, que arranca, do próprio seio da igreja, muito da seiva que a alimenta, apareceu-lhe como a maior ameaça asua integridade, a sua existência. Se no seu nascer as perseguições do Império Romano e dos judeus serviram para fortificar-lhe a fé, para temperar-lhe o espírito para sua tarefa missionária, os embates com a modernidade foram de outra natureza.
O maior inimigo não estava nas armas da força, que ainda a golpeavam. Desse tipo de adversário a igreja tinha longa experiência e soubera sempre sair bem,ainda mais nova. Mas agora surgia um inimigo maior. Vestira-se de princípios, de valores, de cosmovisões que lhe questionavam em profundidade seu modo de crer, pensar, agir, organizar-se. E essa novidade exercia força de atração e sedução nos seus próprios filhos.
Ela mesma rompeu-se por dentro na Reforma. Os princípios da modernidade avançavam através das gigantescas revoluções Francesa eSocialista, da elaboração teórica dos ideólogos e filósofos que configuravam o pensamento do ocidente.
O Concílio Vaticano II marcou a virada da igreja nesse confronto com a modernidade. Tornou-se o símbolo indiscutível do diálogo aberto e corajoso da igreja com o pensamento moderno. Divisor de águas que fez correr para o oceano do conservadorismo os mananciais adormecidos dos tradicionalistas e paraos mares da renovação os movimentos de vida que se gestavam em seu seio2.
Após o Vaticano II, a igreja na América Latina dá gigantesco salto. A nossa forma católica tradicional era a fusão de um catolicismo ibérico, de fortes traços religiosos populares e medievais, com a tardia onda tridentina romanizante, que se impusera a partir da segunda metade do século passado.3
A igreja na América Latinapercorre as décadas de 60, 70 e 80 maravilhosa trajetória social de tal maneira que projeta fora uma imagem de igreja progressista. A evolução da igreja vincula-se à situação sociopolítica que o continente vive nesse período, ora assimilando elementos culturais e ideológicos, ora reagindo contra eles.
A igreja experimenta as tensões sociais que atravessam o continente, quer como um fator externoao qual reage, quer introjetando-os, já que ela se constitui das mesmas pessoas que são atores do jogo ideológico e político.
O populismo abre perspectiva reformista, até mesmo revolucionária, tanto mais que a Revolução Cubana paira no ar como possibilidade real para os países da América Latina. Sopram também ares nacionalistas desenvolvimentistas.
Hoje, sabendo que a igreja se torna presentena sociedade por meio de suas formas habituais de evangelização, que se adaptam, nem sempre de modo fácil, às novas situações do mundo, a pastoral organizada nem sempre responde aos desafios das megalópoles mas continuam contribuindo para a formação da comunidades cristãs, para a preparação aos sacramentos, e abrem um espaço gerador de vocações sociais e eclesiais muito diversas4.
Desde seus...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • V conferencia
  • Foucault as verdades eas formas juridicas v conferencia
  • aparecida
  • aparecida
  • conferencia
  • Conferencias
  • Conferencia
  • conferencias

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!